Setembro amarelo: qual o papel do dentista na campanha?

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Setembro Amarelo: o que é, qual é a finalidade e qual o papel do profissional da área da odontologia na campanha?

Quando falamos em Setembro Amarelo, qual é o primeiro pensamento que surge em sua mente? Você acha que existe alguma ligação entre odontologia e a campanha?

Durante todo o mês da campanha do Setembro Amarelo, o Conselho Federal de Odontologia apoia a iniciativa junto com os Conselhos Regionais. E você, dentista, também pode se envolver!

Setembro Amarelo é uma campanha brasileira iniciada no ano de 2015 que tem como foco a prevenção ao suicídio e cuidado com a saúde mental.

Segundo pesquisa da Organização Mundial da Saúde, a cada 45 minutos uma pessoa morre no Brasil, vitima de suicídio.

No mundo inteiro, esse dado ainda é mais alarmante: ainda segundo a OMS, um suicídio é cometido a cada 40 segundos, enquanto a cada três segundos há uma tentativa frustrada de tirar a própria vida.

Segundo essas informações, estima-se que por ano sejam cometidos cerca de 800 mil suicídios no mundo inteiro, sendo a segunda maior causa de morte entre jovens de 15 e 29 anos.

Mas desse valor total, cerca de 80% dos casos são em países de baixa e média renda, onde se configuram os suicídios no Brasil.

De tal maneira, é de suma importância ter uma campanha de prevenção do suicídio para diminuir os números. Sendo assim, que tal falarmos sobre esse tema tão importante e que pode contar com a ajuda de dentistas?

O Que é a Campanha Setembro Amarelo?

Como citado anteriormente, a campanha Setembro Amarelo, ou Campanha Nacional de Prevenção do Suicídio, foi criada no território brasileiro ano de 2015.

A campanha foi idealizada pelo Centro de Valorização da Vida (CVV) do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

O mês escolhido foi setembro tendo em vista que o dia 10 é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio.

De tal maneira, a ideia é que por meio de eventos, sejam abertos espaços de conversa, principalmente sobre o suicídio, e para ressaltar a importância que a discussão do tema possuí.

Durante o mês é normal que locais públicos sejam iluminados com a cor amarela, como por exemplo o Cristo Redentor e o Congresso Nacional.

E dentro desse cenário, a depressão é um dos principais motivos que fazem com que as pessoas no mundo tenham tendências suicidas.

E juntamente a ela se encontram:

Portanto, existe uma série de diferenças no comportamento que podem indiciar potenciais suicidas.

E caso consiga notar essas mudanças comportamentais, converse com a pessoa que está passando por essa situação e procure ajudá-la.

É Possível Elencar Quais Profissões Possuem o Maior Índice de Suicídio?

Apesar de não existirem explicações para esse fato, segundo a OMS existem algumas profissões as quais o número de suicídio é maior. Elas são:

  • Veterinários;
  • Farmacêuticos;
  • Dentistas;
  • Médicos;
  • Fazendeiros.

Desse modo, o denominador comum nessas profissões são: acesso à instrumentos letais, pressões psicológicas no trabalho, possibilidade de isolamento social e em alguns casos até dificuldades financeiras.

Somados, esses fatores podem ser possíveis causas para a retirada da vida.

Existem Formas Gratuitas de Procurar Ajuda?

O próprio CVV, que é uma das organizações não governamentais mais antigas do país, é um canal aberto para quem busca ajuda quando falamos em suicídio.

Pode ser discado gratuitamente o número 188 para falar na ONG, ou 141 nos estados Bahia, Maranhão, Pará e Paraná.

Além disso, o Centro de Valorização da Vida também atende pessoalmente, também pelo e-mail setembroamarelo@cvv.org.br ou então pelo chat que pode ser encontrado no site da ONG.

Todavia, o seu funcionamento não está limitando apenas ao mês de setembro.

Durante o ano inteiro, 24 horas por dia, cerca de 3 mil voluntários estão à postos para conversar com quem os buscar.

Prevenção ao Suicídio

Segundo outros dados da OMS, nove a cada dez mortes causadas por suicídio podem ser impedidas.

Com base nisso, pode-se confirmar que por meio da ajuda e da atenção certa esses quadros podem se tornar menos frequentes. E como fazer isso? Bem, começa com um ponto muito importante: educação!

Existe um tabu muito grande quanto ao suicídio, e por isso, o assunto é pouco conversado. O que não ajuda a evitar que aconteça.

Sendo assim, é necessário falar sobre, compartilhar informações, esclarecer dúvidas, criar a consciência coletiva sobre o tema, dispor de espaços próprios para a discussão e fomentar discussões.

No Brasil, são cerca de 32 suicídios por dia, e aproximadamente 12 mil por ano.

E mesmo que seja algo um tanto quanto enigmático, é preciso lembrar que na verdade é a saída que a pessoa vê para se livrar de eventuais dores e sofrimentos tão fortes que parecem ser insuportáveis.

Sendo assim é preciso reconhecer quaisquer sinais que alertem uma possível necessidade de ajuda.

Dentre elas, podemos elencar:

  • Isolamento;
  • Mudanças drásticas de hábitos;
  • Falta de interesse para fazer atividades que a pessoa sempre gostou;
  • Falta de cuidado ou descuido com a aparência;
  • Desempenho pior, seja no estudo ou no trabalho;
  • Alterações de sono;
  • Falta ou excesso de apetite;
  • Frases que remetam à morte ou então ao desaparecimento.

De tal maneira, esses são os principais pontos que devem ser notados no comportamento que e podem eventualmente criar um alerta sobre a situação na qual a pessoa está.

Também pode ser encontrado no site setembroamarelo.com uma cartilha sobre o comportamento suicida, que ajuda a entender e evitar que o suicídio aconteça.

O Dentista Pode Estimular a Campanha? Qual o Seu Papel?

Como citado anteriormente, o papel da odontologia é de fortalecer a campanha do mês amarelo por meio do CFO, em parceria com os Conselhos Regionais.

A ideia dessa colaboração entre ambos no mês de setembro é justamente o de relembrar o papel de cirurgiões-dentistas e demais profissionais da área da saúde.

Sendo assim, o objetivo é ter um impacto social a ponto de conscientizar e ampliar o diálogo sobre o tema de forma a reduzir o número de casos no país.

O papel do dentista no mês de valorização da vida, entretanto, é justamente o de notar sintomas físicos ou comportamentais dos pacientes e, então, orientá-los a procurar uma ajuda especializada.

Mas a pergunta que surge agora é: como o dentista pode notar fisicamente?

Para responder isso, é necessário explicar que, apesar de ser pouco falado, transtornos mentais como depressão, doença com maior indício de casos de suicídio (cerca de 96%), pode causar a mobilidade dentária.

Todavia, esse problema dental é causado por alterações nos vasos sanguíneos principalmente do suporte dos dentes. Essa doença causa retração gengival e até a possível perda de dentes.

Além disso, pacientes que possuem depressão crônica possuem uma maior probabilidade de desenvolver bruxismo, que causa dor e desgaste dental.

De tal forma, o profissional da odontologia também tem um papel de grande importância para detectar possíveis doenças que podem fazer com que o paciente venha a tirar a própria vida.

Tendo em vista que até o ano de 2020 a estimativa é de que casos de suicídio cresçam em 50%, é de suma importância ter campanhas como o Setembro Amarelo.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Compartilhe sua opinião

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!