Sialorreia causa anormalidades bucais e deve ser tratada

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

A doença é bastante recorrente e deve ser tratada o quanto antes

A saliva é um líquido essencial para o bom funcionamento de todo o nosso organismo. Ela participa da mastigação e digestão dos alimentos e previne a boca contra os mais diversos tipos de bactéria. O problema acontece quando ela começa a ser produzida em excesso, o que pode ser um sinal de sialorreia.

Apesar do nome complicado, a anormalidade é bem mais comum do que muitos imaginam. A sialorreia normalmente é um indício ou sintoma de que existe algo de errado em relação a nossa deglutição.

Sialorreia, também conhecida como ptialismo ou polissialia, é o aumento anormal da secreção salivar de uma pessoa.

Causas para Sialorreia

O principal fator causador da salivação excessiva é a falta de controle nos músculos faciais, da boca, garganta e língua.

Além disso, a disfunção pode ser desencadeada por alguns problemas neurológicos, como um AVC, paralisia cerebral, Parkinson, entre outros.

Assim, é possível dizer que na grande maioria dos casos a sialorreia é sintoma de alguma disfunção bastante grave.

Independentemente de sua causa, a doença promove grande constrangimento e influencia diretamente na autoestima dos afetados, uma vez que estes não possuem controle sobre sua salivação.

Tipos de Sialorreia

A sialorreia pode ser primária, como resultado de hipersecreção das glândulas salivares. Contudo, esta ocorrência é bastante rara.

O mais comum é que ela seja secundária, estando relacionada a falha neurogênica na coordenação dos músculos da língua, palato e face que atuam na fase oral da deglutição, com a perda do controle da saliva na cavidade oral.

Ainda existe um terceiro caso, chamado de sialorreia emocional. Normalmente ela surge em momentos de muito estresse ou ansiedade.

A anomalia ainda pode ser classificada quanto a sua posição. A sialorreia anterior leva a eliminação de saliva pela cavidade oral.

Enquanto isso, a sialorreia posterior pode fazer com que o líquido salivar invada as vias aéreas. Dessa forma, aumentam os riscos do paciente contrair uma pneumonia aspirativa.

Tratamento e Prevenção

Obviamente a saliva em excesso é um tremendo desconforto, e para acabar com ele é necessário buscar o tratamento adequado.

O tratamento menos invasivo e mais eficaz é a aplicação de uma toxina botulínica nas glândulas salivares.

Entretanto, quando a técnica não funciona, uma fonoterapia com técnicas de terapia motora-oral pode ser mais adequado.

Medicamentos como drogas anticolinérgicas são eficazes, mas os seus efeitos colaterais limitam a sua utilização. Agentes tópicos também são extremamente eficientes, porém os efeitos são de curtíssima duração.

Ainda para evitar procedimentos mais invasivos, o profissional pode realizar a aplicação de Botox diretamente nas glândulas salivares.

Infelizmente, ainda não existe uma maneira exata de prevenir a sialorreia. Entretanto, controles rigorosos com exames e avaliações clínicas periódicas podem ajudar.

Dessa maneira, é possível que o profissional observe se há um aumento anormal da salivação, decidindo qual é o melhor momento para a realização de alguma intervenção.

O intervalo recomendado para a aplicação da toxina botulínica é de 2 a 4 meses. Dessa forma é possível obter um certo controle sobre a sialorreia.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.