Cuidado! Boca seca pode indicar problemas na saúde

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Parecendo apenas algo normal ou desidratação, a boca seca pode ter uma origem mais séria

Sabe aquela sensação de sede a todo momento? Que chega até a te atrapalhar no meio da noite ou em uma reunião? Pois, é. É bom ficar atento. Isso pode ser um indício de boca seca.

Quando estamos com a boca seca, normalmente, apenas ignoramos. Mas ela pode significar uma alteração na cavidade bucal, e ainda, que sua saúde está comprometida de alguma forma.

Boca seca é a caracterizada pela significativa diminuição e até mesmo interrupção da produção de saliva na cavidade bucal. Ou seja, a quantidade de líquido salivar não é o suficiente para manter a boca úmida.

Assim, acaba ficando desidratada. A saliva é responsável pela proteção na cavidade bucal. Ela hidrata, limpa, ajuda na fonética, na deglutição, e outras ações. Por isso, não ter a boca úmida é prejudicial para a saúde bucal.

  1. Quais São os Sintomas da Boca Seca?
  2. Quais as Causas da Boca Seca?
  3. Outros Fatores Podem Gerar Boca Seca
  4. Sinais da Boca Seca
  5. Como é o Diagnóstico do Distúrbio?
  6. Tratamentos Recomendados Para Boca Seca
  7. Consequências da Boca Seca
  8. Como Prevenir a Boca Seca?

Quais São os Sintomas da Boca Seca?

A boca seca, também chamada de xerostomia, é algo muito comum e que pode se manifestar em qualquer pessoa. Normalmente, ela surge nas épocas de temperaturas mais frias.

Porém, apesar de ser facilmente desenvolvida e nos deixar a impressão de que é algo inofensivo, não devemos ignorar essa alteração quando ela persiste.

Entre os principais sintomas encontrados que devemos dar maior atenção, estão:

  1. Lábios rachados e secos;
  2. Feridas e pequenas lesões ao redor da boca;
  3. Mau hálito;
  4. Vontade de beber água o tempo inteiro;
  5. Boca e garganta seca;
  6. Sensação de dente sujo;
  7. Dificuldade na distinção de sabores;
  8. Ter dificuldade na hora de engolir;
  9. Ter dificuldade na hora de falar;
  10. Sensação dos lábios estarem pegajosos; e
  11. Queimação na língua.

Aos pequenos sinais, procure seu cirurgião-dentista e explique a ele o que está sentindo. Assim, o profissional irá fazer o diagnóstico certeiro do seu caso, impedindo que o quadro se desenvolva para algo mais grave.

Quais as Causas da Boca Seca?

mucosa da boca fica ressecada

Problemas para produzir saliva podem ter várias causas. A secura da boca acontece quando as glândulas salivares não estão funcionando de maneira certa.

A causa mais comum é o estresse. As alterações hormonais baixam a imunidade. Assim, a pessoa fica mais suscetível a ter alterações na sua saúde.

As deficiências nutricionais também trazem problemas. A falta de vitamina A e do complexo B prejudicam o organismo, e a mucosa da boca fica ressecada.

Ainda, o tabagismo pode afetar a secreção da saliva, assim como ter no cardápio alimentos com muito açúcar.

Doenças como a diabetes, problemas na tireoide e respiratórios também tem entre seus sintomas a xerostomia.

Cigarro e Álcool

Quando fumamos, nossa boca mantém um contato direto com o tabaco. Dessa forma, esse produto libera certos tipos de substâncias que ressecam muito a mucosa bucal.

Assim, ocorre um aumento de queratina, ou seja, isso acaba tornando mais fácil com que outros elementos que podem causar um câncer atuem na boca. A boca seca pode se manifestar no tratamento de câncer.

Além disso, por conta do ressecamento pela fumaça do cigarro, ela acaba impedindo a produção de saliva.

É nesse momento então que, a maioria do que consumimos acaba permanecendo em nossa boca, causando mau odores que levam à halitose.

Aos que consomem álcool em grandes quantidades com muita frequência, por exemplo, todos os dias, essa sensação de estar com a boca seca e amarga também é muito comum.

Síndrome de Sjogren

Uma doença autoimune, Sjogren afeta as glândulas que são as responsáveis pela produção das lágrimas e da saliva. Dessa forma, quando há algum problema com essas estruturas, acabam ocasionando olho e boca secos.

Além disso, essa doença pode afetar também outras partes do corpo. Alguns órgãos vitais podem ser atingidos, como exemplo, os rins e pulmões. Existem dois tipos possíveis para a síndrome, são eles:

  1. Síndrome de Sjogren primária: ocorre quando o paciente possui somente essa doença;
  2. Síndrome de Sjogren secundária: Se manifesta uma vez que o paciente apresente outras doenças, como por exemplo a artrite reumatoide e o lúpus.
Causas da Síndrome de Sjogren

Por mais que sua causa ainda seja de uma origem desconhecida, o que os estudiosos já sabem que está entre as doenças autoimunes, como já citamos anteriormente.

O que ocorre com essa doença é que, o sistema imunológico acaba agindo de forma incorreta e ataca as células e tecidos saudáveis do corpo. Porém, não é proposital. Esse ataque é um engano do organismo.

Os principais alvos de ataques costumam ser as glândulas lacrimais e salivares. Entretanto, essa síndrome pode vir a afetar algumas outras regiões, como:

  • As articulações
  • Músculos
  • Tireoide
  • Rins
  • Fígado
  • Pulmões
  • Pele
  • Até mesmo alguns nervos

Existem também causas de origem ambiental ou genéticas que são então relacionados à manifestação dessa doença.

O tratamento para a Síndrome de Sjögren pode, muitas vezes, ser feito em casa. Basta ingerir uma quantidade boa de água abundante.

O uso de medicamentos que também são vendidos facilmente sem prescrição médica é um outro método que auxilia no tratamento.

Porém, existem assim alguns casos que podem ser necessários tomar medicações que sejam prescritas ou até mesmo, em situações mais graves, pode haver necessidade de passar por uma cirurgia.

É importante informarmos que certos remédios e até mesmo tratamentos com radioterapia e a quimioterapia podem trazer certas complicações que resultam em boca seca.

Outras Causas Para a Boca Seca

Além de todos os fatores que já citamos, há ainda outras doenças que podem ter uma influência e afetar as glândulas salivares. São elas:

  1. Doença de Parkinson
  2. Alzheimer
  3. Acidente Vascular Cerebral (AVC)
  4. Diabetes
  5. HIV/AIDS
  6. Afta na boca
  7. Radioterapia e quimioterapia

Sobre esse último item, como citamos anteriormente, a explicação que se dá é que, a radiação que é emitida pelo aparelho muitas vezes prejudica as glândulas produtoras de saliva.

Assim, pode causar alterações permanentes ou temporárias.

Já a quimioterapia, pode fazer com que a saliva fique cada vez mais espessa ou até mesmo viscosa. Esse é um fator que causa então a sensação de secura na boca.

Danos nos nervos por causa de algum tipo de lesão ou até mesmo cirurgia que danifique um nervo da cabeça e do pescoço, podem originar a boca seca.

A menopausa é outra fator, pois, nesse momento, os ovários começam a produzir uma menor quantidade dos hormônios estrogênio e progesterona, afetando assim as glândulas salivares.

Por isso, é mais do que comum que, mulheres durante e após a menopausa, tenham uma tendência a ficar com sensação constante de secura na boca.

Outros Fatores Podem Gerar Boca Seca?

Hidratação

Além de todas as doenças e causas físicas que podem ocasionar tal problema, complicações psicológicas e de outras naturezas também podem desenvolver essa secura. Algumas delas são:

Alteração de Humor

É comum que muitas variações de humor, principalmente se tiverem qualquer tipo de relação com o estressenervosismo e com a ansiedade, possam alterar a produção de saliva.

Desidratação

Para as pessoas que não tem o costume de beber a quantidade de água diária recomendada, fiquem atentos. A boca seca pode se manifestar rapidamente.

Caso o indivíduo não consuma então a quantidade adequada de líquido ou ainda as elimine rapidamente, seja devido ao suor excessivo ou algum tipo de doença, pode desenvolver desidratação.

É nesse momento então que, juntamente com o resto do corpo e organismo, a boca seca aparece para incomodar. Por isso, sempre que possível esteja realizando uma hidratação.

Envelhecimento

É extremamente comum que os idosos desenvolvam boca seca conforme vão envelhecendo.

Porém, são diversos os fatores que podem contribuir com essa situação, como por exemplo, o uso de certos medicamentos controlados.

Além dos componentes serem fortes candidatos a causarem tal sensação, as mudanças na capacidade do corpo em processar os remédios também ocorre.

Fora outros fatores como a alimentação inadequada e problemas de saúde que, muitas vezes, se manifestam somente a longo prazo.

Com relação aos efeitos colaterais desses medicamentos que podem causar boca seca, os principais são:

  • Anti-histamínicos
  • Descongestionantes
  • Analgésicos
  • Diuréticos
  • Anti-hipertensivos
  • Antidepressivos

Sinais da Boca Seca

meu hálito

Todas as pessoas podem, em algum momento de suas vidas e por diversas razões, sofrerem de boca seca. Por isso, é importante então atentar-se aos primeiros sinais.

Principalmente, as alterações na produção de saliva mais comuns costumam se apresentar pelos seguintes sinais e sintomas:

  • Boca seca e pegajosa
  • Saliva espessa
  • Dificuldade para mastigar, engolir e falar
  • Sensação de secura na língua e/ou garganta
  • Lábios rachados e ressecados
  • Língua muito vermelha e com fissuras
  • Maior número de cárie dentária
  • Presença de saburra, a placa bacteriana que se forma na parte posterior da língua
  • Irritação na garganta
  • Aftas na boca
  • Mau hálito frequente
  • Sensação de queimação na língua
  • Feridas na região da boca

Como já explicamos, é comum que essa patologia se manifeste em qualquer pessoa sem restrições.

Dessa forma, atentar-se aos sinais é fundamental, principalmente na hora de ajudar seu médico a realizar um bom e rápido diagnóstico.

Como é o Diagnóstico do Distúrbio?

sialometria

Essa sensação de boca seca é um sinal de que algo no organismo não está bem, e que há um desequilíbrio que precisa ser corrigido.

No momento em que o profissional for diagnosticá-lo, ele ira considerar principalmente os sinais clínicos da xerostomia.

Ainda assim, se for necessário, o resultado de uma sialometria, que é um exame mais básico, rápido, sem dores para o paciente e de baixo custo, pode ser requisitado.

Ele tem como objetivo analisar a quantidade e a qualidade da saliva que está então sendo produzida num certo período de tempo.

Além disso, é muito comum também que o médico reveja todo histórico do paciente, todos os medicamentos tomados e ainda examinar sua boca.

Podem ser necessários testes de sangue, exame de imagem das glândulas salivares ou testes que meçam a quantidade de saliva produzida.

Caso o profissional encontre sinais e sintomas que podem indicar a causa pela síndrome de Sjögren, uma biopsia de uma pequena amostra de células das glândulas salivares pode ser necessária.

Tratamentos Recomendados Para Boca Seca?

secura da boca

O tratamento para a secura bucal é bem simples. O mais indicado é beber bastante água ao longo do dia e evitar bebidas com açúcar. Outras bebidas, como o café e o chá também devem ser retiradas do cardápio.

Na parte da alimentação, o paciente pode expandir seu cardápio e comer alimentos com vitamina A e do complexo B. Entre eles, encontramos: carnes, peixes e ovos.

Principalmente, a secura da boca pode ser tratada pelo seu dentista de confiança e por um clínico geral. Os dentistas recomendam hidratantes bucais e sprays bucais para umedecer a boca.

Uma outra forma de tratamento também é chupar balas e gomas sem açúcar, pois elas estimulam o fluxo salivar. Além é claro, de evitar no período de tratamento o consumo de álcool e tabaco.

Caso, a causa seja algum medicamento, você pode conversar com o seu dentista ou médico para uma troca do remédio ou da dosagem.

Alguns dentistas recomendam o uso de substitutos de saliva, ou ainda, utilizar enxaguantes com soluções bucais formuladas para diminuir a secura. Isso pode ajudar também a aliviar o problema.

A escovação depois de acordar, após refeições e antes de dormir é ideal. Além do uso do fio dental, enxaguantes bucais que ajudam a completar a limpeza.

Aplicar algum tipo de hidratante labial também antes de dormir, pode ajudar.

Bom, mas por que e como cada um desses componentes, muitas vezes tão básicos podem de fato ajudar na secura bucal? Vamos entender melhor sobre cada um deles.

Gomas de Mascar e os Doces Dietéticos Sem Açúcar

Essas podem ajudar no aumento do fluxo salivar, mas podem também ser inconvenientes e afetar a confiança do paciente.

A ingestão frequente de líquidos sem açúcar pode ser útil, uma vez que não irão piorar a sensação de boca seca devido ao doce e, conseguirão assim manter a região sempre úmida.

Substitutos da Saliva

Por terem um efeito remineralizante na dentina e esmalte, eles são os preferidos. Alguns agentes lubrificantes na forma de gel, colutórios e pastas de dente também têm sido usados com vários resultados para aliviar a xerostomia.

Dessa forma, as qualidades que envolvem então esses agentes lubrificantes, que aumentam o conforto dos pacientes, incluem uma boa lubrificação, gosto bom e uma atividade de longa duração.

Pastilhas que Estimulam a Produção de Saliva

Essas são indicadas principalmente em pacientes submetidos à terapia antidepressiva.

O spray de mucina é muito utilizado por pacientes pós-irradiados. Além disso, os idosos são particularmente beneficiados com esse tratamento.

Da mesma forma, o uso de umidificadores bucais em pacientes com a síndrome de Sjogren, que também são pacientes irradiados, apresentam excelentes resultados.

Dispositivos Intrabucais de Liberação de Saliva Artificial

Esses dispositivos têm apresentado excelentes resultados em pacientes que já sofrem com a xerostomia.

Pilocarpina

Existe também a pilocarpina, que é um agonista parassimpático mimético dos receptores muscarínicos da acetilcolina.

São ela quem estimulam a secreção tanto das glândulas exócrinas, como as salivares, lacrimais e das glândulas respiratórias.

Além disso, ela também é responsável por estimular a contração de músculos esqueléticos lisos e a motilidade dos tractos gastrointestinal e urinário, brônquios e ductos biliares.

Dessa forma, todos esses efeitos, quando já são percebidos tardiamente, acabam então desencorajando alguns dos profissionais a usar a pilocarpina.

Por muito templo, as aplicações dessa substância era completamento focadas na aplicação tópica para o tratamento do glaucoma.

Fazer Sessões de Acupuntura

Por meio de alguns testes e muitos estudos, chegou-se a conclusão então que, em pacientes portadores de xerostomia por irradiação e também na SS (síndrome de sjogren), a acupuntura pode causar um significativo aumento do fluxo salivar.

Dessa forma, fazer então de três a quatro sessões de acupuntura por semana, juntamente com uma sessão mensal, é muito benéfico e o mais recomendado.

Porém, é importante então encontrar profissionais que sejam especializados nessa modalidade de tratamento e sejam realmente qualificados na sua utilização.

Manter uma Suplementação Dietária

Muitos estudiosos chegaram à conclusão de que, se forem administrados medicamentos de origem herbácea e que contenham um suplemento vitamínico, é possível causar um aumento prolongado do fluxo salivar.

Consequências da Boca Seca?

Fluxo salivar

Por apresentar características muito desagradáveis aos que sofrem com a xerostomia, ela pode levar a uma significativa diminuição na qualidade de vida dos pacientes.

Dessa forma, especialmente na Síndrome de Sjogren, ela é então muito problemática, uma vez que pode vir a ocasionar quadros de disartria e disfagia.

Nesses pacientes portadores da síndrome primaria, as manifestações têm sido fatores redutores da qualidade de vida, quando comparados com pessoas saudáveis.

Muito parecidos com os sinais e sintomas da doença, as principais consequências que ela pode trazer para o paciente são:

  1. Aumento da incidência de cárie dentária, principalmente cervical
  2. Disartria
  3. Disgeusia
  4. Disfagia
  5. Ardência lingual
  6. Mucosa bucal dolorida
  7. Fissuras da mucosa bucal; lábios doloridos, secos
  8. Aumento de volume de glândulas salivares
  9. Propensão para infecções (candidoses, glossite mediana rombóide, estomatites associadas com próteses móveis, quilite angular)

Como Prevenir a Boca Seca?

controlar as bactérias da boca

Depois de tudo que explicamos aqui, é muito provável que você esteja se perguntando então como evitar que a boca seca ocorra, não é mesmo?

Fique tranquilo que preparamos algumas dicas para você, é só continuar lendo.

Mantenha-se Bem Hidratado

É comum esquecermos de beber água. Porém, saiba que isso não é um ato nem um pouco saudável para nosso organismo e nem favorece a saúde do sorriso.

Na rua, no trabalho, em casa, até mesmo dando um passeio ou ainda viajando, o hábito de tomar água deve ser algo presente em nossa rotina do dia a dia.

O ideal e mais recomendado pela maioria dos profissionais da saúde, é que seja ingerido, pelo menos, dois litros de água por dia.

Uma dica para não esquecer, é estar sempre com uma garrafinha de água ao lado, assim, toda vez que olhar para ela, irá se lembrar de tomar um pouco.

De Olho na Higiene Bucal!

O que os cirurgiões-dentistas indicam de forma geral é que a higiene bucal seja praticada, pelo menos, três vezes ao longo do dia.

Porém, isso pode variar quando o paciente apresenta algum problema. Nos casos que envolvem a xerostomia, por exemplo, esse hábito deve ser ainda mais cuidadoso e reforçado.

Além de ser fundamental para manter a saúde bucal e controlar as bactérias da boca, a higienização é capaz de promover ainda uma ativação glandular, o que costuma melhorar a produção de saliva.

Fora isso, devido a diminuição e até mesmo perda salivar, é importante intensificar essa prática para prevenir as doenças oportunistas da situação, como é o caso da cárie.

Incluir um bom enxaguante bucal nessa rotina de limpeza é importante, porém, esse produto deverá ser sem álcool, para não provocar uma sensação de ardência e um grande ressecamento da boca após a higiene.

Esses fatores podem piorar ainda mais a sensação de boca seca. Dessa forma, prefira então os que possuem cloreto de cetilpiridínio e fluoreto, normalmente os mais indicados pelos dentistas.

Seja Fiel às Consultas de Rotina ao Dentista

A melhor forma de evitar que qualquer problema que afete a saúde bucal ocorra, além da xerostomia, é estar com as consultas sempre em dia.

Assim, se algo de diferente for diagnosticado pelo cirurgião-dentista, este já poderá tratar logo no começo, impedindo que se torne então algo mais sério.

A maioria das pessoas só sentem que estão com a boca seca quando já existe bastante redução no fluxo de saliva. Por isso, quanto antes o dentista identificar essa diminuição, será mais fácil de evitar a boca seca.

Porém, você pode ainda estar se questionando, se em qualquer momento que sentir a boca seca já devo correr para o médico? Não exatamente.

É comum deparar-se então com a boca seca em dias muito quentes, por exemplo. Após realizar uma série de exercícios físicos muito intensos, também.

Dessa forma, a dica para isso é então corrigir esses sintomas com uma boa ingestão de líquidos, principalmente a água. Além é claro, de uma boa dieta adequada.

Em casos como esses, a sensação não é um motivo para preocupação. Porém, se identificar que o sintoma é de fato crônico, procure seu médico ou dentista o mais rápido para identificar a causa do distúrbio e tratá-lo corretamente.

Fique atento para qualquer mudança. Se tiver sintomas de boca seca, contate e faça uma visita ao seu denti

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Compartilhe sua opinião

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!