Diagnóstico certeiro é o primeiro passo na odontologia

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira a importância do diagnóstico na área da odontologia

Quando fazemos nossa consulta odontológica de rotina, o dentista realiza uma análise minuciosa da boca. Se há qualquer anormalidade, é necessário encontrar a origem e fechar um diagnóstico.

Os tratamentos para prevenir algumas doenças ou alterações bucais só são possíveis quando o profissional sabe o que você tem. Por isso a importância do diagnóstico. Mas, afinal, o que é isso?

O diagnóstico é o que define seu quadro de saúde. É com ele que você consegue identificar, nomear e tratar alterações com exatidão. Assim, ele explica os sintomas que um paciente manifesta.

Exames para o diagnóstico

O profissional pode fazer exames para diagnosticar alterações, como os clínicos.

Além disso, ele pode pedir por outras especificidades da medicina diagnóstica, como exames radiográficos e fazer uma tomografia computadorizada para descobrir o que está causando os sintomas do paciente.

Os preços, níveis de radiação e praticidade diferem de um exame para outro. No entanto, é o profissional que indicará o melhor procedimento para identificar o diagnóstico.

Problemas bucais

É a partir dos diagnósticos que o profissional consegue identificar a doença bucal. Alguns dos diagnósticos odontológicos mais comuns são:

  • Cárie: é uma lesão estrutural causada pela bactéria no dente. Ela perfura o esmalte do dente e placas duras e com coloração escura. Caso não tratada, pode causar o abcesso. Os sintomas são: dor no dente, sensibilidade dentária na hora de comer ou beber e dor ao morder, colorações mais escuras e aparentes pequenos buracos nos dentes;
  • Placa Bacteriana: película grudenta e incolor formada por bactérias. Os sintomas são: sensação de dente sujo e mudança na cor dos dentes;
  • Tártaro: forma endurecida de uma placa bacteriana que se acumula nos dentes. Os sintomas são: dentes com coloração amarelada ou amarronzada. Em casos mais extremos, causa dor, inchaço e sangramento;
  • Doenças periodontais: elas têm três estágios- gengivite, periodontite e periodontite avançada. Representam alterações negativas na gengiva e nos ossos periodontais. Os sintomas são: gengiva inchada e sangrando, sensibilidade na gengiva e nos dentes e gengiva retraída; e
  • Mau hálito: cheiro desagradável que sai da boca. Os sintomas são: odor ruim e gosto ruim na boca.

Tratamentos

É só com o resultado certeiro que o profissional consegue planejar um tratamento adequado para o paciente.Por isso que o diagnóstico odontológico é importante. É ele que determina os próximos passos e cura o paciente.

Alguns dos tratamentos mais comuns são: limpeza dental, cirurgias, obturações e tratamentos de canal.

Como evitar diagnósticos graves?

Você precisa tomar cuidados especiais com a higiene oral para evitar problemas na sua boca. Assim, ter uma atenção minuciosa com a saúde bucal é essencial para diminuir os riscos de problemas futuros.

Por isso, separamos algumas recomendações para você seguir.

Escove os dentes depois de acordar, depois das refeições e antes de ir dormir. Mas, lembre: faça movimentos suaves e circulares em torno de todos os dentes.

Lembre de sempre escovar a língua também, porque ela também tem bactérias bucais que podem fazer mal a saúde. É importante tentar não passar a escova bruscamente.

O uso do fio dental pelo menos uma vez ao dia é recomendado pelos dentistas. Não precisa passar o fio de forma bruta, mas é preciso que você limpe toda a área ao redor do dente e perto da gengiva.

O seu dentista também pode passar algum enxaguante bucal ideal para você manter e completar a limpeza bucal todos os dias.

Na hora da alimentação, também é preciso ter uma dieta regulada. Por isso, consuma bastante vitaminas e nutrientes. Não esqueça de se manter hidratado sempre que puder.

Com uma saúde bucal em dia, você pode manter uma saúde bucal agradável. Se previna, faça visitas ao dentista para o diagnóstico certeiro e tenha um sorriso perfeito!

Yara Barreto

Yara Barreto

Formada em Odontologia pela Universidade de São Paulo (2008). Aluna de iniciação científica Pibic/Unicid da Universidade de São Paulo. Em 2009, concluiu estágio clínico em Ortodontia no Instituto Vellini, e em 2010, curso de planejamento Ortodôntico na Universidade Metodista. Concluiu em 2014 sua especialização em ortodontia e atua com ortodontia digital. Dentista na Odontoclinic e responsável técnica da OdontoImage.

One Reply to “Diagnóstico certeiro é o primeiro passo na odontologia”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.