Onde o dentista pode trabalhar depois que se formar?

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Você sabe onde o dentista pode trabalhar? Veja aqui tudo sobre as possíveis áreas de atuação do profissional

Aqui na Simpatio nós já listamos diversos motivos para escolher o curso de odontologia. Por isso, hoje iremos destacar quais são os locais onde o dentista pode trabalhar.

Neste artigo você confere todos os locais onde o dentista pode trabalhar, assim como também as possíveis funções que ele pode exercer em cada um dos locais.

Engana-se quem pensa que os únicos lugares onde o dentista pode trabalhar são o consultório ou uma clínica odontológica.

Afinal, essa profissão é de extrema importância para a manutenção da saúde, e por isso cada vez mais oportunidades estão surgindo.

Leia este artigo para saiba tudo sobre o assunto!

Quais São as Áreas da Odontologia Onde o Dentista Pode Trabalhar?

Antes de elencarmos as possibilidades de local que um dentista pode trabalhar, iremos primeiro falar sobre quais são as áreas da odontologia.

Afinal, todas elas também são áreas de atuações dentro da odontologia. Sendo assim, que tal conhecer um pouco mais sobre cada uma das possibilidades de atuação?

Clínico Geral

A primeira possibilidade de trabalho para o profissional é atuar como clínico geral, também conhecido como cirurgia geral.

Esta, por sua vez, é uma das áreas que mais englobam a odontologia, porém não é de uma maneira específica como nas outras que elencaremos aqui.

Este profissional é quem cuida da saúde bucal do paciente, preservando o estado dos dentes e a higiene bucal.

De tal forma, é responsabilidade do clínico geral tratar os dentes, línguas, bochechas, gengivas e lábios bem como tirar e examinar radiografias, fazer limpezas, aplicar flúor, remover partes danificadas e realizar pequenas cirurgias.

Odontologia do Trabalho

Aqui a ocupação do profissional se dá em ambientes de trabalho.

De tal forma, o objetivo da especialidade é melhorar a saúde oral por meio de diagnósticos e manutenção da saúde bucal dos trabalhadores.

Normalmente o exame odontológico de admissão em uma empresa é feita por meio deste dentista.

E se este profissional analisar a necessidade de um tratamento, é ele quem pode dizer quando o paciente está liberado para voltar a trabalhar.

Também é responsabilidade do dentista desta área orientar quanto ao uso dos equipamentos de proteção para preservar a saúde.

Implantodontia

O profissional deste ramo é responsável pela realização de cirurgias e implantes de próteses, sejam elas fixas, removíveis, unitárias, parciais ou totais.

O dentista que trabalha nessa área é totalmente apto para colocar a peça de titânio dentro do tecido ósseo. De toda forma, é válido lembrar que este procedimento só pode ser feito caso o paciente tenha perdido o dente.

Aqui é possível que o profissional trabalhe em empresas privadas, realizando exames em funcionários e alertando sobre como prevenir problemas da saúde bucal.

Endodontia

O profissional deste ramo é responsável pelo tão temido tratamento de canal. Afinal, esta área cuida de todos os problemas relacionados à polpa dentária e raiz dos dentes.

Mesmo quando não é necessário realizar o tratamento no canal, o endodontista avalia a gravidade das lesões neste local.

Isso é feito caso seja diagnosticada alguma alteração, seja por traumas, fraturas ou cárie dental. Se algum destes problemas não for resolvido, a boca pode inchar e o paciente sente muita dor.

Além disso, também é desenvolvida uma infecção, que pode se tornar um quadro ainda mais agravante.

O tratamento de canal pode, sim, ser feito por qualquer dentista.

Contudo, o especialista em endodontia possui maior domínio no assunto e conhece melhor as técnicas e tratamentos.

Odontopediatria

Esta é a área responsável pelo cuidado com as crianças. Sendo assim, ele possui um papel fundamental na fase da infância por cuidar da preservação dos dentes de leite.

E isso se dá uma vez que a primeira dentição é importante para os anos seguintes por possuir influência direta no desenvolvimento da fala e da mastigação.

No entanto, é necessário que o profissional dessa área tenha calma e paciência. Afinal, ele precisará trabalhar muito com o emocional da criança para que ela aceite o tratamento sem impactos negativos.

Ortodontia

Já esta, por sua vez, é uma das áreas mais comuns e populares para quem cursa odontologia.

O ortodontista é responsável por verificar e acompanhar o desenvolvimento da arcada dentária e, caso necessário, mexer na mordedura e posição dos dentes por meio de aparelhos fixos ou móveis.

Este profissional é capaz de desenvolver um tratamento ortodôntico através de etapas que levam em consideração os seguintes aspectos:

  • Histórico médico e dentário completo do paciente;
  • Exame clínico;
  • Moldes feitos de gesso dos dentes;
  • Fotografias e radiografias da arcada dentária.

De toda forma, a grande maioria das pessoas já utilizou o conhece alguém que utiliza os aparelhos ortodônticos.

Sendo assim, é por isso que este é o ramo mais conhecido.

Odontologia Legal

Esta é uma das áreas mais recentes e menos conhecidas da Odontologia.

O dentista que atua nessa área é capaz de realizar exames e perícias judiciais para elaborar laudos técnicos e atestados.

Por outro lado, o profissional também é capaz de identificar corpos através de uma análise da arcada dentária.

Os locais de trabalho aqui são universidades, convênios odontológicos,  Institutos Médicos Legais, ou ele presta consultorias e atua como autônomo.

Traumatologia e Cirurgia Bucomaxilofacial

Neste ramo, o dentista é responsável pelo diagnóstico de lesões, traumas e anomalias na boca, no rosto e no sistema de mastigação.

Além disso, ele também realiza cirurgias, transplantes, implantes e enxertos para recuperação dos dentes. É possível fazer tratamentos da ATM e de problemas relacionados ao sono com esse profissional.

Essa especialidade, por sua vez, é atraente para estudantes que gostam de cirurgias mais complexas.

Odontogeriatria

Diferentemente da odontopediatria, essa área é responsável por cuidar de pacientes na terceira idade. Sendo assim, este profissional oferece atendimento de maneira preventiva e terapêutica também.

Periodontia

Aqui o foco do profissional é cuidar da saúde das gengivas e ossos que sustentam os dentes. Para isso, o dentista utiliza de raspagens, cirurgias e outros procedimentos na região em volta do dente.

O periodontista estuda bastante para realizar diagnósticos, prevenir problemas nesta região e tratar as doenças periodontais.

E a grande necessidade dessa área se dá, uma vez que as disfunções podem acometer a estruturas importantes da cavidade bucal.

De tal forma, inflamações bacterianas podem ser oriundas destas patologias bucais.

Para trabalhar neste ramo, o profissional deve realizar um curso de especialização onde ele estuda todos fatores que causam essas doenças.

Além disso, ele procura sobre tratamentos e cirurgias para reverter esses casos.

Odontologia Estética

Conhecida como restauradora ou dentística, essa área lida com o bem estar dos pacientes.

Sendo assim, ela é responsável pelos seguintes procedimentos:

  • Restaurar a forma e função dos dentes;
  • Utilizar resinas e facetas;
  • Realizar peeling na gengiva;
  • Clareamento dental;
  • Restaurações estéticas.

A ideia aqui, no entanto, é muito mais do que deixar o paciente com um sorriso perfeito, mas sim equilibrar rosto, lábios e autoestima.

Este é um dos mercados de trabalho com maiores oportunidades e possibilidades.

Odontologia Esportiva

Nesta especialidade os profissionais são responsáveis pelos cuidados com esportistas.

Sendo assim, é função desse profissional realizar o trabalho preventivo com os atletas, desde profissionais até amadores.

Para isso é necessário levar em consideração as particularidades de cada esporte e as regras de cada modalidade.

Essa área é de grande importância uma vez que eventuais problemas bucais podem comprometer o rendimento que um atleta possui em seu determinado esporte.

Saúde Coletiva

Neste âmbito, o profissional possui uma formação mais humanista, podendo trabalhar em planos de saúde e cooperativas.

Além disso, ele pode participar de programas de assistência social em postos de saúde ou unidades básicas de saúde.

Essa é uma das áreas consideradas em maior expansão, e possuem um dos trabalhos mais importantes em termos sociais e de prevenção.

Onde os Dentistas Trabalham?

Uma vez dito tudo isso, explicaremos agora a dúvida sobre onde os dentistas trabalham, porém o foco desta vez é referente ao local de trabalho.

Sendo assim, é possível que os profissionais de odontologia trabalhem nos seguintes locais:

  • Consultórios odontológicos;
  • Clínicas odontológicas;
  • Setor público, normalmente no SUS;
  • Prefeituras estaduais;
  • Exército Brasileiro;
  • Marinha do Brasil;
  • Força Aérea Brasileira;
  • Polícia;
  • Tribunais Regionais Eleitorais como analista judiciário com especialidade em odontologia;
  • Área acadêmica, como pesquisador;
  • Hospitais;
  • Docente de odontologia em universidades.

Existe uma gama de locais onde o dentista pode trabalhar.

Caso o dentista opte por uma oportunidade de trabalho em setor público, é necessário ficar atento à data de abertura dos editais e concursos públicos.

Qual é o Salário de um Dentista?

Após analisar todas as áreas de atuação dentro do mercado de trabalho para odontologia, a dúvida que resta é sobre o salário.

Sendo assim, iremos agora falar sobre quanto ganha um dentista conforme cada uma das funções citadas.

Afinal, o salário recebido em cada local de trabalho pode variar de acordo com o cargo e com o Estado.

O que se sabe é que normalmente trabalhadores do setor público recebem menos do que quem trabalha no setor privado.

De toda forma, acompanhe conosco a média salarial conforme os diferentes ofícios que o dentista pode exercer:

  • Clínico geral: R$3.500;
  • Odontologia do trabalho: R$5.367;
  • Implantodontia (cirurgias, próteses e implantes): R$6.200;
  • Endodontista: R$3.500;
  • Odontopediatra: R$2.500;
  • Ortodontista: R$6.000;
  • Odontologia legal: R$2.953;
  • Traumatologia e cirurgia bucomaxilofacial: R$4.216;
  • Odontogeriatria: R$3.280;
  • Periodontia: entre R$1.600 e R$6.000;
  • Odontologia estética: R$5.367;
  • Saúde coletiva: R$4.819;
  • Odontologia esportiva: R$5.367.

É válido ressaltar que esses valores podem sofrer alteração de acordo com o local onde o profissional trabalha.

De toda forma, a média salarial de um dentista no Brasil é de R$4.000 por mês.

Agora que você já sabe mais sobre onde o dentista pode trabalhar e qual é o salário recebido, que tal começar a sua jornada dentro do ramo da odontologia?

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Compartilhe sua opinião

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!