Drogas causam impactos negativos na saúde bucal

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira como as drogas podem afetar a sua saúde bucal

Já sabemos que as drogas trazem prejuízos para o nosso organismo. Agora, você sabia que elas também podem prejudicar a nossa saúde bucal? Pois é, por isso é importante ficar atento ao consumo frequente delas.

Com o uso frequente de drogas, o nosso corpo fica mais fraco. Isso porque a nossa imunidade baixa e a nossa boca fica mais suscetível à alterações.

As drogas podem ser lícitas e ilícitas. Elas são substâncias que provocam mudanças tanto físicas como psíquicas no nosso organismo.

Tipos de drogas

Algumas das substâncias mais consumidas são:

  • Tabaco;
  • Álcool;
  • Substâncias alucinógenas; e
  • Medicamentos.

Problemas bucais

Os problemas bucais manifestados por pessoas que consomem as substâncias ilícitas e lícitas de forma frequente são:

  • Cárie: é uma lesão estrutural causada pela bactéria no dente. Ela perfura o esmalte do dente e placas duras e com coloração escura. Caso não tratada, pode causar o abcesso.
    A) Sintomas: dor no dente, sensibilidade dentária na hora de comer ou beber e dor ao morder, colorações mais escuras e aparentes pequenos buracos nos dentes.
    B) Tratamento: o procedimento ideal é remover a bactéria bucal por meio da obturação.
  • Placa Bacteriana: película grudenta e incolor formada por bactérias.
    A) Sintomas: sensação de dente sujo e mudança na cor dos dentes.
    B) Tratamento: cuidar da saúde bucal, ou seja, seguir as recomendações do dentista de confiança para a higiene oral.
  • Tártaro: forma endurecida de uma placa bacteriana que se acumula nos dentes.
    A) Sintomas: dentes com coloração amarelada ou amarronzada. Em casos mais extremos, causa dor, inchaço e sangramento.
    B) Tratamento: raspagem de tártaro, também chamada de limpeza.
  • Doenças periodontais: elas têm três estágios- gengivite, periodontite e periodontite avançada. Representam alterações negativas na gengiva e nos ossos periodontais.
    A) Sintomas: gengiva inchada e sangrando, sensibilidade na gengiva e nos dentes e gengiva retraída.
    B) Tratamento: limpeza, aplicação de derivados de matriz do esmalte dental, regeneração tecidual e raspagem e alisamento radicular.
  • Mau hálito: cheiro desagradável que sai da boca.
    A) Sintomas: odor ruim.
    B) Tratamento: evitar jejum, beber água, cuidar da higiene bucal e evitar alguns alimentos.
  • Boca seca: também conhecida como xerostomia.
    A) Sintomas: lábio rachado e feridas.
    B) Tratamento: usar saliva artificial e beber água.
  • Desgaste do esmalte dentário: desmineralização da camada mais dura do dente.
    A) Sintomas: manchas amarelas e dentes fracos.
    B) Tratamento: remineralização do dente.

Como buscar ajuda?

O uso de drogas altera a saúde bucal. Por isso o tema drogas e saúde bucal deve ser debatido. Inclusive, ele deve ser debatido dentro do consultório odontológico.

O cirurgião-dentista é um profissional de confiança. Quando ele percebe que o paciente faz o abuso de drogas, o profissional pode intervir e questionar o paciente.

Isso porque o dentista pode propor a busca por um tratamento especializado. Assim, o paciente pode ter contato com médicos, psicólogos, psiquiatras e clínicas de reabilitação.

Além disso, é importante que você seja honesto com o seu dentista. Como vimos, existem os impactos das drogas na saúde bucal.

Então, mesmo que o dentista esteja treinado para avaliar se o paciente usa drogas, você deve ser honesto. Isso porque procedimentos odontológicos podem ter resultados diferentes dos esperados normalmente.

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.