Por que a falta de dentes é prejudicial? Entenda aqui!

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Falta de dentes não prejudica apenas a autoestima do paciente. Problema pode trazer outras consequências

Atualmente, muito se fala sobre os cuidados com a saúde bucal e como isso influencia sobre o quadro geral de saúde do paciente. Mas você sabia que a falta de dentes pode tornar tudo mais difícil?

E engana-se quem pensa que a falta de dentes causa apenas incômodos estéticos. Além disso, também é possível que o paciente tenha uma redução em sua qualidade de vida.

A falta de dentes é um quadro onde o paciente está sem um ou mais elementos dentais dentro da cavidade bucal.

No entanto, é necessário entender que isso pode trazer diversas consequências para a saúde bucal, uma vez que cada um dos dentes possui uma função única e importante dentro da boca.

Sendo assim, é possível que mesmo com a falta de um dente na arcada dentária o paciente tenha diversos problemas ligados ao quadro.

Agora, se você deseja entender melhor o que pode causar a falta de dente, quais consequências e como reverter essa situação, te convidamos a ler este artigo.

Afinal, é por meio dele que explicaremos todos estes pontos e tiraremos todas as dúvidas sobre este assunto. Confira conosco!

Fatores que Podem Causar a Falta de Dentes

O principal fator que leva uma pessoa a perder os dentes é, sem dúvidas, algum trauma causado por acidentes. No entanto, é válido pontuar que este não é o único motivo.

Você sabia que uma má higienização bucal pode fazer com que um ou mais dentes caiam?

Isso se dá porque os restos de comida presentes nos dentes geram a cárie, um problema que, quando não tratado, pode atingir a gengiva e o tecido que faz com que o dente se prenda ao osso.

Dessa forma, se este tecido for comprometido, ele pode causar a perda dental.

Sendo assim, além de tomar cuidado para não sofrer acidentes, cuide bem de sua saúde bucal realizando uma boa escovação pelo menos três vezes ao dia, use o fio dental e o enxaguante bucal.

E, claro, não se esqueça de realizar consultas com seu dentista para que ele analise a situação dos seus dentes!

Quais as Consequências da Falta de Dentes?

Uma vez citado quais são os motivos que levam um paciente a ter falta de um dente ou mais, iremos agora falar sobre a perda de dentes e sua consequência.

E, como falamos anteriormente, esse quadro especificamente afeta e prejudica muito mais do que a estética, mesmo que este ponto seja bem grave – fazendo até com que a pessoa evite sorrir.

Sendo assim, os outros problemas que podem aparecer são:

  • Perda de espaço entre os dentes próximos do local que está sem dente;
  • Problemas de oclusão dentária;
  • Problemas na ATM, causando estalos ao abrir e fechar a boca e, consequentemente, dores musculares, de ouvido e dores de cabeça;
  • Prejuízos na fala;
  • Vulnerabilidade da gengiva e do tecido periodontal durante a escovação, uma vez que estes são protegidos pelos dentes;
  • Perda óssea em casos onde o tecido periodontal é afetado, causando uma diminuição do osso na região;
  • Dificuldade para engolir e mastigar alimentos de maneira correta, bem como absorver os nutrientes.

É válido ressaltar que, caso não tratado, este último ponto citado pode causar problemas digestivos em um período de médio e longo prazo.

Portanto, caso um paciente perceba a ausência de um dente, o recomendado é que um dentista seja procurado o mais rápido possível para poder cuidar do quadro.

É Possível Resolver Esse Problema? Como?

Para pacientes que se encontram nessa situação, existem duas formas eficazes para reverter a falta de dentes e substituir o dente que está faltando, sendo elas:

  1. Prótese dentária, podendo ser móvel, fixa, parcial ou total;
  2. Implante dentário.

Ambas são técnicas de reposição dentária. No entanto, a escolha entre um deles depende do quadro que o paciente apresenta e também da gravidade.

Contudo, na maioria dos casos o implante é o mais escolhido.

Por fim, é necessário entender que em alguns casos de falta de dentes pode ser necessário que o paciente realize enxertos ósseos ou gengivais. Por isso, o aconselhado é consultar um dentista antes de qualquer tratamento!

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!