Pasta de dente preta: por que usar? Ela oferece benefícios?

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Afinal, a pasta de dente preta pode causar perigos para a saúde bucal?

Durante a busca pelo sorriso perfeito, muitas técnicas e produtos novos começam a surgir e se proliferam rapidamente pela internet, caso da pasta de dente preta.

Mas a pasta de dente preta consegue realmente conceder todas as melhorias aos dentes que ela assegura aos clientes? Essa é a dúvida que responderemos neste artigo.

A pasta de dente preta é um novo tipo de mercadoria na área da odontologia que tem como uma de suas promessas promover o clareamento dos dentes.

Além disso, esse tipo de creme dental também possui outros objetivos específicos, como exemplo:

Contudo, a opinião de profissionais se difere daqueles que fabricam esse tipo de creme dental.

Sendo assim, se você ficou curioso e deseja saber mais sobre esse tipo de produto para entender se ele faz bem ou não, confira neste artigo!

Sobre a Composição e Coloração do Produto

Antes de começarmos, dois pontos principais a serem explicados são: a composição desse produto e porque o produto é preto ao invés de ser branco, como outros cremes dentais.

O principal componente deste produto é o carvão ativado, que é justamente o que dá a coloração preta.

Ele é um composto de carbono que, segundo alguns profissionais e as próprias marcas fabricantes desse creme dental, é um poderoso clareador.

Além disso, esse componente possui partículas com pequenas bolinhas capazes de realizar a filtragem, o que faz com que seja considerado também um mecanismo anticárie.

Contudo, em algumas fórmulas são utilizados cristais de fosfato de cálcio chamados de hidroxiapatita.

Esses cristais, por sua vez, são utilizados para reparar perdas de tecidos ósseos devido à alta biocompatibilidade que eles possuem.

Por outro lado, esse tipo de pasta de dente não possui componentes como o flúor, um mineral que oferece riscos à saúde bucal quando usado em excesso.

E é justamente por essa razão que alguns especialistas e doutores defendem o uso da pasta de dente com carbono, dizendo que elas são melhores do que os produtos comuns com flúor.

Por Que Usar a Pasta de Dente Preta?

Uma vez explicado sobre a composição e coloração desse produto, vamos elencar agora motivos para fazer o uso desse creme dental.

O principal intuito de quem compra a pasta de dente é justamente o de clarear os dentes, que é na verdade a forma como as marcas vendem esse tipo de creme dental.

Sendo assim, a ideia é oferecer uma maneira para conseguir um sorriso mais claro de forma mais acessível por meio do uso de uma pasta de dente branqueadora.

Além disso, os fabricantes deste produto dizem que todas as pessoas que desejam alcançar esse resultado podem utilizá-lo sem nenhum problema ou eventual restrição.

O único alerta feito, no entanto, é para que o cliente faça o uso apenas durante a escovação, para não somente clarear o sorriso como também fortalecer e proteger os dentes.

Como Fazer o Uso Desse Creme Dental?

Por se tratar de uma pasta de dente, a recomendação dos fabricantes pode ser considerada autoexplicativa.

Sendo assim, o paciente deve seguir os seguintes passos para realizar a escovação com um creme dental com carvão ativado:

  1. Molhar a escova;
  2. Colocar a pasta de dente sobre as cerdas da escova, não exagerando na quantidade para não gerar muita espuma (fator que atrapalha a visibilidade dos dentes enquanto é feito o procedimento);
  3. Realizar a escovação com movimentos suaves e circulares em todos os dentes, tanto na parte da frente como na parte de trás;
  4. Enxaguar a boca e realizar um bochecho com água após feita a escovação.

Contudo, é normal que no começo do procedimento a boca fique toda manchada de preto devido ao primeiro contato do creme com os dentes.

E apesar de o produto possuir uma coloração preta, a espuma gerada na boca durante a escovação será densa e terá um tom cinza, o que é normal também.

Logo após o cliente enxaguar a boca, é comum que sinta a sensação de que os dentes estão de fato mais brancos.

Porém, isso não passa de um efeito ótico devido à um leve pigmento azulado que o produto possui, e a partícula, por sua vez, dá essa impressão quando está sobre exposição da luz.

Esse Tipo de Pasta de Dente é Efetivo ou Pode Causar Efeitos Colaterais?

Tendo em vista que normalmente o clareamento dental é um procedimento um tanto quanto caro, algumas pessoas podem acabar optando pela pasta de dente com carvão.

Um ponto válido a ser mencionado é que sim, o carvão pode ajudar a remover a placa bacteriana e até algumas manchas nos dentes como as causadas pelo consumo de café, por exemplo.

De tal forma, é possível afirmar que, nesses casos, o branqueamento realmente funciona.

Mas quando o dente perdeu a coloração normal e começou a ficar escuro, já não é possível afirmar isso.

E além disso, alguns profissionais alertam para a forma como o carvão remove as manchas, que é por abrasão, um processo que basicamente causa o desgaste do esmalte dentário.

Além disso, estudos apontam que não existem sinais suficientes que comprovem que o uso desse produto dê benefícios para a higiene bucal.

A nossa recomendação é para que o paciente pergunte sobre esse tipo de creme dental para o dentista. Caso ele aconselhe o uso, é válido considerar.

Mas se ele falar para evitar esse produto, siga a recomendação do profissional.

Escovação com o Carvão Ativado

Um outro produto que se tornou conhecido devido à internet é o pó do carvão sozinho, que, segundo os fabricantes, possui o mesmo objetivo de clarear os dentes.

Contudo, escovar os dentes com carvão acaba tendo um resultado mais abrasivo quando comparado com as pastas de dente que contam com esse produto na composição.

De tal forma, muitos profissionais recomendam que não seja feito o uso do pó de carvão para escovar os dentes.

Como citamos anteriormente, esse é um tema que divide muito as opiniões porque enquanto alguns profissionais defendem o uso, outros o abominam.

Existem algumas situações onde o uso desses produtos podem complementar um clareamento feito em consultório.

E a ideia aqui é justamente a de manter os dentes brancos por mais tempo. Contudo, isso nunca deve ser feito sem uma indicação de um dentista.

Sendo assim, não comece a usar uma pasta de dente preta por conta própria. E se você já usa, mas começar a perceber problemas na estrutura do seu dente, consulte um dentista o mais rápido possível!

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.