Língua queimada oferece riscos à saúde bucal

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira como aliviar o desconforto da língua queimada

Usamos a nossa língua com bastante frequência. Seja na hora de comer, na hora de falar e até na respiração. Por isso, é importante que ela fique sempre saudável. Mas, em algumas situações, podemos ter a língua queimada.

Como tenho a língua queimada? A causa mais comum é a ingestão de alimentos e bebidas muito quentes, como comidas que acabaram de sair do forno e cafés. Neste artigo vamos mostrar como reverter esse incômodo!

Língua queimada é uma consequência de hábitos inadequados. Normalmente, ela é lisa e tem um tom roseado. Mas, quando a queimamos, ela fica com um tom vermelho, aspecto eritematoso e pode apresentar algumas bolhas.

  1. Importância da Língua
  2. Tratamentos Para Língua Queimada
  3. Alternativas Caseiras Para Tratar a Língua Queimada
  4. Como Ter Uma Língua Saudável?
  5. Problemas Mais Comuns Que Afetam a Nossa Língua

Importância da Língua

A língua é um órgão formado por músculos e revestido por mucosa. Ela tem uma cor rosa avermelhada e fica localizada dentro da boca e na faringe.

Suas funções são bastante variadas e sua influência na estrutura da boca é bem maior do que imaginamos.

Geralmente, o órgão mede cerca de 10 centímetros ou até menos. É possível dividi-la em duas partes: a primeira, que fica na boca, e a segunda, que fica na faringe.

E, para um bom funcionamento desta estrutura, existem mais de dez músculos trabalhando para dar sustentação, flexibilidade e força. Assim, a língua pode realizar suas principais funções de maneira satisfatória.

Como já foi citado, ela é revestida de mucosa. E é nesse revestimento que encontramos, por exemplo, as papilas gustativas.

Elas são responsáveis por nos proporcionar o gosto de todos os alimentos existentes. Aliás, a sensibilidade é um dos fatores mais incríveis desse órgão.

Já em sua parte inferior, é possível encontrar os ductos excretores das glândulas sublinguais. E é no decorrer de toda essa estrutura que a saliva é produzida.

Trata-se de mais uma função importantíssima do órgão, uma vez que sem a saliva a nossa boca estaria bem mais suscetível ao ataque de bactérias danosas, causadoras de uma série de problemas orais.

Funções do Aparelho Lingual

Ela é uma das principais responsáveis pela fala. Logo, sem a língua, nós não conseguimos transmitir os sons perfeitamente, muito menos elaborar as palavras.

Está duvidando? Basta você acompanhar o quanto ela se movimenta ao falar expressões comuns como: bom dia, boa tarde, boa noite, entre outras constantemente utilizadas em nosso cotidiano.

Ela, claro, também tem sua função no paladar e deglutição.

Além de produzir a saliva, fator essencial para a digestão, e nos proporcionar sabores, pelo paladar, a língua também movimenta a comida na boca. É ela quem leva o alimento de um lado para o outro, auxiliando a mastigação correta.

Fora isso, como já dissemos, a saliva não se limita a digestão de alimentos.

Esse líquido precisa estar o tempo todo presente na boca para umidificar o local – você já deve ter sentido a boca seca. A sensação é horrível, certo? É difícil até mesmo para falar e respirar!

Riscos da Língua Queimada

As queimaduras na língua ocorrem por conta de diversas situações.

Elas podem ser de primeiro, segundo e terceiro grau. As de primeiro grau, geralmente, atingem a parte mais superficial da língua. Entre os seus principais sintomas, podemos citar:

  • Dores;
  • Inchaço;
  • Vermelhidão.

Já as de segundo grau atingem a segunda camada da pele da língua. Assim, além do paciente apresentar os mesmos sintomas da de primeiro grau, ele ainda pode estar sujeito a:

  • Ardência;
  • Bolhas.

As de terceiro grau atingem os tecidos internos da língua. Os sintomas da de terceiro grau são:

  • Lesão com coloração branca;
  • Lesão com coloração preta.

Portanto, as infecções e inflamações bucais são adquiridas com maior facilidade por pacientes com queimaduras na língua – uma vez que a cavidade oral de todo mundo é um local repleto desses microrganismos.

Além disso, ainda é fundamental dizer que os sintomas de língua queimada ainda englobam uma possível alteração no paladar da pessoa.

Isso pode ocorrer tanto em uma queimadura de primeiro grau, segundo ou terceiro. Entretanto, é importante destacar que nas de terceiro grau, o sujeito está mais suscetível a perder o seu paladar.

Papilas Gustativas São Extremamente Importantes

Papilas gustativas são pequenas saliências que se encontram, principalmente, na superfície da língua. É o que permite o paladar funcionar.

Sua função é enviar mensagens ao sistema nervoso central dizendo se o alimento é bom ou não, identificando seu gosto.

Quais Sabores São Identificados Por Nossas Papilas?

Como pudemos acompanhar, as papilas são responsáveis pelo reconhecimento e identificação de sabores. E você deve estar se perguntando: como isso é possível?

Bom, a resposta fica bastante evidente quando observamos as células epiteliais que constituem as papilas.

Elas são divididas em claras, escuras, basais e intermediárias e, geralmente, se localizam em torno do poro gustativo, também chamado de poro central.

No interior das células há quimiorreceptores, que são responsáveis pela recepção gustativa. Outro nome para esses receptores gustatórios é botões gustativos.

Na superfície da célula há pelo gustativo. Ele é um prolongamento comprido e fino que por meio do poro gustativo se projeta para a cavidade bucal.

Quando uma substância, seja um alimento ou uma bebida, se dissolve no líquido bucal, há o contato desse produto com o poro gustativo.

A partir daí, ocorre o contato com a membrana plasmática dos pelos gustativos onde, consequentemente, a substância entra em contato com os quimiorreceptores presentes na papila gustativa.

Assim, todo esse sistema consegue captar o estímulo recebido e interpretar qual o sabor do alimento que está sendo consumido.

Tipos de Gostos da Boca

Mas quais são os sabores sentido? Para você ficar por dentro do assunto, fizemos uma lista. Acompanhe!

  • Doce – sabor dos doces é interpretado a partir das células gustativas que são especializadas em receber estímulos de alimentos ricos em sacarose. Além disso, os alimentos ricos em carboidratos, glicídios e α-aminoácidos também são captados.
  • Amargo – sabor amargo é interpretado a partir da célula quimiorreceptora que é especializada em receber estímulos de alimentos constituídos de diferentes famílias químicas.
  • Salgado – sabor salgado é identificado por meio dos quimiorreceptores especializados na captação dos estímulos das moléculas de cloro e sal. O sal é o maior exemplo de alimento captado nesse sistema.
  • Azedo – os quimiorreceptores especializados em receber estímulo gustativo de moléculas de hidrogênio são responsáveis pelo sabor azedo. O sabor azedo do limão, por exemplo, é recebido por esse sistema.
  • Umami – gosto do umami está associado aos quimiorreceptores especializados em captar aminoácidos e o glutamato monossódico. Os cogumelos e o molho de soja são exemplos de alimentos captados pelo sistema gustativo.

Tratamentos Para Língua Queimada

Língua queimada pode danificar a saúde bucal do paciente

Normalmente, a área afetada é curada naturalmente em dois ou três dias. Mas, como o incômodo pode persistir, é normal que os pacientes queiram agilizar o processo.

Como aliviar língua queimada? Você pode beber bastante água. Isso porque o líquido ajuda a equilibrar o pH da boca. Assim, os níveis de acidez caem e sensação de queimação na língua passa.

Além disso, a água mantém a mucosa hidratada e saudável, sarando a queimadura mais rápido. Dessa forma, é interessante lavar o local afetado com água corrente.

Quando a parte estiver queimada na língua, ela estará muito sensível. Por isso, você deve evitar o consumo de alguns alimentos. Qualquer comida dura e picante deve ser limitada.

Opte por uma refeição mais pastosa ou líquida.

Ainda, evite bebidas quentes e muito geladas. Isso porque elas prolongam a cicatrização deixando você com o desconforto na língua durante um maior período de tempo.

Caso a queimação não suma dentro de alguns dias, você deve ir visitar um profissional. Assim, ele pode receitar remédios, anestésicos e géis cicatrizantes.

Alternativas Caseiras Para Tratar a Língua Queimada

alternativas caseiras para tratar

Além do auxílio profissional para tratar a superfície da língua queimada, ainda existem alguns artifícios que podem ser desempenhados em casa. Vamos conhecê-los?

Comer ou Beber Algo Gelado

Em seguida a queimadura, é recomendado colocar algo bem gelado em sua boca. Isso serve para que o forte calor e sensação de queimação sejam combatidos à altura.

Assim, nestas ocasiões, o que se pode fazer é tomar um sorvete, um milkshake, chupar um picolé ou até mesmo um cubo de gelo. Você pode, inclusive, optar por um suco de sua preferência, que deve ser consumido bem gelado.

Fora isso, tanto o iogurte como a gelatina, também são ótimas opções para comer após a queimadura na língua. Eles refrescam e hidratam a região e devido à sua textura bastante específica.

Dessa maneira, ao entrarem em contato com a nossa língua estes alimentos acabam reduzindo a dor e o desconforto da queimadura.

Logo, podemos dizer que a ingestão de substâncias geladas é uma excelente opção para quem quer aliviar a dor. No entanto, é importante lembrar que depois, substâncias muito geladas devem ser evitadas.

Beber Muita Água!

Como já citamos anteriormente, a água também pode ser bastante importante quando existem queimaduras na língua. Além disso, ela é fundamental para nossa saúde oral em qualquer situação.

Isso porque, além de hidratar e resfriar a região, ela ajuda a balancear o pH da boca, reduzindo os níveis de acidez.  Dessa maneira, a nossa cavidade oral fica mais distante de diversas anomalias orais.

Realizar Bochechos com Babosa

A babosa é uma planta medicinal com diversas propriedades benéficas ao nosso organismo, como por exemplo:

  • Anestésicas;
  • Anti-inflamatórias;
  • Cicatrizantes;
  • Hidratantes.

Assim, trata-se do remédio natural ideal para queimaduras linguais. Fora isso, a planta ainda possui um gosto agradável, tornando todo o processo bastante atraente.

Os bochechos feitos com o suco natural desta planta ajudam a mucosa da língua a se reconstituir e cicatrizar. Com isso, os sintomas iniciais de dor, desconforto e sensação de queimação, são aliviados de maneira notável.

Ingerir Mel com Própolis

Trata-se de uma combinação bastante famosa, que é utilizada com diversas finalidades terapêuticas.

O mel ajuda a amaciar e acalmar a mucosa da língua, deixando-a preparada para a ação do própolis, que possuí propriedades de regeneração e cicatrização dos tecidos.

Assim, é recomendado adicionar 1 ou 2 gotas de própolis a 1 colher de sopa de mel, colocando a mistura sobre a língua e deixando atuar na boca o máximo de tempo possível.

Chupar uma Pastilha Para a Tosse ou Chiclete de Menta

Chupar uma pastilha para a tosse pode ser um ótimo remédio para aliviar a ardência e sensação de queimação na língua, pois elas geralmente contêm mentol.

Esta substância atua como um anestésico local, aliviando a dor e adormecendo o local queimado.

Portanto, podemos dizer que durante o período de utilização do produto, o paciente não sentirá o incômodo proveniente da lesão.

Fora isso, as pastilhas de mentol também são uma excelente opção, pois o ato de mastigar o chiclete ajuda a reduzir a acidez na boca.

Estimulando a produção de saliva, enquanto a menta possui uma ação anti-inflamatória que pode aliviar os sintomas do problema.

O que Fazer Enquanto a Língua Estiver Queimada?

O processo de cicatrização deste tipo de lesão pode ser bastante demorado. Por isso, nós da Simpatio, elaboramos um pequeno planejamento para caso você esteja enfrentando o problema.

O ideal é que, durante o período de recuperação, você evite consumir alimentos muitos ácidos ou salgados, uma vez que eles podem agravar bastante os sintomas, proporcionando inclusive queimaduras na língua com bolha.

Além disso, caso o problema persista durante muito tempo ou os seus sintomas sejam insuportáveis, o ideal é procurar acompanhamento médio o quanto antes possível.

Por fim e não menos importante, é fundamental manter a sua boca sempre muito bem higienizada. Acompanhe a seguir algumas dicas sobre como manter a saúde da língua.

Como Ter Uma Língua Saudável?

como ter uma língua saudável

Como a língua é importante para a nossa saúde bucal, devemos tomar cuidados com os nossos hábitos.

Dar atenção minuciosa à saúde bucal é essencial para diminuir os riscos de problemas. Assim, separamos algumas recomendações para você seguir.

Escove os dentes depois de acordar, depois das refeições e antes de ir dormir. Faça movimentos suaves e circulares em torno de todos os dentes.

Lembre de sempre escovar a língua também, porque ela tem bactérias bucais que podem fazer mal à saúde. É importante tentar não passar a escova bruscamente.

O uso do fio dental pelo menos uma vez ao dia é recomendado pelos dentistas. Não precisa passar o fio de forma bruta, mas é preciso que você limpe toda a área ao redor do dente e perto da gengiva.

O seu dentista também pode passar algum enxaguante bucal ideal para você manter e completar a limpeza bucal todos os dias. Faça visitas regulares ao dentista para exames de rotina.

Não esqueça de se manter hidratado sempre que puder. Na hora da alimentação, também é preciso ter uma dieta regulada. Por isso, consuma bastante vitaminas e nutrientes.

Como Realizar a Escovação da Língua?

Uma vez que a língua possui a sua superfície rugosa, é um local ideal para a proliferação de bactérias que podem gerar infecções e outros problemas, como a halitose.

Assim, escová-la pode trazer diversos benefícios a sua saúde oral.

Especialistas apontam que ela deve ser higienizada ao menos duas vezes por dia. Não é necessário usar pasta de dente, mas optar por raspadores ou limpadores pode melhorar o processo, já que as cerdas podem incomodar.

Você deve realizar movimentos leves, movendo o instrumento de cima para baixo, a fim de remover toda a saburra lingual existente na região.

Benefícios da Língua Saudável

  1. Escovar a língua acaba com a saburra lingual – essa condição é um indício de que a saúde bucal não está 100%. Um alerta do corpo e da boca que indica que é preciso melhorar a escovação da língua. A saburra lingual é uma secreção esbranquiçada ou amarelada que se instala no dorso da língua. É importante dizer que todos temos uma camada de saburra. É inevitável. O que não podemos deixar é que ela se amplie.
  2. Limpar a língua combate o mau hálito – mau hálito é algo desagradável. Esse cheiro ruim que vem da boca pode ter diferentes causas, sendo uma delas  o acúmulo de saburra lingual. Quando é constante e forte, chamados de halitose. Escovar a língua combate o mau hálito e qualquer chance de evoluir para algo mais grave, como infecções.
  3. Evita o surgimento de cárie – a saburra na língua em grande quantidade não gera apenas o desconforto e o cheiro desagradável do mau hálito, como também favorece o desenvolvimento de bactérias na boca e a diminuição de saliva. Essas condições contribuem para o desenvolvimento de cáries dentárias. Para não atingir esse nível, escove a língua!
  4. Cuidado com a língua evita diminuição da saliva – a escovação da língua de maneira errada também pode trazer consequências, por isso faça os movimentos com cuidado e atenção. Coloque a língua para fora e realize movimentos suaves. Caso contrário, você pode ocasionar uma descamação do epitélio da mucosa bucal e consequentemente diminuição do fluxo salivar. A saliva mantém os dentes superficialmente limpos e protegidos de maneira natural.

Problemas Mais Comuns Que Afetam a Nossa Língua

Problemas mais comuns que afetam a língua

A língua é uma estrutura muito importante e que desempenha um papel fundamental em nosso processo digestivo. Além disso, ela possui uma série de outras funções, como já falamos no decorrer deste artigo.

Assim, decidimos elaborar uma pequena lista com os principais problemas que atingem esse órgão, para que você possa ficar por dentro do assunto e se prevenir contra qualquer anomalia. Acompanhe:

Afta na Língua

A grande verdade é que a afta se manifesta em toda a cavidade bucal do indivíduo. Assim, uma região bastante afetada é a língua. A doença costuma causar dores, incomodando principalmente na hora da alimentação.

Por isso, além das bolhas presentes em toda as mediações da cavidade oral, pessoas que sofrem com afta ainda tendem a perder o apetite.

A anomalia surge principalmente a partir de infecções intestinais bastante comuns. Essa anormalidade promove do tecido normal da mucosa presente na língua, evidenciando assim as aftas.

Apesar de tudo isso, a anomalia costuma sumir sozinha, num período entre 7 e 10 dias. Para prevenir a anomalia, o melhor caminho é realizar uma boa higiene bucal.

Além disso, você deve evitar uma dieta com alimentos ácidos e focar em alimentos que contenham grandes quantidades de vitamina B, ácido fólico e ferro.

Língua com Ponta Vermelha

É interessante frisar que essa doença não se trata apenas de um problema físico, mas sim de alguma disfunção emocional.

Assim, é comum que o indivíduo afetado esteja muito estressado, triste, ansioso ou até mesmo sofrendo com depressão.

Os principais sintomas desencadeados por essa doença na língua é o surgimento de caroços avermelhados na ponta da língua e dor local.

Para prevenção e cura, a saída é buscar uma solução para seus problemas emocionais. Além disso, também consumir algumas ervas que podem diminuir os sintomas. Não deixe de buscar ajuda profissional!

Língua Branca ou Saburrosa

Língua branca é um indício de que algo não está correto com a sua higiene oral. Além da saburra lingual, ela pode ser também uma deficiência de ferro e de vitamina B7 ou até mesmo uma candidíase oral.

No entanto, elas manifestam-se de maneiras diferentes. Se a língua branca estiver ligada a saburra lingual, sua causa, normalmente, está relacionada com o acúmulo de placa bacteriana, células mortas e resquícios de alimentos.

Já quando se refere à ausência de ferro e vitamina B7, trata-se de uma disfunção do corpo. Então, nada tem a ver com a saúde da boca, mas, sim, com a corporal.

Para evitar o problema, é essencial manter uma ótima higiene bucal e consumir alimentos que contenham vitamina B7 e ferro.

Língua Rachada ou Áspera

Geralmente, uma língua áspera ou rachada é um sintoma da desidratação, uma disfunção bastante grave para todo o nosso organismo.

Com isso, o aparelho lingual acaba ficando bastante seco e irritado, o que pode gerar algumas rachaduras. Assim, é fundamental que você se hidrate para evitar maiores problemas ocasionados pela boca seca.

Tome cuidado com os alimentos e bebidas quentes para evitar a língua queimada! Com uma saúde bucal em dia, você mantém um sorriso perfeito!

Rodrigo Venticinque

Rodrigo Venticinque

Graduado pela Universidade de Santo Amaro (UNISA) e especialista em Prótese e Reabilitação Oral Integrativa, Biofísica Quântica, Biorressonância Aplicada e Ortomolecular. Pós-graduado em Estética Dental e Reabilitação Oral, com certificação em Remoção Segura da Amálgama e Odontologia Biológica pela Academia Internacional de Medicina Oral e Toxicologia. Professor da pós-graduação em Biofísica e Ortobiomolecular da QuantumBio. Também atua nas áreas de Ozonioterapia, Odontologia Sistêmica, Sedação Consciente com Óxido Nitroso e Hipnose. Diretor da clínica Venticinque Odontologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.