Dor no céu da boca pode indicar problemas de saúde

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Saiba o que pode estar por trás da dor no céu da boca

Nossa boca, além de ser fundamental para o bom funcionamento do nosso organismo, é uma parte sensível do corpo humano. Todos os dias ela entra em contato com diversas substâncias que podem ser benéficas ou não para a saúde. É por conta dessa sensibilidade que uma condição comum pode surgir: a dor no céu da boca.

É importante estarmos sempre atentos aos sinais dados pelo nosso corpo, pois eles podem nos alertar para problemas mais sérios. Por isso, se você está com dor no céu da boca, não ignore! Confira neste artigo as possíveis causas desse incômodo.

A dor no céu da boca pode estar relacionada a diversos fatores, como doenças, infecções ou simples lesões. Trata-se de uma sensação desagradável na região do palato que pode vir acompanhada de outros sintomas.

Apesar de algumas dessas causas serem inofensivas, muitas vezes é necessário atenção médica para avaliar o nível de dor e a gravidade dos sintomas. Confira, a seguir, quais são as possíveis causas para as dores no céu da boca.

O Que Pode Causar Dores no Céu da Boca?

  1. Queimadura
  2. Afta
  3. Síndrome da ardência bucal
  4. Mucolele
  5. Câncer
  6. Tórus palatino
  7. Infecção
  8. Outras causas

Veja mais detalhes a respeito de cada uma das causas listadas abaixo:

Queimadura no Céu da Boca

A primeira causa que pode causar dores no céu da boca são as queimaduras.

Elas comumente são geradas por conta de altas temperaturas de alimentos e bebidas ingeridos. No entanto, também podem ocorrer devido à ingestão de alimentos picantes.

Quando ocorre, a queimadura causa dores e sensibilidade ao toque, podendo também apresentar inchaço e caraço no céu da boca.

Se possuir um grau baixo, os sintomas podem desaparecer pouco a pouco.

Entretanto, em casos mais graves, os sintomas podem durar vários dias, sendo necessário ser tratada por profissionais especializados, como dermatologista e estomatologista.

Afta no Céu da Boca

Outro fator que pode provocar dores no céu da boca é a afta. O aparecimento dessa pequena úlcera é comum e pode causar dores, dificuldades para se alimentar, falar e beber.

De aparência esbranquiçada, as aftas podem aparecer por diversos motivos, como baixa imunidade, estresse e alterações no PH da boca.

No entanto, as aftas não apresentam um problema grave, pois costumam desaparecer em poucos dias.

Caso persistam, uma consulta com o dentista é indicada. Pois, ele poderá indicar o tratamento mais indicada para cada tipo de caso, haja vista que as aftas podem aparecer em diversos níveis de complexidade.

Os tratamentos podem incluir o uso de medicamentos – como pomadas – bochechos com água morna e sal e aplicação de gelo para diminuição da inflamação e dor.

Síndrome da Ardência Bucal

Outro fator que pode implicar na dor no céu da boca é a Síndrome da ardência bucal.

Embora as causas dessa doenças sejam desconhecidas, seus sintomas podem incomodar bastante, provocado perda de apetite, dores, sensação de ardência e queimação na língua, aumento da sede, por exemplo.

Pode afetar, principalmente, mulheres com mais de 50 anos de idade, especialmente na menopausa.

Mucocele

Mucocele é uma lesão cística benigna que pode ser causada por pancadas na boca ou obstrução das glândulas salivares.

Essa condição também causa dores no céu da boca quando associada a outros ferimentos, levando a formação de bolhas.

Câncer de Boca

O câncer de boca pode ser a causa menos comum onde os primeiros sintomas é a dor no céu da boca. Quando ocorre, as causas das dores tem relação com a formação de caroço na boca.

Seus sintomas podem incluir:

  • Inchaço;
  • Sangramento;
  • Mau hálito;
  • Caroço no pescoço;
  • Manchas vermelhas no céu da boca;
  • Dificuldades para engolir e falar;
  • Perda de peso;
  • Dormência em algumas regiões da boca;
  • Manchas brancas ou vermelhas no lábio ou parte interior da boca;
  • Feridas no céu da boca e nos lábios que não cicatrizam;

O câncer de boca costuma ser mais comum em homens que possuem por volta dos 45 anos de idade.

É mais frequente em indivíduos que têm o hábito de fumar e beber, que possuem uma higienização bucal deficiente ou em casos de pessoas que usam a prótese  dentária mal colocada.

Quando ocorre, o câncer na boca é silencioso e, se não tratado rapidamente, pode ser fatal. Portanto, a consulta ao dentista se faz necessária para a realização do diagnóstico, ao surgirem os primeiros sintomas.

Tórus Palatino

O tórus palatino é o crescimento ósseo no céu da boca de forma simétrica, podendo provocar a formação de uma protuberância óssea, localizada na linha média da parte interior do palato.

Pode ser definido como uma espécie de caroço de tamanho pequeno, podendo aumentar ao longo dos anos.

Não há causa aparente para o surgimento dessa condição. No entanto, pode provocar dores no céu da boca se o caroço for traumatizado ou caso ocorra ulcerações.

Por fim, pode ser necessário, ainda, a remoção cirúrgica do caroço. Entretanto, esse é um tratamento que somente um profissional poderá determinar.

Infecção

A infecção soma outra das causas que pode deixar o céu da boca dolorido. Uma infecção pode ser provocada por diversos fatores, causando dores não apenas no palato, mas em outras regiões da boca.

As infecções no ambiente oral podem ser provocadas pela inflamação dos dentes do siso (terceiro molar) e da garganta; e por ação de vírus e bactérias, como em quadros de sinusite, amigdalite e resfriados.

Em casos como esse, para acabar com a dor no céu da boca é preciso primeiro combater as respectivas infecções. Assim, comparecer a consultar com o dentista ou clínico geral faz-se essencial.

Assim, um profissional poderá prescrever medicamentos para um tratamento adequado. O consumo de alimentos ricos em vitaminas B e C pode ser uma ótima solução para auxiliar no processo de cura de de feridas.

Quais Outras Causas Podem Existir?

As dores no céu da boca podem ainda estar relacionadas a outras causas. Veja:

  • Mudanças hormonais;
  • Estresse;
  • Deficiência de vitaminas;
  • Consumo de substâncias irritantes;
  • Fumo;
  • Deficiência de ácido fólico;
  • Queda de imunidade;
  • Lesão bucal (ao ferir o céu da boca com algum alimento ou objeto);
  • Reações alérgicas;

O Que Fazer se Tiver Dores no Céu da Boca?

Primeiramente, não se desespere!

Quando observados qualquer um dos sintomas citados nesse artigo, é importante que o indivíduo agende uma consulta o mais rápido possível.

Embora a dor no céu da boca possa não ser grave, é importante se prevenir de futuras complicações, sendo diagnosticado e orientado sobre a melhor forma de tratamento por um profissional competente.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

One Reply to “Dor no céu da boca pode indicar problemas de saúde”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.