Tudo o que você precisa saber sobre a faculdade de odontologia

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Duração, custos e possíveis especializações são alguns detalhes para saber antes de escolher o curso de odontologia

Escolher o curso ideal não é tarefa fácil. Você deve analisar bem as matérias estudadas, as opções de especialização e o mercado de trabalho. Esse artigo é para você que quer conhecer um pouco mais sobre a faculdade de odontologia.

Se você se interessou pelo tema, provavelmente é bom em biológicas, e a saúde é uma área de trabalho que te interessa. Mesmo assim, você deve ter algumas dúvidas. Leia nosso artigo até o final e descubra se a faculdade de odontologia é para você!

A faculdade de odontologia é um curso focado no estudo dos dentes, da boca e dos ossos da face. O estudante aprende a prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças que envolvem todas essas estruturas. Há também intervenções estéticas que podem ser feitas por esses profissionais.

Como funciona o curso de odontologia

A duração do curso de odontologia é de 5 anos.  Todos os cursos são presenciais. As aulas práticas começam ainda no segundo ano.

Há estágio obrigatório supervisionado em todas as instituições. Ao final do curso, você deve realizar um TCC – trabalho de conclusão de curso.

Quais as matérias em odontologia?

As matérias podem mudar de nome dependendo da universidade, mas o currículo básico da graduação em odontologia é o mesmo. Essa lista contém as principais disciplinas:

  • Anatomia;
  • Fisiologia;
  • Epidemiologia;
  • Histologia;
  • Imunologia;
  • Bioquímica;
  • Genética;
  • Patologia;
  • Farmacologia.

Confira se a universidade que você pretende cursar tem a opção de matérias optativas ou interdisciplinares. Essa alternativa pode ser um diferencial na sua formação.

Quanto custa uma faculdade de odontologia?

O curso costuma ser caro na maioria das instituições particulares, nem sempre pela mensalidade. A faculdade de odontologia exige do aluno a compra de diversos materiais que podem sobrecarregar suas contas.

Por isso, se você optar por uma universidade particular, é interessante que você pesquise sobre a lista de materiais exigidos e a média do preço final.

Pensando apenas na mensalidade, o curso custa, em média, R$1700. Algumas universidades oferecem bolsas, e há programas de financiamento que podem facilitar o custo.

Posso trabalhar depois de me formar?

Sim! Com seu diploma você está habilitado para trabalhar como dentista generalista. Ou seja, você pode fazer atendimentos clínicos e tratamentos básicos.

Caso queira trabalhar como cirurgião ou qualquer outra área mais específica, você deve fazer uma especialização.

Quais as especialidades da Odontologia?

  • Clínica geral: o dentista pode fazer os cuidados básicos como limpeza, restauração, extração de dentes e até colocar próteses;
  • Dentística: o foco do profissional é restabelecer a forma e a função do dente com clareamentos e correções estéticas;
  • Estomatologia: trata as doenças na cavidade oral, como DSTs;
  • Endodontia: essa área é focada em doenças na raiz e polpa dos dentes;
  • Implantodontia: como o próprio nome sugere, é a área especializada nas cirurgias de implantes;
  • Prótese dentária: trabalha com o projeto e criação de próteses para substituição de dentes danificados;
  • Ortodontia: utiliza aparelhos para correção da posição dos dentes, problemas de crescimento e outros;
  • Periodontia: trabalha principalmente com gengiva e ossos da boca, que sustentam os dentes;
  • Traumatologia e cirurgia bucomaxilofacial: trabalha com o diagnóstico e tratamento de lesões traumáticas ou anômalas na boca e na face por meio de cirurgias;
  • Odontogeriatria: seu foco é no tratamento de idosos;
  • Odontopediatria: seu foco é no tratamento de crianças;
  • Odontologia em saúde coletiva: seu papel é montar programas de assistência odontológica para comunidade, planos de saúde ou cooperativas;
  • Odontologia do trabalho: seu foco são as doenças relacionados ao trabalho;
  • Odontologia legal: é o responsável pela identificação de cadáveres pela arcada dentária e emissão de laudos técnicos;
  • Radiologia: fornece diagnóstico de doenças da boca ou face através de radiografias.

É possível seguir a carreira acadêmica?

Sim! A área acadêmica (mestrado, doutorado, etc) é forte na odontologia, assim como na maioria dos cursos da saúde.

As pesquisas produzidas são muito importantes para o desenvolvimento e melhora da profissão. Apesar das universidades públicas possuírem uma área acadêmica maior e mais forte, muitas universidades particulares também possuem essa opção.

Lembre-se: você pode realizar seu mestrado e doutorado em qualquer instituição depois de formado. Portanto, essa é uma escolha para depois!

Onde o dentista trabalha?

Ser dono da própria clínica não é o futuro de todo dentista. Ao contrário do que se imagina, o setor público absorve a maior parte dos profissionais dessa área.

O Brasil possui diversos programas sociais que envolvem dentistas, e essa é uma boa opção de trabalho. As outras alternativas dependem da sua especialização: isso pode definir se você trabalhará em clínicas ou hospitais.

Como é o mercado de trabalho?

Existem muitos profissionais se formando todos os anos. O curso é antigo e bem consolidado. Ou seja, algumas regiões do Brasil estão saturadas de profissionais, o que diminui os salários.

A região sudeste é um exemplo desse cenário. No entanto, há regiões do país que sofrem com a falta de dentistas e pagam salários acima da média. Não se esqueça que a área de especialização é um fator fundamental para saber sua média salarial.

Quais as melhores universidades do Brasil?

Separamos as melhores faculdades de odontologia segundo o Ministério da Educação (MEC). Dividimos por categoria: instituições públicas e instituições particulares.

Instituições públicas:

  1. Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP
  2. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP
  3. Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ
  4. Universidade de São Paulo – USP
  5. Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG

Instituições privadas:

  1. Faculdade São Leopoldo Mandic
  2. Universidade Paulista – UNIP
  3. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS
  4. Universidade Luterana do Brasil
  5. Universidade de Fortaleza

Depois de entender um pouco mais sobre a faculdade de odontologia, fica mais fácil decidir se essa é a profissão que você quer seguir, não é mesmo?

Yara Barreto

Yara Barreto

Formada em Odontologia pela Universidade de São Paulo (2008). Aluna de iniciação científica Pibic/Unicid da Universidade de São Paulo. Em 2009, concluiu estágio clínico em Ortodontia no Instituto Vellini, e em 2010, curso de planejamento Ortodôntico na Universidade Metodista. Concluiu em 2014 sua especialização em ortodontia e atua com ortodontia digital. Dentista na Odontoclinic e responsável técnica da OdontoImage.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.