Dentes desalinhados podem provocar problemas orais

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Entenda como os dentes desalinhados podem atingir outras áreas do seu corpo e prejudicar a sua saúde

Dentes desalinhados são, certamente, prejudiciais a estética do sorriso. Porém, esse problema pode trazer consequências que vão além da nossa aparência.

Os dentes desalinhados podem ser apenas o início de questões, não apenas odontológicos, mas que envolvem a saúde de forma geral. Isso porque os nossos dentes e cavidade bucal estão ligados à outras partes do corpo, tornando-se um único sistema.

Dentes desalinhados são os dentes que estão posicionados de forma inadequada na cavidade bucal, muitas vezes tortos e angulosos, destacando-se e prejudicando a estética do nosso sorriso.

Quais São as Causas do Desalinhamento dos Dentes?

As causas para o desalinhamento dos dentes podem ser diversas. Partindo desde questões hereditárias até fatores externos. Confira quais são as principais causas:

  • Falta de espaço na arcada dentária;
  • Ausência de um ou mais dentes na arcada dentária;
  • Uso da chupeta após os três anos de idade;
  • Uso da mamadeira por tempo estendido;
  • Hábito de chupar o dedo durante a infância;
  • Traumas na arcada dentária;
  • Perda óssea dentária;
  • Dificuldades respiratórias e o consequente hábito de respirar pela boca;
  • Bruxismo (ranger ou apertar dos dentes durante o sono);
  • Problemas de oclusão dentária
  • Discrepância de tamanhão entre a maxila, mandíbula e a face.

Como os Dentes Desalinhados Podem Prejudicar a Saúde?

Chamado clinicamente de dente apinhado, como vimos, o desalinhamento dentário pode ser proveniente de diversas causas, além de se manifestar de diversos modos.

Assim, a depender da razão que envolve os dentes tortos, inúmeros problemas de saúde podem se desencadear. Veja quais são os principais:

  1.  Cáries e gengivites: devido a dificuldade de higienização por causa do mal posicionamento dos dentes, levando a um maior acúmulo de restos alimentares e, consequentemente, placa bacteriana;
  2. Dores na coluna: o desalinhamento dentário faz com que o posicionamento da cabeça mude, como forma de compensação, o que interfere na postura;
  3. Dores no rosto, cabeça e ouvido: o apinhamento dental consequente da má oclusão pode desencadear uma séria disfunção na articulação têmporo-mandibular (ATM). Por isso, dentes desalinhados causam dor de cabeça, enxaquecas, estalos e até dores no ouvido e rosto;
  4. Mau hálito e ronco: dentes desalinhados por conta de problemas respiratórios pode causar complicações, já que a respiração feita pela boca não é natural. Ela facilita a entrada de microrganismos que facilitam a contração de doenças e provoca o ronco e o mau hálito, consequente da falta de lubrificação na boca;
  5. Assimetria facial: dentes tortos também podem prejudicar a mastigação e o processo de digestão em si. Por causa disso, ao forçar um dos lados da arcada no momento da mastigação, a longo prazo, pode desencadear a assimetria facial.

Como Alinhar os Dentes?

Como vimos, o desalinhamento dos dentes pode ser mais preocupante do que parece. Portanto, se você sofre com esse tipo de problema, é hora de procurar um profissional.

Por sorte, a ortodontia tem se desenvolvido cada vez mais para tratar a alinhar o dentes, de forma que existem hoje tratamentos eficazes para corrigir o posicionamento dos dentes e problemas de mordida, ou oclusão.

Para casos mais acentuados, o tratamento recomendado é o uso de aparelhos ortodônticos. No entanto, se o caso for mais suave, uma boa opção é o uso das facetas de porcelana.

Mas qual o tempo para alinhar os dentes?

O tempo de duração, assim como o método empregado, dependerá de cada caso específico e o nível de desalinhamento dentário.

Portanto, para resolver seu problema de dentes desalinhados o quanto antes, a primeira coisa a se fazer é agendar imediatamente uma consulta com um ortodontista de sua confiança.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Compartilhe sua opinião

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!