Cariologia é a ciência que estuda a cárie dentária

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Conhecer a cariologia permite que o dentista saiba a maneira correta de intervir no problema

A odontologia possui diversas especialidades, como odontopediatria, odontologia legal, periodontia e implantodontia, por exemplo. No entanto, existem outras ciências que buscam estudar mais afundo alguns problemas, como a cariologia.

Dessa forma, sabendo sobre a cariologia, o dentista sempre estará atualizado a respeito da doença, conhecendo novas maneiras de tratamento e métodos profiláticos. Isso possibilitará um melhor atendimento ao paciente.

A cariologia, portanto, é o estudo da cárie e de tudo o que a circunda.

Sobre a cárie

A cárie é uma forma de deterioração dos dentes, representando uma lesão estrutural de causa multifatorial que ao se associar a determinadas bactérias danificam as estruturas dentárias. Tais como, esmalte e dentina.

Dependendo da profundidade que alcança, provoca dor e incômodo ao paciente.

Tipos de cárie

Existem três tipos de cárie dentária: ativa, crônicas ou transitória.

Estágios da cárie

Os estágios da cárie dividem-se em quatro tipos: incipiente, esmalte, dentina e infecção pulpar.

  • Cárie incipiente – é a fase inicial da cárie. É o instante em que ela ainda não começou a perfurar o dente. Para identificá-la, é necessário analisar o esmalte do dente, pois ela se manifesta por meio de manchas brancas opacas.
  • Cárie de esmalte – é o segundo estágio do problema. Ela ocorre quando os ácidos formados pela biofilme bucal começam a corroer o esmalte do dente. Nessa fase, começam a surgir manchas escurecidas, mas a pessoa ainda não sente dores porque não  houve exposição da dentina, assim não tem terminações nervosas.
  • Cárie de dentina – agora, a patologia alcança a dentina. Ela começa a atacar a sensibilidade do dente, deixando-os hipersensíveis. Há também o aumento da cavidade gerada pela lesão cariosa.
  • Infecção pulpar – esse é a última etapa da doença, atingindo a polpa do dente, o que torna-se bastante perigoso. Podendo levar a tratamento endodôntico , ou seja, de canal.

Tratamentos de cárie

A intervenção do dentista estará de acordo com o estágio da doença. Se ela tiver iniciando cavidades, será preciso obturar o dente, que é a limpagem da cavidade e a vedação com material restaurador.

Mas se o problema estiver na última fase, o especialista recomendará o tratamento de canal, buscando preservar a estrutura dentária, a fim de mantê-la em função.

Em crianças pequenas que sofrem recorrentemente com o processo carioso, é possível intervir com tratamentos preventivos (tal como, educação bucal) e métodos restauradores para poder aumentar a sobrevida do dente decíduo.

Prevenção da cárie

Existe uma maneira muito simples e fácil de evitar a cárie: a higienização bucal.

Escovar os dentes após as refeições, antes de dormir e ao acordar fará com que a biofilme dentário não se acumule. Por essa razão, inibe seus riscos de desenvolvimento.

O uso do fio dental é primordial, já que ele alcança os locais mais difíceis.

Tenha uma alimentação saudável. Alimentos com alto teor de amido e açúcar são fontes de alimentos das bactérias relacionadas a doença.

O paciente que estiver suscetível ao aparecimento é preciso ter uma periodicidade maior no dentista e realizar tratamentos preventivos.

Em resumo, quando o dentista está por dentro da cariologia, as chances de proporcionar um tratamento efetivo aumentam. Além isso, é importante que ele transmita seus conhecimentos para o paciente, servindo de profilaxia.

Rodrigo Venticinque

Rodrigo Venticinque

Graduado pela Universidade de Santo Amaro (UNISA) e especialista em Prótese e Reabilitação Oral Integrativa, Biofísica Quântica, Biorressonância Aplicada e Ortomolecular. Pós-graduado em Estética Dental e Reabilitação Oral, com certificação em Remoção Segura da Amálgama e Odontologia Biológica pela Academia Internacional de Medicina Oral e Toxicologia. Professor da pós-graduação em Biofísica e Ortobiomolecular da QuantumBio. Também atua nas áreas de Ozonioterapia, Odontologia Sistêmica, Sedação Consciente com Óxido Nitroso e Hipnose. Diretor da clínica Venticinque Odontologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.