Dente de ouro é apenas um adereço estético? Descubra!

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Bastante popular entre artistas e cantores internacionais, a febre do dente de ouro não chegou com a mesma intensidade no Brasil. Apesar disso, podemos nos deparar com o adereço na boca de alguns.

Mas será que o dente de ouro possui alguma utilidade, ou trata-se apenas de uma questão estética? Nesse artigo iremos conhecer um pouco mais sobre a utilização desse adereço e seus efeitos para a saúde bucal.

O dente de ouro é, normalmente, confeccionado em laboratórios de prótese dentária e posteriormente adaptado para o uso do paciente. Ele funciona como um revestimento ou capa externa ao dente e pode ser removido. Também existem dentes feitos completamente de ouro e que servem como implantes dentários.

Antes de serem utilizados como sinônimo de status na cultura hip hop, o ouro era frequentemente utilizado no consultório odontológico para realizar restaurações, devido sua resistência.

Entre todos os metais, o ouro é o mais nobre utilizado na odontologia e, por conta disso, o material sempre foi bastante caro. Assim, possuir um ou mais implantes de ouro, era uma ostentação, ou símbolo de status da época.

Com o passar do tempo os processos odontológicos foram se moldando, e o material foi substituído por outras ligas metálicas ou materiais com preços mais acessíveis.

Ainda assim, os dentes de ouro continuaram bastante populares quando analismos a questão estética, tornando-se uma tendência de moda, especialmente por volta dos anos 80 e 2000.

Apesar de não ter sido uma tendência tão forte no Brasil como foi em outros países, mesmo hoje em dia é possível encontrar quem se interesse em ostentar esse metal valioso no sorriso.

Atualmente, os processos odontológicos que incluem o ouro incluem restauração da coroa dentárias, proteção dos dentes enfraquecidos por fraturas, cobertura das deformações ou descolorações e para tampar tratamento de canal.

Existem tipos de dentes de ouro?

Popularmente conhecidos como “grillz” na cultura hip hop, os dentes de ouros contam com dois modelos, como já mencionado anteriormente.

Trata-se do modelo fixo e do modelo móvel do acessório dental.

O modelo fixo serve como um implante dentário, colocado no lugar de outro dente natural, o que normalmente ocorre quando há perdas dentárias. O processo é similar ao que acontece na colocação do dente de porcelana.

Mesmo quando não ocorre a queda do dente, é possível realizar a substituição de um dente natural pelos dentes banhados a ouro, apenas por questões estéticas.

Como o próprio nome já diz, o modelo fixo não pode ser removido, exceto cirurgicamente. Atualmente, seu uso é menos frequente que a versão móvel, por exemplo.

Já o modelo de dente de ouro móvel constitui-se em uma capa aplicada sobre a estrutura do elemento dental, chamada de faceta. As facetas são confeccionadas em laboratórios de prótese dentária e adaptadas nos dentes do paciente pelo cirurgião-dentista.

Sua aplicação é indolor e pode ser facilmente removida. Atualmente, o modelo móvel é o mais utilizado, devido sua maior praticidade. Além disso, a possibilidade de remover a faceta torna o acessório algo opcional ao usuário, podendo removê-lo caso queira.

Além do ouro amarelo, para a confecção desse acessório é possível utilizar ainda o ouro branco.

É possível aplicar a faceta no dente em que se desejar, sendo em um único ou mais de um dentes, sem restrição quanto a quantidade.

Há benefícios em ter dentes de ouro?

Há benefícios em ter dentes de ouro?

O dente de ouro é uma tendência estética, mas será que esse é seu único benefício? Não é atoa que, até mesmo antes de se tornar uma tendência de moda, o ouro já era um metal amplamente utilizado dentro do consultório odontológico.

Isso se deve aos benefícios do uso desse metal valioso no ambiente bucal. Assim, confira os benefícios presentes no implante de dente de ouro:

  • Raramente apresenta manchas ou corrosão quando na cavidade oral;
  • É inativo quimicamente;
  • Não é afetado por ar, calor, umidade e pela maioria dos solventes;

A baixa dureza do ouro em seu estado puro poderia ser uma complicação para seu emprego como um material restaurador, porém essa maleabilidade traz um benefício a mais.

Com ela, o ouro pode ser condensado diretamente na cavidade preparada.

Além dos benefícios anteriormente citados, vale ressaltar que, para quem gosta, o dente de ouro pode valorizar a estética do sorriso.

Vale lembrar ainda que a confecção do dente de ouro, bem como sua aplicação, deve ser feita com um especialista de sua confiança, pois podem estar sujeitos a contaminação, preparos cavitários inadequados, inserção deficiente e técnica de acabamento deficiente.

Quanto custa para colocar um dente de ouro?

Quanto custa para colocar um dente de ouro?

Por acaso você se interessou pela tendência e deseja colocar um dente de ouro?

Caso a resposta seja positiva, você teria que desembolsar uma quantia de aproximadamente 3.500 a 10.000 reais por cada implante de ouro, quando o procedimento é realizado com um profissional altamente qualificado.

É isso mesmo, você não leu errado! Mas não se preocupe, caso esteja muito salgado para você, o preço da faceta dourada possui um preço bem mais acessível, e varia entre 600 e 700 reais.

Existem até mesmo estúdios de piercings e tatuagens que realização a instalação desse tipo de faceta, no entanto realizar esse procedimento estético por meio de pessoas não-aptas a esse tipo de serviço pode ser extramente arriscado.

Erros durante esse procedimento podem causar alterações em sua mordida, deixando ela torta. Caso você realmente deseje um dente de ouro, o ideal é conversar com seu dentista de confiança, a fim de que ele analise se seus dentes estão aptos, ou não, para receber o uso do acessório. Além de verificar a situação da sua saúde bucal.

Vale lembrar que o preço cobrado inclui, além do material, a confecção, a preparação e a aplicação no consultório odontológico. O dentista pode, por exemplo, realizar uma profilaxia dentária, a fim de preparar melhor os dentes para o uso do acessório, o que também poderá ser incluído no valor total do procedimento.

Sendo assim, o preço pode variar muito, a depender do nível de qualificação profissional do dentista e a média de custos da clínica, sendo de baixo, médio ou alto padrão.

Por isso, antes de escolher o profissional e a clínica que fará o procedimento estético, é importante pesquisar bem. Mas, vale ressaltar que, nem sempre o preço mais barato é a melhor opção, principalmente quando se trata da sua saúde.

Dentes de ouro podem trazer complicações?

Dentes de ouro podem trazer complicações?

Assim como benefícios, o uso negligente dos dentes de ouro pode trazer complicações.

Por isso, a ideia de enfeitar o sorriso com coroas de ouro nos dentes pode não ser uma boa, se o procedimento não for realizado de forma adequada.

As coroas de ouro, se mal colocadas, podem causar sérios problemas gengivais que podem levar à perda dos dentes. Assim, o recomendado é a remoção da coroa de ouro.

Caso contrário, a cavidade bucal estará sujeita a patologias e doenças, como a retração gengival e a gengivite ulcerativa necrotizante. Esta última doença gengival, em especial, é muito grave e causa morte dos dentes, ulceração, hemorragia e muita dor.

A boca é extremamente sensível a corpos estranhos, como piercings no dente e próteses e por isso devemos tomar bastante cuidado com esse órgão, a fim de evitar possíveis complicações, como infecções, lesões crônicas e até mesmo alguns cânceres, como o de língua e lábio.

Assim, os possíveis sintomas que envolvem as complicações do uso da faceta de ouro incluem:

  • Dor gengival ao comer ou engolir
  • Hemorragia gengival
  • Mau hálito
  • Produção excessiva de saliva
  • úlceras
  • Febre
  • Mal-estar
  • Inflamação nos linfonodos
  • Mancha branca ou vermelha nas gengivas, língua, amígdalas ou mucosa da boca
  • Dores de garganta
  • Dormência na boca
  • Nódulos ou caroços na cavidade oral
  • Rouquidão persistente

Portanto, o uso de qualquer acessório no ambiente oral deve ser previamente analisado e aprovado por um dentista de sua confiança, além de ser aplicado somente pelo profissional capacitado e especializado.

Além disso, se sentido qualquer um dos sintomas citados acima durante o uso do acessório, é preciso procurar um dentista o quanto antes.

Cuidados no uso dos dentes de ouro

Quando o principal aspecto observado é a saúde de região bucal e não a estética, o uso de qualquer corpo estranho, como o acessório de ouro, não é recomendado.

No entanto, a fim de evitar maiores problemas na cavidade bucal, o uso do dente de ouro removível é mais indicado que o fixo.

Porém, seu uso exige alguns cuidados adicionais, evitando danificar as gengivais e causar lesões bucais, como, por exemplo:

  1. Consultar a situação da saúde bucal antes de usar o molde de ouro;
  2. Remover o grillz ao comer;
  3. Não utilizar o molde por um período prolongado;
  4. Higienizar o molde de forma adequada;
  5. Higienizar os dentes naturais de forma adequada antes da aplicação e após a remoção do molde de ouro;
  6. Evitar dormir com o molde de ouro;
  7. Consultar regularmente um dentista de sua confiança, a fim de verificar a saúde dos dentes originais e gengivas durante o uso do molde, bem como obter informações mais precisas sobre o uso do acessório conforme o seu caso em particular;
  8. Quando não estiver aplicado nos dentes, limpar e reservar o molde em local adequado, a fim de evitar a proliferação de bactérias, higienizando-o novamente para aplicá-lo;
  9. Evitar o uso do cigarro.

Vale lembrar que a compra pela internet ou qualquer outro ambiente não profissional é altamente arriscada.

Outro alerta válido é sobre o tabagismo, que pode aumentar as chances de aparecimentos dos cânceres na região oral e ainda manchar o ouro, além de ser extremamente prejudicial à saúde de forma geral.

Afinal, se a saúde bucal já exige cuidados essenciais para sua manutenção, o uso do dente de ouro requer cuidado redobrado.

Como limpar os dentes de ouro?

Como limpar os dentes de ouro?

Um dos cuidados mais importantes requeridos a quem usa o implante ou a faceta de ouro é uma boa higienização do ambiente oral, bem como do implante ou faceta, já que seu uso gera o acumulo de placa bacteriana.

Uma limpeza adequada pode evitar o surgimento de diversas complicações relacionadas ao uso dos dentes de ouro, além de, é claro, já ser um procedimento básico para quem não faz uso do metal.

Conferia a seguir como limpar os dentes de ouro fixo ou removível e evite a proliferação de bactérias na região oral.

Limpeza do implante de ouro

Para limpar o implante total de ouro o único método de limpeza eficiente é escovar os dentes, já que não é possível removê-lo para efetuar a higienização.

Assim, uma higienização adequada para quem usa o implante de ouro começa com o uso de uma escova com cerdas macias. Além de serem as mais indicadas para a limpeza dental, por não lesionar as gengivas, as cerdas macias impediram que o metal fique arranhado durante a escovação.

O creme dental também deve ser uma preocupação durante a limpeza dos dentes. Por isso, opte por um creme dental não abrasivo. No entanto, não exclua totalmente o flúor da pasta da dente, já que ele é fundamental para evitar o surgimento das cáries nos dentes naturais.

Assim como durante uma escovação comum, a limpeza do ambiente oral com o implante de ouro deve durar no mínimo 3 minutos, alcançando todos os dentes igualmente durante o processo.

Não esqueça de passar fio dental! Essa pode ser uma das partes cruciais de uma higienização adequada, já que o fio dental é capaz de alcançar lugares que a escova de dentes não alcança, eliminando resíduos que podem gerar a proliferação de bactérias e consequentemente o surgimento de patologias orais.

Por fim, para realizar o uso do enxaguante bucal, consulte a opinião do seu dentista, já que o uso desse produto finalizador divide as opiniões profissionais.

Não esqueça do acompanhamento odontológico! No consultório, o dentista também poderá realizar a limpeza do seu dente de ouro e deixá-lo sempre brilhante.

Vale lembrar que o processo de higienização deve ser repetido após as principais refeições do dia, impedindo a proliferação das bactérias na boca e mantendo o cuidado com os dentes naturais e os de ouro.

Limpeza da faceta de ouro

Limpar a faceta de ouro pode ser mais simples que o modelo anterior. No entanto, engana-se quem pensa que os cuidados devem ser menores.

Por ser removida do ambiente oral frequentemente, a faceta pode ser contaminada por microrganismos facilmente. Por isso, sua higienização deve ser levada à sério de modo que é preciso limpar o grillz diariamente, inclusive todas as vezes que tirar e colocar.

Para uma limpeza adequada, você deve consultar o seu dentista sobre o uso de produtos de limpeza próprios para o grillz. Esse produto deve ser recomendado unicamente pelo seu dentista, contendo propriedades próprias para sua limpeza e para o ambiente oral.

Por isso, jamais utilize produtos de limpeza de jóias para limpar a faceta de ouro, pois eles podem ser tóxicos!

O dentista também poderá indicar o próprio uso da escova e creme dentais para realizar a limpeza da faceta, nesse caso, o processo é simples. O cuidado vai apenas para a escolha da escova – que deve ter cerdas macias – e do creme dental – que não deve ser abrasivo.

Outra alternativa é deixar o seu grillz de molho em água e detergente neutro por cerca de duas horas.

Após realizar a limpeza da faceta, utilize um pano macio de microfibra para secar e polir o ouro, a fim de manter o brilho e a aparência do metal.

Quando a limpeza do dente de ouro for realizada após retirá-lo do ambiente bucal, o grillz deve ser guardado em um local seco, limpo e longe do sol. Para guardar a sua faceta de ouro de forma adequada, o dentista poderá dar um pequeno reservatório, similar aos estojos de aparelho móvel e prótese dentária.

Lembre-se de guardar o seu estojo em um lugar seguro, a fim de evitar a perda dos dentes de ouro.

Outra alternativas estéticas

Outra alternativas estéticas

Para além do uso do ouro nos dentes, outros metais também podem ser alternativas para quem quer ostentar um sorriso caro.

Alguns exemplos incluem:

  • Metais prateados;
  • Metais dourados;
  • Prata;
  • Dente de diamante;
  • Rubi;
  • Zircônia;
  • Outras pedras preciosas.

Todos esses metais e jóias são trabalhados por especialistas experientes, capazes de transformar seus dentes em verdadeiras preciosidades.

O movimento é tão forte nos Estados Unidos que existem profissionais – dentistas e protéticos – que trabalham unicamente com esse tipo de prótese. Isso ocorre devido a alta procura dos grillz popularizada pelos cantores de rap.

Além da variedade de metais e joias, o acessório pode ser confeccionado de forma personalizada, podendo, até mesmo misturar joias e metais nas facetas, de acordo com o gosto do cliente.

Os grillz também podem ser confeccionados nos mais diversos tamanhos e formatos, além do tradicional formato de dente. Também podem cobrir um dente por inteiro ou apenas parte dele.

Logo, você pode usar a criatividade para criar e personalizar o seu acessório dental a vontade.

Perguntas frequentes

Perguntas frequentes

Para garantir que você use o seu acessório dental de ouro com responsabilidade, iremos relembrar as principais questões a se lembrar:

  1. O dente de ouro é 100% seguro?
  2. O que fazer se perceber algum sintoma anormal durante o uso do dente de ouro?
  3. Todos os dentes de ouro encontrados para venda são de qualidade?
  4. Posso comer com o meu grillz?
  5. Se eu tiver alguma patologia bucal, como a gengivite, posso fazer uso do grillz?
  6. Onde posso conseguir um dente de ouro?
  7. O dente de ouro é a única alternativa para mim?

Qual versão do dente de ouro é a mais indicada para mim?

A versão mais indicada do dente de ouro é a móvel. No entanto, apenas um dentista poderá analisar o seu caso em particular e ajudar nessa decisão. Veja a seguir:

O dente de ouro é 100% seguro?

Todo trabalho realizado por um profissional habilitado mostra-se seguro se efetuado seguindo todas as medidas de segurança e qualidade. No entanto, o uso do dente de ouro pode gerar complicações se aplicado de forma negligente.

O que fazer se perceber algum sintoma anormal durante o uso do dente de ouro?

Diante de qualquer anormalidade durante o uso do dente de ouro você deve procurar imediatamente um profissional da odontologia.

Todos os dentes de ouro encontrados para venda são de qualidade?

Não! Todo dente de ouro deve ser confeccionado por um profissional habilitado e confiável. Comprar a faceta de ouro em qualquer lugar, como na internet, pode ser perigoso para a saúde bucal.

Posso comer com o meu grillz?

A alimentação com o uso do grillz não é recomendada e deve ser um cuidado ao usar o acessório. Além desse cuidado, outros inúmeros são recomendados, como evitar o fumo, por exemplo.

Se eu tiver alguma patologia bucal, como a gengivite, posso fazer uso do grillz?

Para saber se você está habilitado a usar esse acessório dental, é sempre necessário realizar uma análise junto ao dentista. No entanto, o uso do grillz não é recomendado enquanto seus dentes e gengivas não estiverem saudáveis.

Onde posso conseguir um dente de ouro?

Apesar das capas de ouro serem encontradas facilmente em estúdios de tatuagem, o lugar mais seguro para conseguir um dente de ouro é por meio do profissional da odontologia, que confeccionará um dente de ouro especialmente para você em um laboratório de prótese dentária.

O dente de ouro é a única alternativa para mim?

Não! Você pode escolher dentre inúmeras alternativas para ter um sorriso mais estiloso. As alternativas vão além do ouro comum e o ouro branco. Você pode utilizar pedras preciosas, como diamantes e rubis.

Agora você já conhece um pouco mais sobre o dente de ouro. Lembre-se, caso você queira ter um desse, o ideal é realizar o procedimento com um profissional de extrema confiança para evitar dores de cabeça.

Ramiro Murad
Ramiro Murad
Ramiro Murad Saad Neto, cirurgião-dentista com registro no Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CRO-SP) nº 118151, é graduado pela UNIC e residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Possui habilitação em Harmonização Orofacial e também é gestor de clínicas e franquias odontológicas. Além disso, é integrante da equipe Bucomaxilofacial da Clínica da Villa, que está na Rua Eça de Queiroz, 467 - Vila Mariana, São Paulo - SP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio
Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.
Agende uma consulta
Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

Simpatio 2021 © - Todos os Direitos Reservados

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.

Os conteúdos da Simpatio são escritos por jornalistas e possuem a supervisão e a aprovação de dentistas e de profissionais de saúde parceiros.