Agenesia dental afeta o sorriso das crianças, mas tem tratamento

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

A má formação dentária pode afetar a fala, mastigação e estética do sorriso

Existem diversos problemas bucais que envolvem diretamente nossas ações do dia a dia. Para essas, temos uma série de cuidados e prevenções. No entanto, algumas doenças fogem do nosso controle – é o caso da agenesia dental.

Nesse artigo, vamos conversar mais sobre a agenesia dental. O que é? Quais suas causas? Qual o tratamento?

Agenesia dental é uma anomalia dentária, que consiste na ausência congênita do dente. Ou seja, a criança nasce sem o tecido que dará origem ao dente de leite ou ao permanente. Pode acontecer com apenas um dente ou vários, cada caso sendo classificado de acordo com o número de dentes ausentes.

A classificação é:

  • Hipodontia: de 1 a 5 dentes ausentes;
  • Oligodontia: 6 ou mais dentes ausentes;
  • Anodontia: todos os dentes ausentes.

O que causa a agenesia dental?

A agenesia dental infantil tem diversos fatores de causa. Os mais recorrentes são os fatores genéticos e o suprimento sanguíneo insuficiente para o desenvolvimento.

A anomalia também está associada a outras doenças genéticas, como a displasia ectodérmica, a síndrome de Kabuki e a síndrome de Rieger.

Essas questões influenciam na formação do tecido que dará origem ao dente. Normalmente, ocorre com os dentes permanentes.

Como diagnosticar a agenesia?

Como ocorre mais em dentes permanentes a agenesia dental pode demorar para ser diagnosticada. O primeiro sinal de alerta para os pais é o atraso no amolecimento e queda dos dentes de leite.

Essa fase costuma ocorrer entre os 5 e 7 anos de idade. A melhor forma de ter um diagnóstico correto mais cedo é indo regularmente ao odontopediatra.

O cirurgião-dentista responsável pela saúde bucal do seu filho saberá identificar sinais muito antes, seja por exames clínicos ou laboratoriais.

Quais as consequências da agenesia dental?

A falta de dentes pode afetar cada paciente de forma diferente. Por exemplo, se o paciente não desenvolver os dentes do siso, não haverá grandes preocupações.

O paciente não terá nenhuma função comprometida e pode vir a ser algo positivo, já que muitos precisam retirar os sisos quando adultos.

No entanto, se os dentes afetados forem os molares, os incisivos ou os caninos, o cenário muda. Isso porque eles tem papel direto na fala, mastigação e estética do sorriso.

Nesse caso, o impacto da falta de um ou mais dentes pode variar.

Quais os tratamentos para a ausência de dentes?

O tratamento da agenesia dentária infantil irá variar de acordo com o tipo de dente não nascido e, claro, a quantidade de dentes ausentes.

Se a ausência for apenas nos dentes de leite, é preciso que o odontopediatra se junte com um ortodontista para desenvolver um aparelho que mantenha o espaço do dente aberto.

Já na ausência de dentes permanentes, a prótese dentária é o melhor caminho.

No entanto, por ser um procedimento muito invasivo, é preciso fazer uma série de exames para garantir que a criança possui toda a estrutura bucal para suportar a prótese.

Depois disso, será feito um acompanhamento para que a criança se acostume com o aparelho ou prótese dentária.

É importantíssimo que os pais mantenham as consultas ao dentista regulares, para evitar complicações ou que o tratamento seja mais longo do que deveria.

Agora que você já conhece a agenesia dental, fique atento aos sinais da anomalia. E não deixe de procurar um profissional caso necessário.

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.