Novembro Azul: o papel do dentista nessa campanha

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Saiba mais sobre a campanha do Novembro Azul

Sabemos que existem diversos tipos de câncer, e para alguns deles, campanhas ao redor do mundo que buscam conscientizar a população de sua gravidade. Como é o caso do Novembro Azul.

Mas você sabe qual é a relação que o dentista possui com o Novembro Azul e como a odontologia pode ajudar nessa campanha? Aliás, você sabe o que é a campanha que leva esse nome?

Novembro Azul é o nome do movimento que acontece no mundo inteiro e tem como objetivo ressaltar a importância da prevenção e do diagnóstico prévio do câncer de próstata.

Contudo, é de suma importância que esse tipo da patologia seja realmente analisada no paciente para que ele possa, então, realizar o tratamento o mais breve possível.

Tipos de Tratamentos Disponíveis Contra o Câncer de Próstata

Tendo em vista que o tratamento é de suma importância para o câncer, é necessário que o paciente realize algum dos procedimentos indicados por médicos, que podem ser feitos separadamente ou combinados.

Sendo assim, veja abaixo quais são os tratamentos para o câncer de próstata, e saiba um pouco mais sobre cada um deles também:

  • Quimioterapia: quando o tratamento é feito por meio de substâncias químicas que alteram o funcionamento celular;
  • Radioterapia: diferentemente do anterior, essa é a forma de tratamento oncológico no qual se aplica radiação ionizante para destruir o tumor ou impossibilitar o aumento das células;
  • Imunoterapia: tipo de tratamento no qual se melhora o sistema imunológico para que ele venha a combater o câncer e outras infecções;
  • Hormonioterapia: uso de medicamentos para inibir a atividade hormonal que possui influência no desenvolvimento do tumor;
  • Criocirurgia: quando o oncologista congela o câncer localizado;
  • Cirurgia de prostatectomia: a cirurgia na qual é feita a remoção de uma parte ou então da próstata inteira.

Para esse último caso, no entanto, tudo irá depender do quadro que o paciente apresenta.

Além dos tratamentos citados, existem também as vacinas, que apesar de não curar o câncer de próstata, e não impedir o desenvolvimento do tumor, aumenta a sobrevida do paciente.

De toda maneira, é válido ressaltar que, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), esse é o segundo tipo de câncer mais comum entre homens, atrás apenas do câncer de pele não-melanoma.

Agora, se você quer saber mais sobre a campanha e como o dentista pode ajudar nela, você está no lugar certo!

Qual é o Papel do Dentista na Divulgação da Campanha Novembro Azul?

Mesmo se tratando de uma campanha de âmbito global, é válido ressaltar que tanto o Conselho Federal de Odontologia, quanto o Conselho Regional de Odontologia de São Paulo fortalecem a campanha do Novembro Azul.

Sendo assim, é possível dizer que o dentista, seja ele associado ao CFO ou então ao CROSP, apoia a campanha e possui influência sobre o resultado da mesma.

Mas isso se dá uma vez que, durante uma consulta odontológica, ele também pode falar sobre a importância do exame e também auxiliar na saúde bucal do paciente que está em tratamento contra o câncer.

E Qual é a Importância da Campanha?

Uma vez que o dia 17 de novembro é o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, foi instituído então que este seria o mês da campanha contra esse tipo de patologia.

Como citamos anteriormente, é possível dizer que a importância da campanha Novembro Azul é justamente o de conscientização.

Esse ato é necessário, principalmente porque, ainda segundo o INCA, essa doença acometeu aproximadamente 70 mil homens no ano de 2018, e os dados para 2019 são de mais do que 68 mil novos casos.

Ainda, conforme outros dados de um outro estudo do INCA, este tipo de patologia é o segundo que mais mata os homens também, atrás apenas de problemas cardíacos.

De tal maneira, é válido ressaltar que a campanha tem como foco mostrar, principalmente ao público masculino, a importância do diagnóstico precoce.

E isso se dá pelo motivo o qual falamos anteriormente, que quanto mais cedo for descoberto o câncer, maiores são as chances de que o tratamento seja efetivo.

Sendo assim, esse é o papel do movimento realizado anualmente no penúltimo mês do ano.

Como o Câncer de Próstata Age? Como se Prevenir?

Depois de explicar o que é Novembro Azul e qual sua importância, iremos falar agora sobre como o câncer de próstata age e qual é normalmente a faixa etária na qual ele se apresenta.

Apesar de causar um aumento no tamanho da próstata, este tipo de câncer cresce de forma gradual e pode não apresentar sinais durante boa parte da vida.

Além disso, geralmente também não passa a ameaçar ou afetar a saúde do homem.

Contudo, existem alguns fatores que podem ser cruciais para o desenvolvimento deste tipo de câncer, como é o caso de:

  • Avanço de idade;
  • Histórico de familiares de primeiro grau com câncer;
  • Sobrepeso;
  • Sedentarismo;
  • Tabagismo;
  • Etilismo.

Sabemos que exames devem ser realizados periodicamente, principalmente com o avanço da idade. No entanto, um médico deve ser consultado com urgência caso algum dos seguintes sinais seja presenciado:

  • Dificuldade para urinar;
  • Demora para começar, ou terminar, de urinar;
  • Presença de sangue na urina;
  • Vontade de urinar com mais frequência do que o normal, seja durante o dia ou durante a noite.

Mas e a Prevenção? Como é Possível Prevenir Esse Tipo da Doença?

E quando falamos nas formas de prevenção, é algo um tanto quanto simples, e que em suma também são pontos que auxiliam o paciente a manter uma boa saúde.

Sendo assim, a forma de prevenção envolve:

Esse último ponto é aconselhado justamente para que o paciente possa obter um diagnóstico precoce e um tratamento eficaz.

Estudos apontam que manter uma vida saudável aumenta de 3 a 5 vezes as chances de evitar que o câncer retorne após o tratamento adequado.

Mas e o Diagnóstico?

Como falamos anteriormente, o aconselhado é que o paciente realize consultas frequentes com médico de maneira a realizar uma bateria de exames que irão analisar o estado da saúde.

E esse, por sua vez, é normalmente chamado de check up, e deve ser feito pelo menos uma vez por ano. Os exames que servem para diagnosticar esse tipo de câncer são o exame de PSA e o exame de toque retal.

O primeiro nada mais é do que um exame de sangue no qual o médico irá medir qual foi a quantidade de proteína produzida pela próstata, que é o Antígeno Prostático Específico (PSA).

Agora, quando falamos do segundo, o médico irá analisar o tamanho, textura e a forma da próstata do paciente.

Contudo, ainda existe um grande preconceito e baixa aceitação por parte de vários homens quando se trata desse tipo de exame, que é fruto de uma falta de conhecimento.

Afinal, o exame de toque apenas é pedido em casos que o médico analisa uma alteração no PSA, fazendo-o então ser necessário para poder chegar ao diagnóstico.

De toda forma, esses são as melhores formas para se obter o diagnóstico mais certeiro que possibilitará o começo de tratamento para evitar o desenvolvimento do câncer à estágios avançados.

Consequências do Tratamento de Câncer Para a Saúde Bucal

Normalmente, pacientes oncológicos que estão sob tratamento de quimioterapia podem apresentar algum dos seguintes problemas bucais:

  • Mucosite oral;
  • Cárie causada por radiação;
  • Xerostomia;
  • Perda do paladar;
  • Perda da estrutura óssea da face;
  • Infecções das mais variadas.

E para cuidar desses casos existe a odontologia oncológica, uma área da odontologia que visa prevenir e tratar esses casos.

Mas além disso, esse ramo também é responsável por fornecer cuidados especiais para pacientes diagnosticados com câncer e passam por diversos tipos de tratamento dentre os possíveis.

A nossa recomendação é que durante o Novembro Azul você, homem, faça um acompanhamento médico para analisar alterações que podem indicar a probabilidade do câncer.

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Compartilhe sua opinião

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!