Tudo sobre a língua: suas funções e doenças comuns

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

O órgão é essencial para diversas funções básicas do dia a dia

Quantas vezes você usou sua língua hoje? Você sequer notou que estava usando ela até agora?

Pois é, a língua é tão usada no nosso dia a dia que nós sequer reparamos nela – até que algo aconteça, como ela mudar de cor. Por isso, escrevemos esse artigo para conversarmos mais sobre esse órgão tão importante. Confira!

A língua é um órgão formado por músculos e revestido por mucosa. Tem uma cor rosa-avermelhada e fica localizada dentro da boca e na faringe. Suas funções são diversas e sua influência na estrutura da boca é bem maior do que a gente imagina.

Do que é feita a língua?

Seu tamanho varia de 10 centímetros para menos. Nós podemos dividi-la em duas partes: a que fica na boca e a que fica na faringe. São mais de dez músculos trabalhando para dar sustentação, flexibilidade e força.

Como já dissemos, ela é revestida de mucosa. É nesse revestimento que encontramos, por exemplo, as papilas gustativas, responsáveis por sentir o sabor dos alimentos. Aliás, a sensibilidade é um dos fatores mais incríveis desse órgão.

Na parte inferior, também encontramos os ductos excretores das glândulas sublinguais. E é em toda essa estrutura que a saliva é produzida. Mais uma função do órgão!

Em que processos ela se envolve?

A língua é uma das responsáveis pela fala. Sem ela, nós não conseguimos transmitir os sons perfeitamente, muito menos elaborar as palavras. Repare no quanto ela se movimenta ao falar palavras comuns como: bom dia, boa tarde e boa noite.

Ela, claro, também tem sua função no paladar e deglutição. Além de produzir a saliva, fator essencial para a digestão, e nos proporcionar sabores, pelo paladar, a língua também movimenta a comida na boca. É ela quem leva o alimento de um lado para o outro, auxiliando a mastigação correta.

A saliva produzida também não se limita a digestão de alimentos. Esse líquido precisa estar o tempo todo presente na boca para umidificar o local – você já deve ter sentido a boca seca, a sensação é horrível, certo? É difícil até mesmo para falar e respirar!

Existem doenças na língua?

Como todas as partes da boca, o órgão também tem problemas! Uma língua doente, no entanto, é fácil de ser identificada. O motivo é simples: quando ela está machucada ou adoecida, suas cores, texturas ou forma mudam.

É importante ressaltar que alguns distúrbios da língua sequer chegam a ser considerados doenças. O motivo é que não possuem efeitos danosos ao corpo.

Língua Pilosa (ou Preta): é o resultado de um crescimento exagerado das papilas com acúmulo de bactérias. As papilas grandes se assemelham a pelos e a cor preta é efeito das bactérias. Não é considerada uma doença maligna e possui tratamento.

Língua geográfica: é uma alteração que forma manchas vermelhas na superfície superior do órgão com bordas brancas. Essas manchas, na verdade, são locais com ausência de papilas gustativas. Não é considerada uma doença e, na maioria das vezes, sequer necessita de tratamento.

Língua Branca: é um indício de que algo não está correto. Além da saburra lingual, ela pode ser também uma deficiência de ferro e de vitamina B7 ou uma candidíase oral. No entanto, elas manifestam-se de maneiras diferentes.

Língua Fissurada: se caracteriza pela presença de sulcos e rachaduras no órgão, que medem entre 2 e 6 milímetros. Não é considerada uma patologia, sendo frequente em pessoas saudáveis, porém também pode estar relacionada a algumas doenças e síndromes.

Língua Presaocorre porque a membrana que fica embaixo do órgão, popularmente denominada “freio”, é menor que o normal, fazendo com que a pessoa tenha uma limitação dos movimentos, não deixando que ela se mova livremente.

Como higienizar?

A língua deve ser higienizada em toda a escovação. Você deve escova-la, seja com a escova de dentes ou com a escova própria.

Sem higienização, ela é berço para bactérias, vírus e mau hálito. Não deixe o cuidado da sua língua para depois!

Yara Barreto

Yara Barreto

Formada em Odontologia pela Universidade de São Paulo (2008). Aluna de iniciação científica Pibic/Unicid da Universidade de São Paulo. Em 2009, concluiu estágio clínico em Ortodontia no Instituto Vellini, e em 2010, curso de planejamento Ortodôntico na Universidade Metodista. Concluiu em 2014 sua especialização em ortodontia e atua com ortodontia digital. Dentista na Odontoclinic e responsável técnica da OdontoImage.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!