Funções do cirurgião-dentista e especializações

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

O cirurgião-dentista atua na prevenção de doenças e higiene bucal

Muita gente se pergunta qual a diferença entre dentista e cirurgião-dentista, mas a realidade é que essa distinção não existe.

Todo o profissional formado em odontologia por uma instituição de ensino superior devidamente reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) é um cirurgião-dentista.

Depois de formado, o cirurgião-dentista sai preparado para atuar como generalista e pode se especializar para atuar em diversas áreas. São elas: ortodontia, periodontia, implantodontia, prótese, endodontia, odontopediatria, patologia bucal, odontologia estética e outras.

O profissional da odontologia é o cirurgião-dentista, mais conhecido popularmente como dentista. Ele atua na reabilitação oral, higiene bucal, mas principalmente na prevenção de doenças dentárias e sistêmicas.

Em especial, na manifestação de doenças como câncer, leucemia e disfunção da articulação temporomandibular. Dentre outras que atingem área da boca, maxilar, mandíbula e ossos da face.

Formação de um cirurgião-dentista

A matriz curricular da formação do dentista cirurgião tenta proporcionar uma visão integrada da saúde do paciente trazendo disciplinas.

São elas: Bioquímica, Anatomia, Imunologia, Farmacologia, Estomatologia, Radiologia Geral, Periodontia, Materiais Dentários, Prótese Dentária, Saúde Pública, Cirurgia Buco-Maxilo Facial e Traumatologia Buco-Maxilo Facial, entre outras.

Já a parte prática do curso de odontologia envolve atividades em laboratório e aplicação de técnicas anestésicas e cirúrgicas, envolvendo todas as etapas evoluindo do pré-operatório até o pós-operatório.

O dentista atende em consultórios odontológico e, eventualmente, em hospitais.

Mas, também pode atuar em unidades básicas de saúde, cooperativas, sindicatos, creches e escolas, organizações não governamentais (ONGs), indústrias de produtos bucais, pesquisas acadêmicas e projetos sociais.

É de extrema importância que estes profissionais busquem atualização constante. Eles podem ser feitas  através de cursos de extensão e leitura de periódicos nacionais e internacionais da área.

Também é recomendado que mantenham um bom relacionamento com seus pacientes e, sem dúvida, uma ótima coordenação motora. Por isso, é preciso que sejam focados, detalhistas e cuidadosos durante o atendimento de cada paciente.

Por conta da intervenção dos ministérios da Saúde e da Educação, que dão um valor maior as faculdades que optam pelo eixo da saúde coletiva, atualmente o cirurgião-dentista sai da faculdade voltado para a prevenção.

O dentista cirurgião também é único o profissional da saúde do Brasil que se encontra cientificamente e legalmente apto para tratar as alterações do sistema estomatognático e estruturas anexas. Sejam alterações congênitas ou adquiridas.

Especializações para o cirurgião-dentista

  • Clínica geral: Restaurar e extrair dentes. Implantar prótese.
  • Dentística restauradora: Restabelecer a forma e a função dos dentes, clarear e corrigir sua estética.
  • Endodontia: Tratar alterações na polpa e na raiz dos dentes.
  • Estomatologia: Diagnosticar e tratar doenças da boca.
  • Implantodontia: Fazer cirurgias e próteses.
  • Odontogeriatria: Cuidar da saúde bucal do idoso.
  • Odontologia legal: Fazer exame e perícia judicial e elaborar atestados e laudos técnicos. Identificar cadáveres pela arcada dentária.
  • Odontologia para pacientes especiais: Atender pacientes com necessidades especiais (indivíduos em situação de risco ou que apresentam psicopatologias ou patologias físicas).
  • Odontologia em saúde coletiva: Atuar em planos de saúde, em cooperativas e na montagem de programas de assistência social.
  • Odontologia do trabalho: Atender pacientes cuja atividade profissional traz risco à saúde bucal.
  • Odontopediatria: Tratar problemas bucais e dentes de crianças.
  • Ortodontia: Alterar a mordedura e a posição dos dentes com aparelhos.
  • Patologia bucal: Fazer exame laboratorial para identificar doenças.
  • Periodontia: Cuidar das gengivas e dos ossos que dão sustentação aos dentes, fazendo cirurgias, raspagens e outros procedimentos no entorno dos dentes.
  • Prótese dentária: Projetar e confeccionar próteses de dentes danificados ou substituir os destruídos, restabelecendo funções na mordedura e na mastigação.
  • Radiologia: Diagnosticar problemas na boca, na face e nos maxilares por meio de imagens de raios X.
  • Traumatologia e cirurgia bucomaxilofacial: Diagnosticar traumatismos, lesões e anomalias na boca, na face e no sistema estomatognático e fazer cirurgias, implantes, transplantes e enxertos para recuperá-los.

Além das especializações mais tradicionais, desde 2009, o cirurgião-dentista está autorizado a tratar seus pacientes com práticas como acupuntura, fitoterapia, terapia floral, homeopatia e laserterapia.

Vale ressaltar, que para exercer a profissão no Brasil, é obrigatório ter o registro do Conselho Regional de Odontologia (CRO).

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.