Entenda como funciona a prescrição MBT e qual é seu objetivo

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Quando o paciente coloca o aparelho fixo, uma das primeiras dúvidas que surge é: quanto tempo demora para tirar o aparelho? E, para ajudar nisso, foi desenvolvida a prescrição MBT.

A prescrição MBT foi criada após alguns anos de pesquisa e estudos clínicos e científicos.

Prescrição MBT é o nome dado ao estudo feito pelos professores McLaughlin, Bennett e Trevisi, que tem como intuito permitir uma melhor superação de eventuais adversidades que o tratamento ortodôntico pode enfrentar.

O intuito da filosofia MBT é justamente controlar efeitos colaterais que o paciente pode sofrer, bem como fornecer um desenvolvimento mecânico melhor do tratamento.

Estes pontos simplificam a rotina do consultório, garantindo também que os resultados finais sejam adquiridos de forma mais simples e até mais veloz também.

Se você acabou de colocar o aparelho fixo e ficou curioso sobre o que é esta técnica, quando ela é aplicada e como ela é feita, confira conosco neste artigo!

O que é o tratamento com prescrição MBT?

Antes de explicarmos sobre a técnica MBT e a influência que ela possui sobre o bom andamento do tratamento ortodôntico, é necessário falar sobre uma questão.

Também conhecido como aparelho MBT, ele é, na verdade, uma modificação do aparelho convencional que segue o padrão de Andrews.

Mas a diferença que ele possui é apenas quanto ao torque dos braquetes sobre os dentes, que nada mais é do que o deslocamento do ápice radicular sobre o arco, causado por uma torção.

Em outras palavras, o torque é a movimentação que os dentes sofrem devido à força que o aparelho produz sobre eles.

Contudo, para ter eficiência, os três professores definiram que deveria ser feita uma alteração no ângulo de colagem dos braquetes em alguns, evitando problemas durante e depois do tratamento.

Como é feito esse tratamento?

Como citamos anteriormente, o objetivo da técnica é garantir que o paciente não tenha problemas com a oclusão dental ou com o posicionamento dos dentes depois que o aparelho for retirado.

Então, para que o tratamento MBT possa ser feito, o profissional deve realizar as seguintes alterações no torque dos braquetes:

  • Incisivos centrais superiores: aumento de 10º, indo de 7º para 17º;
  • Incisivo lateral superior: aumento de 7º, sendo 10º ao invés de 3º;
  • Incisivos inferiores: -6º;
  • Molares superiores: torque de -14º e angulação de 0º;
  • Segundos molares inferiores: torque reduzido para 10º;
  • Incisivos centrais superiores: 4º;
  • Incisivos inferiores: 0º;
  • Pré-molares superiores: 0º.

Torque para a face lingual dos dentes inferiores

Agora, quando se trata do torque lingual nos dentes da arcada inferior, todos sofreram redução, deixando os valores da seguinte maneira:

  • Caninos: -6º;
  • Primeiros pré-molares: -12º;
  • Segundos pré-molares: -17º;
  • Primeiros molares: -20º;
  • Segundos molares: -10º.

Essas reduções ocorrem por três motivos:

  1. A retração dos caninos e dos pré-molares é melhor caso eles estejam na vertical;
  2. Caso haja um estreitamento do arco superior, o arco inferior compensará isso, beneficiando a verticalização dos dentes posteriores inferiores;
  3. Na técnica de Andrews, os segundos molares inferiores “deslizavam” para a lingual.

Dessa forma, é possível dizer que as medidas tomadas são rigorosamente para obter uma melhor oclusão dentária.

Quando a prescrição é indicada?

A indicação deste tipo de técnica na verdade fica à critério do dentista. Isso se dá porque o MBT é uma forma de tratar má oclusões dentárias.

Por isso, não existe apenas um único perfil que pode usufruir da aplicação dessa técnica.

Então, cabe então ao dentista o papel de explicar ao paciente sobre esse tipo de tratamento e analisar se ele deseja a implementação no tratamento, tendo em vista o conforto, a segurança e a rapidez que a técnica proporciona.

Outras prescrições semelhantes ao MBT

Quando falamos sobre as prescrições ortodônticas, é preciso lembrar que não existe apenas uma.

Confira quais são as outras possibilidades:

  • Andrews;
  • Roth;
  • Ricketts;
  • Hilgers;
  • Bios;
  • MBT;
  • Alexander;
  • Viazis;
  • Burstone;
  • Capelozza;
  • Damon;
  • Orthos.

Apesar das diversas possibilidades, em 90% dos casos é aplicada apenas uma técnica, afinal muitas vezes elas possuem conflitos entre si.

De toda forma, cada uma dessas prescrições dispõe angulações e torques diferentes destinados a um mesmo fim: melhorar a posição dos dentes do paciente, melhorando também o seu sorriso.

Agora que você sabe mais sobre o que é a prescrição MBT e quais são suas vantagens, não existe motivo para se desesperar quanto ao tempo de uso do aparelho, certo?

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.