Linha alba nas bochechas representa risco à saúde bucal?

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Linha branca aparece no tecido que cobre o interior das bochechas

Muitas alterações bucais se manifestam a partir de sintomas, como o aparecimento de manchas vermelhas no céu da boca. Por isso, sempre que notamos uma mudança na cavidade bucal entramos em estado de alerta. Esse também é o caso da linha alba.

Ela é visível, mas requer o diagnóstico realizado pelo profissional para a certeza da sua origem. Além disso, é importante saber que a linha alba não representa nenhum risco para a saúde bucal. Mas, afinal, o que ela é?

Linha alba é uma elevação esbranquiçada endurecida que aparece no interior da bochecha. Essa linha é considerada uma alteração comum da mucosa bucal, principalmente na jugal.

Se você ficou interessado no tema, então fique atento neste artigo!

Isso porque vamos tirar as suas dúvidas e mostrar curiosidades sobre a linha alba.

  1. Sintomas da Linha Alba
  2. Causas da Linha Alba
  3. Quais Pessoas São Mais Acometidas Pela Linha Branca?
  4. Devo Me Preocupar Com a Linha Alba?
  5. Como é Realizado o Diagnóstico da Linha Branca Horizontal?
  6. Tratamentos da Linha Alba

Vamos começar?

Sintomas da Linha Alba

A linha alba tem tons esbranquiçados pelo desenvolvimento de uma camada de queratina devido à irritação da mucosa bucal. Além disso, na maioria dos casos, a linha alba é bilateral.

Mas, o que isso representa? Bom, a resposta é simples: isso significa que o seu aparecimento se dá nos lados opostos da bochecha.

Por isso, o excesso de queratina pode desenvolver a linha nos dois lados da parte interna da mucosa jugal.

Por ser fruto do contato e atrito entre os dentes e a bochecha, a linha alba é paralela à linha de oclusão. Esta é a linha que segue o encontro entre os dentes superiores e os dentes inferiores de uma arcada dentária.

O tamanho da linha dentro da cavidade bucal varia de pessoa para pessoa. No entanto, além do surgimento visível da linha, o problema é assintomático e não acarreta grandes transtornos para a saúde bucal.

Mas lembre: é preciso realizar a consulta odontológica e depois o diagnóstico para confirmar a presença da linha alba. Só assim o profissional consegue encontrar o melhor tratamento para o seu quadro clínico.

Causas da Linha Alba

5 causas para a elevação esbranquiçada na boca

O aparecimento da linha branca na bochecha se dá por causa de uma pressão, irritação ou trauma gerado pelo contato entre os tecidos das bochechas e os dentes durante o movimento de sucção.

Em resumo, essa pressão pode surgir devido:

  • O hábito de morder o interior das bochechas;
  • O uso de aparelhos ortodônticos mal adaptados;
  • O uso de próteses dentárias mal adaptadas;
  • A presença de dentes mal posicionados na arcada dentária;
  • O hábito de ranger ou apertar os dentes, também conhecido como bruxismo; e
  • Higiene bucal agressiva também pode provocar o aparecimento da linha.

Para você entender mais sobre o assunto, fizemos uma lista com as principais causas e como elas influenciam no aparecimento da linha branca. Vamos conferir!

Hábitos Parafuncionais (morder a bochecha)

Os hábitos parafuncionais são manias inconscientes e involuntárias que estão diretamente ligadas à mandíbula e à articulação temporomandibular (ATM).

Morder as bochechas é um ato involuntário e inconsciente que pode ser encaixado como hábito parafuncional. No entanto, em alguns casos clínicos, a mania é realizada com o uso de força excessiva.

Na maioria dos casos, esse hábito repetitivo está ligado à situações de estresse, ansiedade ou hiperatividade.

Além disso, o excesso de tecido gorduroso nas bochechas, que recebe o nome de bola de Bichat, também ocasiona as mordidas acidentais e propositais frequentes.

Curiosidade: alguns outros exemplos de hábitos parafuncionais são:

  • Apertar com força os lábios;
  • Colocar objetos entre os dentes;
  • Morder objetos;
  • Colocar a mão para apoiar a mandíbula;
  • Chupar os dedos;
  • Morder os dedos;
  • Roer as unhas;
  • Retirar cutículas e pelinhas com a boca;
  • Mastigar de apenas um lado;
  • Usar a mão como apoio para a bochecha na hora de dormir;
  • Deitar-se de lado pressionando a bochecha e mandíbula;
  • Usar travesseiros inadequados; e
  • Apoiar o celular no ombro e pressioná-lo contra a orelha;

O hábito de morder a bochecha corresponde ao excesso de atrito dos dentes com as bochechas. Dessa forma, a linha branca endurecida é manifestada.

Aparelhos Ortodônticos

O aparelho ortodôntico é indicado pelos profissionais da área, os ortodontistas, nos casos clínicos de alinhamento dos dentes. Isso é realizado quando os dentes se desenvolvem de maneira inadequada.

Desse modo, o aparelho serve para corrigir o posicionamento dos dentes, tanto para fins funcionais como para fins estéticos.

Dentro da ortodontia, existem dois grupos de aparelhos: os removíveis e os fixos.

Os removíveis são encaixados na boca e podem ser retirados pelo paciente ou ortodontista a qualquer momento, principalmente na hora da alimentação.

Enquanto isso, os fixos não podem ser retirados por estarem, como o próprio nome indica, fixados nos dentes.

Os aparelhos são projetados e planejados para a correção da arcada dentária da melhor maneira e em menor tempo possível.

Por isso, o tipo adequado de aparelho para a correção dos dentes depende de uma avaliação profissional e criteriosa do quadro clínico do paciente.

Importante: é complicado prever a duração total do tratamento com o aparelho. Isso porque o resultado depende de vários fatores como:

  • Resposta biológica do organismo;
  • Tipo de má oclusão;
  • Tipo de aparelho indicado; e
  • Colaboração do paciente.

Por isso é essencial procurar o profissional especializado, usar o aparelho da melhor maneira possível e comparecer as consultas de manutenção mensais para ativação e controle. Mas por que o aparelho causa a linha alba?

A resposta é simples: mesmo com toda a avaliação, algumas vezes o paciente não se adapta bem ao aparelho.

E isso causa um atrito do aparelho com a bochecha. É exatamente esse atrito e pressão que causam a linha branca e endurecida.

Prótese Dentária

As próteses dentárias são utilizadas com a finalidade de substituir dentes ausentes.

Mesmo não sendo iguais aos dentes originais, as próteses mais atuais garantem uma aparência natural e agradável. Além disso, promovem o conforto para os pacientes que as usam.

Nesse sistema de substituição de perda de dentes, as próteses dentárias se organizam em dois grupos: o das próteses totais e o das parciais – estas que podem ser fixas ou removíveis.

A dentadura, por exemplo, se encaixa no grupo das próteses totais removíveis. Ou seja, que podem ser retiradas e colocada novamente na boca. Ela é encaixada sob medida a partir da análise dos dentes ausentes.

A dentadura é uma estrutura móvel formada por dentes de acrílico. Isso possibilita a imitação da cor, formato e tamanho da arcada dentária original do paciente.

Mas, por que a prótese, como a dentadura, causa a linha alba?

Assim como nos casos dos aparelhos ortodônticos, algumas vezes o paciente não se adapta bem com a prótese. E isso causa um contato inadequado da prótese com a bochecha.

É exatamente esse atrito e pressão que causam a elevação esbranquiçada na boca.

Má Oclusão

A oclusão dentária é o contato entre a arcada superior e a arcada inferior. Normalmente, os dentes da arcada superior são maiores que os dentes da arcada inferior, o que garante o encaixe ideal.

A oclusão dentária correta promove o funcionamento adequado de determinadas atividades da cavidade oral, como:

  • Mastigação;
  • Fonética;
  • Deglutição.

A má oclusão dentária representa uma alteração nesse sistema. Os tipos de má oclusão são definidos em:

  • Classe I: é caracterizado pela presença de dentes superiores levemente maiores que os inferiores. Desse modo, a mordida é considerada adequada;
  • Classe II: neste tipo de oclusão dentária, a parte superior da arcada dentária é muito maior quando comparada com a parte inferior. Além disso, este tipo de oclusão é acompanhado pelo avanço do maxilar.
  • Classe III: neste tipo de má oclusão, os dentes inferiores se apresentam extremamente menores do que os superiores. Por esse motivo ocorre o avanço da mandíbula.

Desse modo, algumas das consequências mais sérias da má oclusão são:

  • Maior desgaste dos dentes;
  • Aumento no risco de doenças orais, como a cárie;
  • Dores no pescoço;
  • Alteração na aparência facial;
  • Dores no maxilar e na mandíbula;
  • Perda precoce de dentes definitivos;
  • Dificuldades de fala;
  • Dificuldades de respiração;
  • Limitação da abertura bucal;
  • Má postura;
  • Dores de cabeça; e
  • Problemas na coluna.

É importante que os pacientes que sofrem com dentes desalinhados procurem por tratamentos que garantem a correção do problema.

E, assim como os aparelhos e as próteses, a má oclusão causa a linha branca endurecida por conta do contato pressionado dos dentes com as bochechas.

Bruxismo

O bruxismo é o ato inconsciente de apertar ou ranger os dentes constantemente de forma constante e rítmica.

Esse ato pode se manifestar tanto durante o período diurno como o período noturno.

Curiosidade: quando o bruxismo se manifesta na parte da noite, ele é chamado de bruxismo noturno.

Além disso, na maioria dos casos apresenta consequências mais graves em relação ao bruxismo diurno. Os principais sintomas do bruxismo são:

  • Ranger ou apertar os dentes- o barulho, em alguns casos, é tão alto que pode acordar quem está do lado;
  • Dor de cabeça;
  • Dentes achatados, fraturados, lascados ou soltos;
  • Esmalte dental desgastado- o que expõe as camadas mais profundas do dente;
  • Aumento da sensibilidade dentária;
  • Dor na mandíbula;
  • Dor na face;
  • Dor parecida com uma dor de ouvido; e
  • Recuos de língua.

Assim como outro hábito parafuncional que é morder as bochechas, o bruxismo corresponde ao excesso de atrito dos dentes em relação bochechas. Por isso o endurecimento benigno da mucosa é manifestado.

Quais Pessoas São Mais Acometidas Pela Linha Branca?

Linha branca horizontal: veja em qual grupo é mais recorrente

A presença de uma linha branca na bochecha atinge, mais comumente, os adultos. Isso porque as causas para o aparecimento e manifestação da linha branca horizontal são mais frequentes nessa fase.

No entanto, ainda é preciso ficar atento para pacientes na fase infantil ou na fase adolescente.

Mesmo não sendo os grupos mais afetados, ainda sim podem manifestar a alteração bucal.

Desse modo é sempre importante fazer visitas ao profissional da área da odontologia para o acompanhamento odontológico da saúde bucal.

Devo Me Preocupar Com a Linha Alba?

Devo me preocupar com a elevação linear? Confira aqui

Por ser uma elevação esbranquiçada na nossa boca, não é de se estranhar que o paciente se sinta um pouco desconfiado quanto aos riscos da queratinização friccional.

Mas pode ficar tranquilo! Isso porque a linha não apresenta problemas para a saúde e higiene bucal. Desse modo, ela se apresenta como um endurecimento benigno da mucosa.

No entanto, a elevação esbranquiçada paralela à linha oclusal pode ser um incômodo estético para o paciente. Por isso, a confirmação do diagnóstico é necessária para o planejamento do tratamento.

Como é Realizado o Diagnóstico da Linha Branca Horizontal?

Mucosa jugal: veja como o diagnóstico é realizado

Apesar de visível, o reconhecimento e diagnóstico final só é possível por meio da realização de um exame clínico, realizado no consultório do profissional da área da odontologia.

Como o exame é realizado? Primeiro, devemos saber que o exame clínico é dividido em anamnese e exame físico.

Na anamnese odontológica o profissional da odontologia perguntará sobre o quadro do paciente. Ou seja, sobre a elevação e analisará o histórico odontológico do paciente. Algumas das perguntas mais frequentes são:

  1. Há quanto tempo você notou a elevação?
  2. Você morde a bochecha com frequência?
  3. Faz uso de aparelhos ortodônticos ou de prótese dentária? Há quanto tempo?
  4. Tem quadro de bruxismo?
  5. O quanto te incomoda esteticamente?

Da mesma forma, no exame físico o profissional utilizará técnicas de semiotécnica para conseguir inspecionar toda a região anatômica da boca, principalmente a afetada pela linha. Por isso, algumas das técnicas mais comuns são:

  1. Inspeção;
  2. Palpação;
  3. Percussão;
  4. Auscultação; e
  5. Olfação.

Mas, por que o diagnóstico é tão importante? A resposta é simples: a linha pode ser confundida com outros tipos de feridas e lesões na boca.

Por isso, o resultado do diagnóstico permite a identificação correta da alteração bucal para, então, garantir o planejamento do tratamento mais adequado.

Agora, quais são as outras lesões que mais se parecem com a linha? Para você ficar por dentro do assunto, fizemos uma lista com as duas principais feridas. Confira!

Candidíase

A candidíase oral é uma infecção causada pelo acúmulo do fungo candida, em especial pelo candida albicans.

As regiões mais recorrentes que manifestam a candidíase são: região interna da boca  e mucosa da língua. Além disso, os principais sintomas do sapinho, como também é conhecida a candidíase oral, são:

  • Dificuldade de engolir;
  • Manchas brancas nos elementos da cavidade bucal;
  • Vermelhidão;
  • Ardência;
  • Diferença no paladar;
  • Pequenas rachaduras;
  • Dor na boca;
  • Mau hálito; e
  • Secura na boca.

A candidíase se manifesta com o sistema imunológico comprometido. O uso recorrente de corticosteroides, má higienização da dentadura, uso de antibióticos e uso de imunossupressores são as principais causas para a infecção bacteriana.

Como tratamento, o profissional da área da odontologia recomenda cuidar de forma diária da higiene oral. Por isso, escove os dentes depois das refeições e antes de ir dormir e passe o fio dental pelo menos uma vez ao dia.

Além disso, use o enxaguante bucal para completar a limpeza da cavidade bucal.

Ainda, os cirurgiões-dentistas podem receitar antifúngicos orais. Mas lembre: é importante o protocolo medicamentoso na odontologia para você conseguir o remédio na farmácia.

Assim, o profissional consegue controlar a dose e você tem uma orientação correta de como o tratamento com o remédio deve acontecer.

O sapinho pode ser confundido com a linha por causa da sua aparência. Isso porque ambas as alterações são esbranquiçadas e atingem regiões próximas.

Leucoedema

O leucoedema é uma alteração normal e benigna da mucosa jugal. Ele normalmente é bilateral. Além disso, se caracteriza por ser uma lesão branca, como se fosse uma estria esbranquiçada.

A condição não apresenta nenhum sintoma frequente. Ou seja, a lesão é assintomática. No entanto, será possível perceber:

  • Lesões brancas;
  • Aspecto liso ou enrugado da mucosa;
  • Lesões não desaparecem; e
  • Aumento da espessura do epitélio (visto na biópsia).

Os profissionais da área da odontologia indicam que fatores hereditários e o tabagismo podem estar ligados ao aparecimento do leucoedema.

Não há nenhum tratamento específico para a alteração, justamente por ela ser benigna. Porém, os profissionais indicam parar com o consumo de cigarros.

Além disso, o paciente deve cuidar da higiene bucal. Por isso, escovar os dentes, passar o fio dental e passar enxaguantes bucais é essencial para manter a saúde bucal.

Ambas as alterações são caracterizadas pela coloração esbranquiçada. Além disso, ambas são bilaterais e se manifestam na mucosa oral, principalmente na jugal.

Tratamentos da Linha Alba

Melhores tratamentos para alterações na mucosa oral

Como já vimos, a linha endurecida e esbranquiçada não traz nenhuma consequência para a saúde bucal. Por isso não são necessários tratamentos específicos para essa elevação linear na boca.

No entanto, vimos que as razões para o aparecimento da linha são problemas sérios. É preciso procurar tratamentos para elas. Além da resolução da causa, a linha ainda tende a desaparecer de forma espontânea.

Mas atenção: é importante ressaltar que não existem medicamentos específicos para tratar a linha alba.

Desse modo, evite a automedicação. Ainda, não é possível remover a elevação esbranquiçada na boca por meio de uma raspagem ou alisamento radicular.

Bom, agora que você já sabe dos cuidados, vamos descobrir mais sobre os tratamentos possíveis.

Aparelhos Ortodônticos e Prótese dentária

Se o surgimento da linha esbranquiçada na boca ocorrer devido à má adaptação de próteses dentária (dentaduras) ou aparelhos ortodônticos, o profissional da área da odontologia deverá promover os ajustes necessários.

Quais ajustes são esses? O profissional pode ajustar os bráquetes, os fios e o tamanho do instrumento, por exemplo.

Má Oclusão

Além disso, se o problema for ocasionado por alterações oclusais, a disfunção deve ser tratada. O tratamento é realizado a partir do planejamento do melhor aparelho ortodôntico para o caso clínico.

No entanto, nos casos clínicos mais agressivos, os profissionais podem indicar cirurgias corretivas ou até a extração de alguns dentes.

No caso da extração de dente, a cirurgia é indicada. Ela consiste na remoção total de um ou mais dentes que não podem ser recuperados por meio de outro tratamento.

Hábitos Parafuncionais

Nos quadros de hábito parafuncional, a única maneira de solucionar o problema é a eliminação do hábito de pressionar a bochecha contra os dentes.

Desse modo, o profissional indica aconselhamento psicológico nos casos ligados à questão emocional.

No entanto, quando a mordida é causada pelo excesso de tecido gorduroso na bochecha, a alternativa de tratamento indicada é a bichectomia.

A cirurgia da bichectomia reduz significativamente a projeção das bochechas. O resultado da cirurgia pode ser notado efetivamente após o período de 3 a 6 meses da cirurgia.

Os pacientes conseguem ver o afinamento harmonizado no rosto. Além disso, os pacientes notam a definição no ângulo da mandíbula, bem como o realce das maçãs do rosto.

Bruxismo

Em casos de bruxismo, o profissional indica o uso de placas de proteção dentária durante a noite e técnicas de relaxamento muscular.

Antes de finalizar este artigo, vamos retomar pontos importantes da nossa leitura:

  • O que é a linha alba?
    Ela é uma elevação esbranquiçada endurecida que se manifesta no interior da bochecha. A linha alba é considerada uma alteração comum da mucosa jugal.
  • Quais são as causas para a manifestação da linha branca?
    A manifestação da linha endurecida e branca é causada por diferentes que envolvem o atrito, pressão ou trauma na região da bochecha. Além disso, o contato entre os tecidos das bochechas e os dentes também pode provocar o aparecimento da linha.
    Alguns exemplos de causas são: morder a bochecha, aparelho ortodôntico, prótese dentária, má oclusão e bruxismo.
  • Como é feito o diagnóstico?
    Por meio da realização de um exame clínico, realizado no consultório do médico dentista. O exame clínico é dividido em anamnese e exame físico.
  • Quais são os tratamentos?
    Os tratamentos são determinados a partir da causa da manifestação. Por isso, os profissionais recomendam diferentes estratégias de tratamento a partir do quadro clínico do paciente.

Agora que você já conhece sobre a linha alba, marque uma consulta com o odontologista de confiança. Dessa forma você consegue o diagnóstico e acompanhamento odontológico adequado para garantir a sua saúde correta.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.