Saiba tudo sobre os dentes inferiores da arcada dentária

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Entenda qual é a diferença entre os nossos dentes inferiores e superiores

Tanto nossos dentes inferiores quanto superiores são responsáveis por cortar, prender e triturar os alimentos. O que é fundamental em nosso processo de nutrição.

Eles possuem funções bastante semelhantes, mas nesse artigo iremos focar e falar um pouco mais sobre os nossos dentes inferiores.

Durante a dentição decídua, um ser humano costuma apresentar um total de 10 dentes inferiores. Quando essa dentição é substituída pela permanente, a pessoa passa a ter 16 inferiores.

O dente, de maneira geral, é uma estrutura localizada na boca que tem como características ser rígida, saliente e esbranquiçada.

Ele é originado no maxilar e na mandíbula (ou arcada dentária no ser humano) de muitos vertebrados.

Anatomia dos dentes inferiores

A anatomia dos dentes inferiores é constituída por 3 partes, sendo elas a raiz, a coroa e o colo:

  1. Raiz- essa parte do dente fica presa aos osso do rosto, como o maxilar e a mandíbula. A raiz constitui geralmente dois terços do dente.
  2. Coroa- é a parte mais visível do dente. O formato da coroa é o que define a função dos dentes. Por exemplo, dentes mais afiados servem para cortar, enquanto os mais planos trituram os alimentos.
  3. Colo- essa parte fica localizada entre a raiz e a coroa do dente. Trata-se da linha de junção dos dentes e da gengiva.

Estrutura dos dentes inferiores

Coincidentemente, a estrutura dos dente inferiores também é formada por 3 partes. Imagine realizar um corte vertical em um dente, as estruturas que você encontraria seriam:

  1. Esmalte – formado por sais de cálcio, o esmalte é o tecido mais rígido e mineralização do dente e de todo o corpo humano. É a camada mais externa da superfície dentária.
  2. Dentina – camada dentária situada abaixo do esmalte. É uma substância dura e sensível, contém sais de cálcio e envolve a polpa do dente.
  3. Polpa – é a parte central do dente formada por um tecido mole. É nessa região que se encontram o nervo e os vasos sanguíneos

Nome e função dos dentes inferiores

Como já foi dito, o arco dental inferior, durante a dentição permanente, é formado por 16 dentes. Eles costumam se distribuir em quatro dentes incisivos, dois caninos, quatro pré molares e seis molares.

Dependendo do seu formato, é atribuída a função de cada estrutura dentária presente na arcada:

  • Incisivos inferiores – dentes frontais e afiados que cortam os alimentos.
  • Caninos inferiores – também chamados de presas, são dentes pontiagudos que rasgam e perfuram os alimentos.
  • Pré-molares inferiores – esse dente possui duas pontas ou como são chamadas, cúspides. Elas possuem a função de esmagar e moer os alimentos.
  • Molares inferiores – esse dente também possui a função de esmagar e moer os alimentos, mas tem um número maior cúspides na superfície da mordida.

Dentes inferiores x superiores

Apesar dos inferiores e superiores serem extremamente semelhantes, podemos dizer que existe uma diferenciação entre eles.

Ela se dá pela quantidade de raízes e canais que eles cada um deles possui. Então vamos aos números:

  • Incisivos e caninos superiores: possuem uma raiz e um canal. São raras as ocorrências que encontram dois canais;
  • Incisivos inferiores: apenas uma raiz e quase a metade apresenta dois canais;
  • Caninos inferiores: 96% dos casos têm um canal, o restante possui dois;
  • Primeiros pré-molares superiores: têm duas raízes e dois canais em quase todos os casos;
  • Segundos pré-molares: têm uma raiz e um canal em metade dos casos;
  • Pré-molares inferiores: quase todos têm uma raiz e 40%, dois canais;
  • Molares superiores: quase 100% têm três raízes e mais de 50%, quatro canais;
  • Molares inferiores: duas raízes e três ou quatro canais.

Além disso, é possível dizer que apesar de apresentarem a mesma nomenclatura, alguns dentes inferiores e superiores se diferenciam quanto ao tamanho da estrutura dentária, o que pode variar bastante.

Ramiro Murad
Ramiro Murad
Ramiro Murad Saad Neto, cirurgião-dentista com registro no Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CRO-SP) nº 118151, é graduado pela UNIC e residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Possui habilitação em Harmonização Orofacial e também é gestor de clínicas e franquias odontológicas. Além disso, é integrante da equipe Bucomaxilofacial da Clínica da Villa, que está na Rua Eça de Queiroz, 467 - Vila Mariana, São Paulo - SP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio
Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.
Agende uma consulta
Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

Simpatio 2021 © - Todos os Direitos Reservados

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.

Os conteúdos da Simpatio são escritos por jornalistas e possuem a supervisão e a aprovação de dentistas e de profissionais de saúde parceiros.