Isotretinoína pode afetar saúde bucal dos pacientes

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Muito procurado por pacientes com tendencia acneica, exige cuidados rigorosos

Conhecido também por seu nome popular Roacutan, o Isotretinoína realiza uma ação anti-seborreica para o tratamento de quadros graves de acne.

Muito conhecido pela população e, principalmente pelos jovens e adolescentes que buscam a estética perfeita, o isotretinoína tem efeitos colaterais dos mais simples aos mais graves nos pacientes que fazem uso do fármaco.

Isotretinoína é um fármaco muito utilizado pela medicina no tratamento de acnes severas, rosácea e acnes resistentes a outros tipos de tratamento. O uso deste medicamento é proibido durante a gravidez.

Para que serve o Isotretinoína?

O remédio para acne é indicado no tratamento de formas graves de acne, muitas vezes nódulo-cística e conglobata ou até mesmo acnes com risco de cicatrizes permanentes.

Dermatologias costumam indicar o isotretoína também em casos de acnes que apresentem quadros de total resistência a tratamentos anteriores, com uso de antibióticos sistêmicos e medicamentos de uso tópico.

Apesar da isotretinoína ser o princípio ativo do medicamento conhecido comercialmente por Roacutan, o fármaco possui efeitos colaterais bem fortes. Por isso, deve ser usado apenas em casos graves.

Como a Isotretinoína age?

O medicamento contém em sua fórmula uma substância derivada da vitamina A.

Dessa forma, a evolução e melhora clínica da acne grave está diretamente relacionada à diminuição e redução do tamanho das glândulas produtoras de sebo.

Basicamente, o seu papel é então reduzir de maneira razoável o tamanho das glândulas sebáceas, e de forma mais forte e intensa a quantidade de óleo que elas produzem.

As bactérias presentes na acne vivem nesta secreção oleosa que fica em determinada área da pele. Por isso, o número dessas bactérias também cai significativamente.

Além disso, o medicamento retarda ainda a produção das células da pele dentro do poro, evitando que fiquem entupidos. Além disso, o isotretinoína tem propriedades anti-inflamatórias.

O tempo médio para que ocorra a redução das espinhas e acnes varia de paciente para paciente. Porém, os resultados começam a surgir em média na 8ª semana e o tratamento pode chegar a 16 semanas.

Uso do Isotretinoína na Odontologia

O uso constante do medicamento tem efeitos colaterais diretamente ligados à odontologia. Isso porque alguns pacientes começaram a apresentar alterações na sua saúde bucal.

Um perigoso efeito do Isotretinoína nos tecidos bucais, é o fato de o fármaco causar um transtorno salivar nos pacientes.

A medicação reduz a produção de saliva e aumenta a descamação das células da pele e das mucosas. Desse modo, uma das maiores fontes de proteção da nossa boca, acaba perdendo sua eficácia.

Além disso, a atividade de depuração microbiana também será prejudicada, então, a cicatrização das mucosas se torna mais lenta. Entre os diversos problemas que a baixa salivação causa, os mais comuns são:

  • Cárie;
  • Doenças bucais;
  • Mau hálito;
  • Dificuldade na hora de engolir;
  • Dificuldade na fala;
  • Surgimento de cáseos amigdalianos, bolinhas que causam mal cheiro;
  • Paciente apresenta paladar alterado.

Prevenindo os primeiros sintomas do uso de Isotretinoína

Algumas medidas preventivas são fundamentais na relação da isotretinoína e saúde bucal antes mesmo que estes sintomas comecem a aparecer ou até depois, buscando diminuir sua intensidade quando possível:

  1. Fazer a ingestão de no mínimo 2,7 litros de água por dia;
  2. Ter um consumo de alimentos fibrosos;
  3. Utilizar uma proteção labial adequada;
  4. Optar pelo uso de cremes dentais sem Sulfato de Sódio;
  5. Realizar excelente higienização dos dentes e língua, dando preferência às escovas macias para os dentes e escovas próprias para a região da língua;
  6. A higienização deve ser realizada pelo menos três vezes ao dia, sem deixar o fio dental de lado.
  7. Caso o fio dental não tenha um passador, é necessário o uso de passa fio para os dentes de posteriores.
  8. Fazer gargarejos durante o banho com a própria água morna do chuveiro;

Ainda assim, é de extrema importância que o médico ou cirurgião-dentista que prescreveu o isotretinoína adeque a dosagem certa para seu paciente de acordo com o tempo de tratamento necessário.

Ainda, nesses casos em especial, as profilaxias dentárias (limpeza realizada no consultório) devem acontecer a cada quatro meses ou quando o dentista indicar.

Cuidados ao utilizar Isotretinoína

O medicamento é armazenado em formato de cápsulas. Porém, de forma alguma estas cápsulas devem ser abertas para dissolução ou ingestão direta do seu conteúdo.

Na maioria dos pacientes, a dose varia de 0,5 a 1,0 mg/kg/dia. Em pacientes com estado muito grave ou com acne no corpo, principalmente no tronco, doses diárias maiores podem ser necessárias.

Apesar disso, o recomendado pelos médicos é que a dosagem não ultrapasse 2,0 mg/kg.

Os primeiros sinais dos resultados se manifestam mais cedo. No entanto, a resolução definitiva da acne ocorre geralmente após 16 a 24 semanas de uso do medicamento.

Principais efeitos colaterais do uso de Isotretinoína

Muitas reações adversas costumam acontecer com pacientes em tratamento. Geralmente ocorrem baseados na dosagem que foi receitada, mas, normalmente são reversíveis.

Entre os mais comuns e conhecidos efeitos que aparecem durante o uso, temos:

  • Anemia;
  • Aumento ou diminuição nas plaquetas;
  • Aumento da taxa de sedimentação
  • Blefarite, uma inflamação na borda das pálpebras;
  • Conjuntivite;
  • Irritação e ressecamento ocular;
  • Fragilidade e sensibilidade cutânea;
  • Coceira na pele;
  • Ressecamento intenso dos lábios e da pele;
  • Dores musculares e articulares
  • Lombalgia, a dor na região lombar;
  • Aumento de triglicérides e colesterol séricos;
  • Diminuição de HDL.

Existem ainda alguns efeitos raros, mas que precisam manter o paciente em alerta caso ocorram:

  • Depressão;
  • Hipersensibilidade sistêmica;
  • Queda temporária de cabelos e pelos, conhecida por alopecia reversível;
  • Infecções bacterianas locais ou no sistema;
  • Diabetes mellitus;
  • Células brancas na urina;
  • Aumento dos valores do ácido úrico no sangue;
  • Aumento da pressão intracraniana;
  • Alterações comportamentais;
  • Tentativa de suicídio;
  • Convulsões,
  • Tontura;
  • Insônia;
  • Perda temporária ou completa da sensibilidade e do movimento;
  • Desmaio;
  • Distúrbios visuais;
  • Visão turva;
  • Distúrbios da adaptação ao escuro;
  • Redução da audição em algumas frequências e zumbido;
  • Hemorragia gastrointestinal;
  • Diarreia grave.

Então, ficou clara a importância de um profissional qualificado no tratamento com Isotretinoína, certo? Segurança em primeiro lugar. Além disso, não deixe de informar seu dentista de confiança sobre o uso do fármaco.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Compartilhe sua opinião

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!