Língua pilosa? Entenda o que é a famosa língua preta

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

As imagens fortes assustam os pacientes que temem a língua preta pilosa

Nossa língua tem um aspecto rosado quando está saudável. Por isso, você com certeza já se assustou com fotos de língua com colorações diferentes pela internet. Quando está preta, por exemplo, chamamos de língua pilosa.

Essa alteração na língua pode acontecer com qualquer um. Dessa forma é importante ficar ligado na sua saúde e ir ao dentista caso perceba sinais da língua pilosa.

Língua pilosa é o resultado de um crescimento exagerado das papilas com acúmulo de bactérias. As papilas grandes se assemelham a pelos, e a cor preta é o efeito das bactérias.

Outros nomes para a língua pilosa são: lingua villosa nigra, língua saburrosa, língua preta pilosa, ou até língua pilosa branca (quando a cor fica esbranquiçada).

  1. O Que Causa a Língua Pilosa?
  2. Fatores de Risco Para o Desenvolvimento da Língua Pilosa
  3. Língua Pilosa Apresenta Sintomas?
  4. Diagnóstico da Alteração na Língua
  5. Língua Pilosa Tem Tratamento?
  6. Prevenção é Importante!
  7. Cores Indicam Saúde da Língua
  8. Outras Doenças que Afetam a Língua

O Que Causa a Língua Pilosa?

Não há uma causa definida para esse distúrbio. As papilas crescem ao longo dos anos, o que pode fazer com que elas tenham o aspecto de pelo. Mas não foi identificada a razão que as faz crescer além do normal.

No entanto, alguns fatores são fortes indicadores para esse cenário. As possíveis causas são:

  • Uso de cigarros;
  • Excesso de café;
  • Diminuição da saliva;
  • Radioterapia;
  • Excesso de antisséptico bucal;
  • Alguns medicamentos e antibióticos; e
  • Hábito de respirar pela boca.

Claro, o principal fator é a má higienização bucal. Como o problema também é causado por bactérias, uma boa higienização poderia evitar a língua negra.

Fatores de Risco Para o Desenvolvimento da Língua Pilosa

Língua negra pilosa aparece em decorrência de fatores de risco

Nós acabamos de mostrar as principais causas para o aparecimento da língua pilosa. Agora vamos apresentar sobre os fatores de risco para a manifestação dessa alteração na língua.

Todos os fatores de risco estão ligados ao acúmulo de queratina. Por isso, os principais fatores são:

  • Tabagismo;
  • Má higienização bucal;
  • Uso inadequado de enxaguante bucal oxidante; e
  • Consumo exagerado de chás e cafés.

Língua Pilosa Apresenta Sintomas?

Língua preta apresenta sinais que ajudam no diagnóstico da alteração

Sim! Há sinais que podem te ajudar a identificar o problema ainda no início. Os principais sintomas da língua negra pilosa são:

  • Sensação aveludada na língua;
  • Mudança de paladar;
  • Halitose (o famoso mau hálito); e
  • Náuseas ou dificuldade para engolir.

Se sentiu um ou mais desses sintomas, procure seu dentista. Você pode evitar que o problema se desenvolva e avance pela língua.

Outro sintoma é o próprio aparecimento da língua negra. Você pode notar um ponto ou pequena mancha no dorso da língua. Procure um dentista o mais rápido possível!

Diagnóstico da Alteração na Língua

Língua pilosa negra é diagnosticada com exame clínico e complementar

O diagnóstico odontológico é baseado no exame clínico e, em alguns casos, na biópsia. Vamos conhecer um pouco mais sobre cada exame necessário.

Importante: o diagnóstico é crucial. Isso porque a língua pilosa pode ser confundida com a leucoplasia pilosa oral, causada pelo vírus Epstein-barr. Isso acontece por essas alterações terem características clínicas parecidas.

Exame Clínico

O exame clínico é o primeiro a ser feito pelo profissional da odontologia. Nesta primeira etapa, o dentista fará a anamnese e o exame físico.

Anamnese

Durante a anamnese, o cirurgião-dentista fará uma série de perguntas sobre os sintomas que o paciente manifesta. Além disso, o profissional analisa todo o histórico odontológico do paciente.

Algumas das perguntas que podem ser feitas durante a consulta odontológica são:

  1. Há quanto tempo você notou a coloração da sua língua mudar?
  2. Você notou outros sintomas?
  3. Você tem o costume de fumar?
  4. Como é feita a sua higienização bucal?
  5. Você toma algum tipo de medicamento?
Exame Físico

Terminada a anamnese, o profissional começa a fazer o exame físico. Nesta etapa, o dentista analisa e inspeciona toda a região anatômica presente na cavidade bucal do paciente.

Ele dará uma atenção especial para a língua. Com isso, o profissional pode examinar e avaliar toda a área que apresenta mudanças na aparência na língua.

Importante: para conseguir fazer a avaliação da cavidade bucal, o profissional vai utilizar as manobras de semiotécnica. As principais técnicas que são realizadas durante o exame físico são:

  1. Inspeção: é com o auxílio dos espelhos de dentistas, por exemplo, que o dentista consegue ver detalhes dos elementos da boca, como a língua, a olho nu;
  2. Palpação: por meio do tato, o dentista analisa a textura, consistência e elasticidade dos elementos bucais;
  3. Percussão: a partir de pequenas e leves batidas com os dedos no interior da cavidade bucal que o profissional consegue identificar as vibrações que estão alteradas;
  4. Auscultação: o profissional segue a mesma linha da percussão, mas aqui tem a adição do uso de aparelhos odontológicos; e
  5. Olfação: por meio do olfato, o cirurgião-dentista consegue identificar os cheiros estranhos vindos da cavidade bucal.

Língua Pilosa Tem Tratamento?

Tratamento da lingua villosa nigra é indicado por profissional

Para a sorte dos pacientes, há tratamento. E ele é mais simples do que você imagina! Apesar de sua aparência, a língua negra não é considerada grave pelos dentistas.

O processo pode ser revertido se o paciente tomar medidas simples, como manter uma boa higiene bucal.

Outro fator importante é cortar todas as possíveis causas da doença. Junto com seu dentista você irá analisar quais fatores podem estar alimentando o problema.

Sua língua pode voltar ao funcionamento normal após o tratamento correto e acompanhado pelo cirurgião-dentista.

É importante que você não demore para procurar ajuda. Quanto maior a mancha da língua preta, mais tempo demora para reverter o quadro.

Mesmo sendo temporário e reversível, a língua pilosa envolve acúmulo de bactérias que podem levar a outros problemas bucais. Não deixe de consultar um especialista!

Prevenção é Importante!

Higienização é essencial para evitar alterações nessa região

É importante escovar os dentes 30 minutos depois das refeições. Além disso, você deve realizar a escovação antes de ir dormir. Uma dica é fazer movimentos suaves e circulares com a escova em torno de todos os dentes.

Os profissionais recomendam o uso do fio dental pelo menos uma vez.

Por isso, lembre-se de colocar esse passo na rotina de limpeza bucal! Não é necessário passar o fio de forma bruta, mas é preciso fazer a limpeza toda a área ao redor dos dentes, bem como perto da gengiva.

Para completar a limpeza bucal diária, o seu dentista também pode indicar algum enxaguante bucal.

Na hora da alimentação é preciso ter uma dieta regulada. Dessa forma, consuma alimentos com bastante vitaminas e nutrientes.

Ainda, não esqueça de se manter hidratado! Importante: evite fumar e consumir bebidas alcoólicas.

Como Limpar a Língua?

Cuidar da higienização da língua é essencial para se prevenir contra a língua negra pilosa. Por isso, trouxemos algumas indicações para você seguir de forma diária.

Você pode estar se perguntando: como posso limpar minha língua além da escovação? A resposta é simples: é possível realizar a limpeza do órgão com alguns instrumentos muito eficazes.

Um exemplo deles é o raspador de língua, que é uma ferramenta de higiene bucal.

A finalidade dele é remover aquela crosta branca, também conhecida como saburra lingual, que se forma na região quando a higienização não está adequada.

Curiosidade: a saburra lingual é uma secreção branca ou amarela que está localizada principalmente no dorso da língua, bem ao redor das papilas gustativas.

Como Usar o Raspador?

O uso do raspador de língua é muito prático! Basta você seguir algumas etapas bem simples:

  1. Esteja pronto para usar o raspador após a escovação. Dessa forma, logo após a escovação você garante uma limpeza total, já que nenhuma sujeira vai ficar acumulada na língua;
  2. Na hora de passar o instrumento você deve lembrar que fazer movimentos como se você estivesse varrendo a língua. Esse movimento deve ser realizado sempre de trás para frente, assim todas as sujeiras são retiradas; e
  3. Além disso, caso o seu dentista recomende, você também pode utilizar sprays específicos. Eles ajudam na hora da limpeza bucal. No entanto, os sprays só têm o resultado alcançado quando usados em conjunto com o raspador. Dessa forma, e eficiência dos instrumentos é totalmente garantida.

Agora, você sabia que existe uma outra ferramenta bem semelhante ao raspador? O nome dela é limpador de língua e os profissionais também recomendam o uso dela.

O uso do limpador de língua é feito exatamente da mesma forma que o raspador.

Por isso, pode seguir as mesmas etapas que você conseguirá o resultado positivo. A única diferença entre os dois instrumentos é que o limpador apresenta cerdas na ponta, enquanto o raspador não.

E, não esqueça: para ter certeza que a saúde da sua língua está boa, você deve ir até o dentista de confiança de 6 em 6 meses. Dessa forma, o profissional consegue acompanhar o seu quadro clínico.

Cores Indicam Saúde da Língua

cores da região podem indicar problemas na saúde

Como já vimos, a língua pilosa negra é caracterizada pela coloração preta. Por isso, devemos prestar muita atenção na cor do nosso órgão.

Isso porque, como acontece na língua negra, as cores podem indicar o nosso estado de saúde.

Para você entender mais sobre esse assunto, fizemos uma lista com as principais colorações que mostram alterações na nossa saúde. Vamos conferir.

Amarela

A língua amarela representa alterações no nosso organismo.

Na maioria dos casos, essa coloração representa uma má higienização da cavidade bucal. Além disso, a coloração amarelada pode indicar o acúmulo de partículas mortas nas papilas gustativas mais desenvolvidas.

Isso porque essas partículas, junto com as bactérias, formam uma mancha amarela.

Curiosidade: pacientes que apresentam alongamento das papilas gustativas não correm nenhum risco. Casos assim são normais. No entanto, a atenção com a higiene deve ser dobrada para evitar a mancha amarela.

Nos casos mais extremos e graves, o amarelo na língua pode indicar alguns problemas no fígado ou na vesícula. Dessa forma, o paciente pode estar com algum quadro de icterícia, por exemplo.

Branca

A língua branca indica, na maioria dos casos, que o paciente está com acúmulo de placa bacteriana e líquen plano. E, isso significa que o paciente pode estar com candidíase oral, que é causado pelo fungo Candida Albicans.

Além disso, a coloração esbranquiçada representa uma deficiência de ferro e de vitamina B7. Dessa forma, a língua com o aspecto pálido pode ser um sinal de que você está com um quadro de anemia.

Vermelha

Como já vimos neste artigo, é normal que a língua tenha uma coloração rosa-avermelhada.

Ou seja, isso indica que a língua está saudável. No entanto, quando essa coloração fica muito intensa e chega a ser um vermelho muito forte, é bom prestar atenção!

A cor avermelhada muito intensa pode indicar infecções e inflamações pelo o seu corpo. E, na maioria dos casos, além da língua vermelha, pode haver outros sintomas. Os principais são:

  • Febre;
  • Dor muscular;
  • Tontura; e
  • Fadiga.

No entanto, o vermelho intenso também pode ser um indício da ausência de vitamina B12 no seu sistema. E, essa vitamina é essencial para a saúde das papilas gustativas.

Roxa

Na maioria dos quadros clínicos, a língua com cor roxa representa um trauma sofrido na região lingual. Dessa forma, a circulação de sangue na língua fica alterada e cria o aspecto da língua roxa.

Mas, o que pode ser esse trauma. Bom, é muito comum quando estamos comendo, por exemplo, a gente morder a língua muito forte. Essa mordida pode ser a causa para a língua roxeada.

Além da hora de mastigar, quando estamos falando também podemos sem querer morder a língua. E, por último, alguma pancada na região da boca pode ser a causa para a língua com aspecto roxo.

Preta

A língua preta, que como já vimos, também é conhecida como língua pilosa, é o ponto principal deste artigo. Por isso, vamos retomar informações importantes sobre ela!

  1. O que é a língua pilosa?
    A língua preta, ou língua pilosa, é o resultado de um crescimento exagerado das papilas com acúmulo de bactérias. As papilas grandes se assemelham a pelos na língua ou até cabelos na língua, e a cor preta é efeito das bactérias.
  2. Quais são as causas?
    As principais causas são: tabagismo exagerado, desidratação, consumo frequente de cafés e chás, má higienização bucal e consumo de alguns medicamentos.
  3. Como é feito o tratamento?
    O tratamento é realizado eliminando o fator que causou a alteração. Além disso, os profissionais indicam atenção especial com a higienização oral. Mas, é preciso lembrar de sempre consultar o seu cirurgião-dentista. Isso porque ele fará o diagnóstico e indicar os melhores tratamentos.

Outras Doenças que Afetam a Língua

outras doenças que afetam a região

A língua pilosa é apenas um dos muitos problemas ou doenças da língua. Para você conhecer mais sobre eles e ficar ligado sobre como notar a saúde da sua língua, fizemos uma lista. Vamos conferir mais!

Língua Queimada

A língua queimada é o resultado de hábitos inadequados.

Nós já vimos que a língua saúde tem um tom rosado e tem a superfície lisa. No entanto, quando a queimamos, ela  fica com uma coloração vermelha intensa e pode chegar até manifestar pequenas bolhas.

Os pacientes podem ter queimaduras de diferentes graus. Elas podem ser identificadas como queimaduras de primeiro, segundo ou terceiro grau. Os principais sintomas de queimação na língua são:

  • Dores;
  • Inchaço;
  • Vermelhidão;
  • Ardência;
  • Bolhas.
  • Lesão com coloração branca; e
  • Lesão com coloração preta.

A melhor forma para aliviar a queimação na língua é simples: o paciente deve consumir bastante água. Dessa forma, o líquido consegue ajudar a equilibrar o pH da boca.

Assim, a sensação de queimação na língua passa mais rápido, já que os níveis de acidez diminuem.

É preciso lembrar que quando a língua estiver queimada, a região vai estar bastante sensível. Por isso, você deve evitar o consumo de alimentos muito duros. Além disso, é bom evitar comidas muito picantes, já que elas podem queimar ainda mais a língua.

Como alternativa, você pode optar por refeições mais pastosas ou líquidas. Assim, você pode consumir: geleias e sopas, por exemplo.

Além disso, você deve evitar consumir bebidas muito quentes, como chás e cafés. E, evitar o consumo de bebidas muito geladas também, como milkshakes e bebidas que ficaram muito tempo na geladeira.

Isso porque as bebidas com temperaturas muito extremas podem prolongar o processo de cicatrização. Dessa fora, a língua demora mais para se recuperar e se curar.

Língua Geográfica

A língua geográfica é uma alteração marcada pela formação de manchas vermelhas na superfície superior da língua. Ao redor delas é possível notar bordas brancas.

As manchas, na verdade, indicam as regiões nas quais não há presença das papilas gustativas.

Esse tipo de alteração não é considerado uma doença, dessa forma, podemos caracterizá-la como uma das condições benignas da língua.

Dessa forma, na maioria dos casos os profissionais não precisam indicar nenhum tipo de tratamento.

Os sintomas não são muito extensos, sendo a aparência da língua suficiente para o profissional confirmar o diagnóstico. Por isso, os sinais que o profissional confere são:

  • Áreas vermelhas, na maior parte das vezes circulares;
  • Ao redor são notadas bordas brancas e irregulares; e
  • Sensibilidade nessas áreas.

Importante: essa alteração raramente vai dificultar a função mastigatória e a função fonética.

No entanto, em alguns quadros clínicos mais raros, o paciente pode sentir dor após consumir alimentos que são ácidos ou condimentados. Nesses casos, o paciente deve procurar o dentista para a indicação de um tratamento.

Os profissionais podem indicar os seguintes tipos de tratamentos:

  • Uso de medicamentos, como os analgésicos e anti-inflamatórios: esses fármacos ajudam com o alívio da dor que pode se manifestar após a alimentação;
  • Enxaguante bucal e pomadas anestésicas: podem ser indicados como métodos práticos e rápidos para aliviar a dor; e
  • Remédios corticoides: os profissionais apenas os indicam em último caso, já que são têm uma reação mais forte no organismo. Por isso, eles apenas são recomendados quando outros medicamentos, como os analgésicos e anti-inflamatórios, não têm os efeitos esperados.

Disgeusia

A disgeusia é a alteração do paladar. Os pacientes podem sentir os impactos no paladar de forma temporária ou definitiva. Os principais sintomas são:

  • Gosto metálico na boca;
  • Perda do paladar; e
  • Mudança dos sabores dos alimentos.

O tratamento dessa alteração vai depender de acordo com a causa. Por isso é importante ter o diagnóstico completo do profissional.

Língua Fissurada

A língua fissurada é uma alteração marcada pela presença de sulcos e rachaduras no órgão. Eles chegam a medir entre 2 e 6 milímetros.

A alteração é caracterizada pelo aparecimento de lesões em relevo na área da língua. Elas se manifestam, principalmente, nas laterais ou na parte de trás da língua.

É importante lembrar que essa alteração não é considerada uma patologia e pode estar presente em pessoas saudáveis. No entanto, é preciso ficar atento!

Isso porque o aparecimento da língua fissurada pode estar relacionado a algumas doenças e síndromes.

Algumas pessoas estão mais propensas à ocorrência da língua fissurada. Os fatores de risco que indicam isso são:

  • Língua geográfica;
  • Síndrome de Down;
  • Psoríase; e
  • Outras síndromes como a de Sjögren ou a de Melkersson-Rosentha.

Como já vimos, a língua rachada não é considerada uma patologia. Por isso, não há nenhum tratamento específico para esses casos.

No entanto, nos casos nos quais as rachaduras são provocadas pela ingestão de substâncias ácidas ou ainda pelo consumo de cigarros, os profissionais indicam uma mudança de hábitos.

Isso porque identificando a causa é possível acabar com a alteração.

Curiosidade: pacientes com língua fissurada não apresentam problemas graves de identificação de sabores, mesmo coma alteração na região das papilas gustativas.

Isso acontece porque a papila não é comprometida de forma séria.

Língua Presa

A língua presa é decorrente da membrana que fica embaixo do órgão, popularmente denominada “freio”, ser menor que o normal. Dessa forma, o paciente sofre com a limitação dos movimentos da língua.

A consequência é que ela não se mova de forma livre.

O problema, na maioria dos casos, é manifestado desde a infância. No entanto, ao passar dos anos as suas consequências passam a ficar cada vez mais sérias e graves. Os principais sintomas da língua presa são:

  • Problemas na hora de sugar o leite materno;
  • Espaço entre os dentes inferiores;
  • Problemas na fala, principalmente com alguns fonemas específicos;
  • Bebê não consegue levantar a língua quando chora; e
  • Se a pessoa tentar colocar a língua para fora, a ponta dela fica repuxada para dentro, parecendo um formato de coração.

Língua Ardente

A língua ardente também pode ser identificada como glossopirose, glossodinia ou síndrome do ardor bucal. Ela é caracterizada pela sensação de queimação em toda a boca, principalmente na língua.

Assim como a língua pilosa, a língua ardente é diagnosticada pelo profissional da odontologia. Além disso, o tratamento é planejado a partir da causa da alteração.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.