Macroglossia, os impactos na saúde bucal e tratamentos

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

O distúrbio pode afetar o desenvolvimento do rosto, além da respiração e da fala

Você já percebeu que a boca é uma região extremamente delicada? Qualquer alteração na língua, por exemplo, pode causar problemas na estrutura do rosto ou na fala. A macroglossia é um exemplo disso.

Nesse artigo vamos conversar mais sobre a macroglossia – o que é, suas causas e tratamento. Confira!

A macroglossia é o nome dado ao crescimento anormal da língua, que pode ou não ser um fator genético. O órgão acaba se projetando além da cavidade oral, não permitindo que a boca se feche.

Isso prejudica todas as funções que envolvem, direta ou indiretamente, a boca como o desenvolvimento dos ossos da face, respiração, fala, mastigação e sucção.

Causas da macroglossia

O crescimento anormal da língua tem dois fatores de causa: os genes ou outras doenças. Quando o problema é causado por um erro genético, o diagnóstico é feito logo após o parto.

A macroglossia também aparece em crianças que nascem com Síndrome de Down e algumas doenças mentais.

Há outras doenças que podem causar a macroglossia de forma transitória ou permanente, como é o caso dos tumores, distúrbios metabólicos, desordens hormonais e processos inflamatórios crônicos.

Como a macroglossia afeta o paciente

Nós já conversamos sobre como o posicionamento errado da língua pode causar má oclusão. Isso já seria motivo o suficiente para a língua grande ser um problema. No entanto, as consequências não param por aí.

A macroglossia prejudica o aleitamento materno e a formação dos ossos da face. Como acontece com recém-nascidos, ela impacta diretamente o desenvolvimento da criança.

A respiração é outro fator importante, já que a língua grande leva a criança a respirar pela boca – o que afeta diretamente na saúde bucal e na qualidade de vida.

Se já não fosse suficiente, a macroglossia também dificulta a sucção e deglutição.

Motivo pelo qual o aleitamento materno, ou o consumo de alimentos no geral, se torna um problema para essas crianças. A longo prazo, o crescimento anormal da língua também leva a problemas na fala.

Como tratar a macroglossia

O tratamento da macroglossia depende da sua causa e intensidade, que pode ou não ser corrigida por cirurgia. O tratamento mais comum nas crianças é a glossectomia parcial, uma cirurgia que retira parte da língua.

Quando o caso envolve tumores, o mais indicado é sua remoção. Na hipertrofia associada as outras diversas doenças causadoras, a cirurgia é discutida e pode ou não ser aplicada em cada caso.

O acompanhamento fonoaudiológico precoce oferece inquestionáveis resultados positivos na inteligibilidade e qualidade da fala. Não importa qual a intensidade dessa doença o fonoaudiólogo é o profissional que fará a maior diferença e impacto no tratamento.

O cirurgião-dentista pode ser necessário para corrigir a posição dos dentes ou aplicar um aparelho para reposicionar a língua, em casos mais leves. A grade lingual é um bom exemplo de tratamento odontológico para língua grande.

E a “língua gorda”?

Muitos pacientes também apresentam o que é popularmente chamado de língua gorda. Ela ocorre quando a língua ultrapassa a barreira dos dentes laterais, impedindo seu fechamento completo ou então os empurrando.

Esse quadro pode ser encaixado como macroglossia na maioria dos casos. Você deve procurar um dentista e um fonoaudiólogo para tratamento!

Yara Barreto

Yara Barreto

Formada em Odontologia pela Universidade de São Paulo (2008). Aluna de iniciação científica Pibic/Unicid da Universidade de São Paulo. Em 2009, concluiu estágio clínico em Ortodontia no Instituto Vellini, e em 2010, curso de planejamento Ortodôntico na Universidade Metodista. Concluiu em 2014 sua especialização em ortodontia e atua com ortodontia digital. Dentista na Odontoclinic e responsável técnica da OdontoImage.

One Reply to “Macroglossia, os impactos na saúde bucal e tratamentos”

  1. Prezados tenho ceceio lateral em virtude de possuir a minha língua maior do que minha arcada dentária. Cirurgia seria uma opção para mim, considerando que os tratamentos fonoaudiólogos não foram exitosos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.