Teste vocacional: por que escolher a odontologia?

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira aqui a importância do teste vocacional para o seu futuro

Escolher a carreira que vamos seguir é uma decisão difícil e importante. Muitas dúvidas surgem nesse processo. Por isso, realizar o teste vocacional é um caminho que pode esclarecer muitas questões.

É a partir do teste vocacional que você conhece mais sobre suas habilidades, desejos e características. Dessa forma, você encontra uma profissão que mais se assemelha ao seu perfil.

O teste vocacional é uma técnica que utiliza questionários para encontrar a carreira mais adequada para um determinado perfil.

É a partir do teste que você conhece mais sobre as áreas de humanas, exatas e biológicas. Assim, você entende mais sobre qual é mais a sua cara.

Mas é importante lembrar que o teste não dará uma resposta que você deverá seguir.

Ele é um método para você delimitar as profissões que mais combinam com suas aptidão. Dessa forma, você entende o que mais combina com você.

Assim, siga a profissão que te traga paixão e que você tenha interesse em se especializar.

Se você ficou interessado pelo assunto fique ligado neste artigo! Isso porque vamos tirar todas as suas dúvidas e mostrar curiosidades sobre o teste vocacional. Vamos começar?

Como funciona o teste de vocacional?

O teste de vocação é realizado, na maioria dos casos, para os estudantes do ensino médio. Isso porque é nessa época que a pressão por escolher uma carreira aumenta com a chegada dos vestibulares.

Dessa forma, muitos jovens passam pela orientação vocacional para encontrar caminhos profissionais.

No entanto, muitos adultos também realizam o teste. Com isso, eles conseguem ter outra visão de mercado e até entender se outra profissão, para essa época da vida, é a mais ideal.

Mas quem eu procuro para a realização do teste? Bom, a resposta é simples: o psicólogo.

Este profissional tem a capacidade para executar a orientação. Dessa forma, assim que você conversar com o psicólogo de confiança sobre a vontade de fazer o teste, ele estudará e buscará os melhores métodos.

Durante as visitas ao profissional, você participará de conversas e entrevistas, além de fazer dinâmicas e exercícios. Depois essas atividades, o profissional recolhe informações importantes sobre o seu perfil.

Assim, ele apresenta possíveis profissões que mais se encaixam com os seus interesses e aptidões. Com isso, você conhece mais sobre as carreira e até descobre novas opções de profissão.

O profissional pode pedir para você pesquisar mais sobre as ocupações e entender como funciona o dia a dia de cada uma. Desse modo, você consegue ter mais contato e até conversar com trabalhadores da área.

Além disso, você pode entender mais sobre o mercado de trabalho e aprender a se preparar para atuar na área. Dica: procure por guia de profissões para compreender mais sobre as ocupações.

Depois de todo o processo, tanto o vocacional como o de autoconhecimento, você sai da orientação mais certo do que deseja seguir. Com isso, agora é só aproveitar a entrada na faculdade e ter sucesso na profissão certa!

Como sei se odontologia é ideal para mim?

A área da odontologia está diretamente ligada à área da saúde. Por isso, o primeiro passo para entender se odontologia é sua cara, é se você gosta da área de biológicas.

Além disso, é ideal que você goste de trabalhar com saúde bucal e com instrumentos. E o mais importante, você precisa gostar de trabalhar com pessoas. Isso porque você vai cuidar da saúde dos seus pacientes.

Outra questão importante é entender se você se interessa pela rotina da faculdade de odontologia. O curso dura 5 anos e conta com matérias, como:

  • Bioquímica geral;
  • Farmacologia;
  • Microbiologia;
  • Histologia;
  • Epidemiologia;
  • Patologia básica;
  • Anatomia humana; e
  • Imunologia.

Estas são as matérias introdutórias. No decorrer do curso, você vai aprender matérias mais específicas, por exemplo:

  • Relacionadas ao atendimento clínico focado em crianças e adolescentes;
  • Relacionadas ao atendimento clínico focado em adultos e idosos;
  • Relacionadas aos diagnósticos de doenças da cavidade bucal; e
  • Relacionadas ao planejamento e atuação profissional no mercado e no consultório.

Pelas matérias, você percebe que precisa gostar muito de biologia, química e física.

Mas é interessante saber que algumas aulas relacionadas com história e geografia, que são matérias de humanas, você estudará na faculdade.

Importante: cada faculdade tem uma grade curricular diferente. Por isso, pesquise sobre cada uma e veja qual tem mais a ver com a sua cara.

Tipos de Dentistas

Dentro da área da odontologia, você poderá escolher entre diversas especializações. Essa pode ser mais uma dica para decidir que a odontologia é a sua profissão ideal!

Algumas das principais são:

  • Clínico geral: o cirurgião-dentista faz os cuidados básicos com a higiene oral. Dessa forma, ele realiza procedimentos como limpezas, restaurações, extração de dentes e a colocação de próteses;
  • Especialista em dentística: o profissional procura restabelecer a forma e a função do dente por meio dos clareamentos e correções estéticas;
  • Cirurgião-dentista especializado em estomatologia: ele é responsável por tratar as doenças da cavidade oral, como as DSTs;
  • Endodontista: o profissional foca no diagnóstico e tratamentos das doenças na raiz e polpa dos dentes;
  • Dentista especializado em implantodontia: o profissional é responsável por cuidar das cirurgias de implantes;
  • Dentista especializado em prótese dentária: o profissional trabalha com a produção e criação de próteses. Dessa forma, ele consegue substituir dentes danificados e recuperar a saúde bucal;
  • Ortodontista: o profissional da ortodontia utiliza os aparelhos com a finalidade de corrigir a posição dos dentes. Além disso, ele cuida de problemas que envolvem o crescimento;
  • Periodontista: trabalha com a gengiva e com os ossos da boca;
  • Dentista especialista em traumatologia e cirurgia bucomaxilofacial: o profissional é responsável pelo diagnóstico e tratamento de traumas na boca e na face por meio de cirurgias;
  • Dentista especialista em odontogeriatria: trabalha com os cuidados, diagnósticos e tratamentos bucais para idosos;
  • Odontopediatra: trabalha com os cuidados, diagnósticos e tratamentos bucais para crianças.

Com o teste vocacional, você consegue entender quais profissões combinam mais com o seu perfil. Dessa forma, você pode ver se ser cirurgião-dentista é o que mais se assemelha aos seus gostos e interessantes.

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.