Dor de dente siso: confira dicas para aliviar os sintomas

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira dicas caseiras para aliviar a dor do dente do siso

Só quem já sentiu dor no dente sabe o quanto essa sensação pode ser incômoda e atrapalhar nossa rotina. Quando se trata da dor de dente siso, o incômodo pode ser pior, já que ele não costuma passar de uma hora para a outra.

O dente do siso é incompreendido por muitas pessoas. Ele não nasce em todo mundo e, quando nasce, nem todos sentem dor. No entanto, apesar da dor de dente siso não afetas a todos, aqueles que a experimentam desejam eliminá-la o mais rápido possível. Se esse é o seu caso, nós iremos te ajudar!

Dor de dente siso é causada pela inflamação na gengiva decorrente do nascimento do terceiro molar. A inflamação, por sua vez, pode estar relacionada a diversos fatores, como falta de espaço ou até mesmo pela pericoronarite.

Porque o Siso Dói?

O dente do siso, ou terceiro molar, costuma nascer entre os 17 e os 21 anos de idade, embora possa ocorrer antes, depois ou até mesmo nunca chegar a erupcionar.

Entretanto, quando nascem, podem gerar diversos incômodos ao indivíduo, como a dor.

dente do siso dói por diversos motivos. A primeira das causas dessa dor pode ser simplesmente o romper natural do dente sob uma gengiva já sensibilizada.

Em segundo lugar, o quadro de dor pode ser consequência da falta de espaço na arcada dentária. Isto é, quando não há espeço na boca para que o terceiro molar nasça.

Ele precisa empurrar os outros dentes para abrir espaço para si, o que pode causar inflamação na gengiva, abscessos, lesões císticas e tumorais e irritação, o que consequentemente a dor.

Por último, a causa se dá quando o dente do siso nascendo – parcialmente coberto pela gengiva e erupcionado – é exposto à placa bacteriana pela dificuldade comum de promover uma limpeza adequada ao dente.

A ação da placa bacteriana e a falta de limpeza geram um processo inflamatório, conhecido como pericoronarite, que leva à dor local.

O tratamento odontológico mais comum para esse problema é a cirurgia de extração do terceiro molar. No entanto, até que ela ocorra, é possível que você tenha que lidar com a dor causada pelo dente do siso inflamado.

Pensando nisso, separamos algumas dicas para te ajudar a passar mais facilmente por essa situação e te ajudar a aliviar a dor.

Como Aliviar a Dor do Dente do Siso?

Apesar de toda e qualquer dor de dente exigir uma consulta imediata com o dentista e tratamento odontológico adequado, é possível amenizar a dor do siso em casa, até que chegue o dia da consulta.

Assim, confira o que fazer para se ver livre dessa dor tão incômoda.

  1. Faça compressas quente ou frias
  2. Use ingredientes naturais
  3. Faça bochecho com água e sal
  4. Aplique gelo

1. Faça Compressas Quente ou Frias

As compressas podem ser ótimas aliadas no alívio da dor, tanto quentes como frias. Porém, a indicação para o uso de cada uma das temperaturas é diferente, a depender da situação.

A compressa quente deve ser usada para aliviar a dor latejante causada pelo nascimento do terceiro molar. Essa dor normalmente se estende para os ossos do dente.

Já a compressa fria é indicada para quando há sinais de sangramento ou inflamação, de modo que a gengiva se encontra inchada ou avermelhada. A temperatura fria é capaz de aliviar e minimizar o processo inflamatório.

É preciso tomar cuidado para não aplicar peso em excesso na região afetada, a fim de não piorar a situação. A aplicação deve ser realizada durante cerca de 20 minutos, cerca de 3 vezes ao dia ou conforme sentir necessário.

2. Use Ingredientes Naturais

Para amenizar a dor do siso, é possível utilizar alguns ingredientes naturais com propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas, como o alho, o própolis e o cravo.

O alho pode ser um ótimo aliado no combate à dor, pois possui elementos antibióticos e medicinais que agem contra bactérias.

Para usar esse ingrediente, basta misturar um pouco do alho com sal e aplicá-lo diariamente na região dolorida.

Por outro lado, o própolis é conhecido por suas propriedades antissépticas, analgésicas e anti-inflamatórias, se tornando um ótimo ativo contra a dor.

Sua aplicação pode ser realizada em bochechos ou por ingestão, juntamente com chá de macela. Assim, ferva 2 colheres de sopa de macela e adicione 30 gotas de própolis.

Por último, o cravo-da-índia também pode ser usado para o alívio da dor, pois possui propriedades medicinais e anti-inflamatórias.

Você pode manter de 2 a 3 cravos no local dolorido. Quando a especiaria começar a amolecer, morda levemente para liberar suas propriedades anti-inflamatória.

3. Faça Bochecho com Água e Sal

Outra opção para amenizar a dor é fazer um bochecho com água morna e um pouco de sal.

Enquanto a água mora ajuda a relaxar a região, o sal possui propriedades analgésicas e anti-inflamatórias.

Além de auxiliar na dor de dente, essa mistura também pode ajudar em inflamações de garganta e gengiva.

Para fazer o bochecho, aqueça 200mL de água e adicione um colher de sobremesa de sal.

Em seguida, faça bochechos, dando ênfase para a região afetada.

Apenas alguns segundo são necessários e não é preciso enxaguar a boca posteriormente. Também é preciso tomar cuidado para não ingerir a solução, cuspindo o líquido em seguida.

Para garantir resultados satisfatórios, realize o bochecho pelo menos três vezes ao dia.

4. Aplique Gelo

A aplicação de gelo é um dos métodos mais tradicionais para aliviar dor e inchaço e também um dos mais eficiente.

A temperatura gelada cria uma sensação anestesiante, diminuindo a dor. Além disso, o gelo causa a constrição dos vasos e diminui a circulação de sangue na região afetada.

O método de uso do gelo pode se dar da forma com que você se sentir mais confortável.

Você pode aplicá-lo pelo lado de fora da boca na região afetada, embrulhando-o em um pano limpo e aplicando-o por cerca de 20 minutos.

Outra alternativa é cortar o cubo de gelo em partes melhores e colocar na boca pelo tempo que for possível.

Higiene Adequada e Tratamento São Essenciais

Lembre-se, manter uma higiene regular e eficiente é essencial para que a inflamação do dente do siso não piore, além de eliminar a placa bacteriana acumulada.

Essa limpeza é necessária ainda que a região esteja dolorida. No entanto, é preciso que ela seja realizada de forma mais delicada. Para isso, utilize escova de dentes de cerdas macias e faça movimentos leves sobre o local afetada.

Além disso, é preciso ter consciência que apenas métodos caseiros não serão suficientemente para solucionar a dor de dente siso. Por isso, procure o mais rápido possível a ajuda de um profissional e agende sua consulta.

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Compartilhe sua opinião

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!