Como os inibidores da bomba de prótons ajudam a saúde bucal?

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

A ação da acidez na boca é prejudicial para os dentes

O excesso de acidez em nosso estômago pode causar dor e desconforto. E para reverter esse quadro, existe o grupo dos inibidores da bomba de prótons.

Mas vocês sabia que a ingestão de inibidores da bomba de prótons pode ter relação com a saúde bucal?

Os inibidores da bomba de prótons são uma classe de fármacos que atuam na diminuição da acidez estomacal. Eles fazem isso por meio da inibição da produção de ácido clorídrico realizada pelas células presentes no estômago.

Nesse grupo, estão inclusos os determinados medicamentos como o omeprazol, pantoprazol, lansoprazol, esomeprazol e rabeprazol.

Desse modo, o inibidor da bomba de prótons é muito útil para o tratamento de patologias como gastrites, esofagite de refluxo, úlcera gástrica, entre outros.

Relação Entre a Saúde Bucal e os Inibidores da Bomba de Prótons

Muitas pessoas desconhecem a ligação entre inibidores da bomba de prótons e saúde bucal.

Contudo, a acidez gástrica pode ser extremamente prejudicial para a saúde de seus dentes!

Isso porque o ácidos advindos do estômago deixam a saliva ácida, o que, a longo prazo, acarreta uma série de problemas odontológicos.

Entre eles, podemos citar:

Cárie dentária

Os alimentos que contém grande quantidade de carboidratos e açúcares, além de favorecem a cárie dentária, ainda aumentam a acidez na boca.

Desse modo, a desmineralização da estrutura dental é o resultado.

Essa desmineralização, por sua vez, pode ser uma das grandes responsáveis pelo desenvolvimento de uma cárie dentária.

A cárie consiste na deterioração dos dentes, formando uma cavidade escurecida.

A principal causa dessa lesão é a ação de bactérias em nossa boca, que perfuram o esmalte do dente e formam placas duras e com coloração escura.

Dependendo da profundidade, provocam dor e desconforto nos dentes.

Aftas

As aftas são pequenas feridas doloridas que se formam dentro da boca.

Sua principal característica é a forma arredondada, com centro amarelado ou esbranquiçado e vermelhidão ao redor.

Uma disfunção estomacal por estar relacionada pode estar diretamente relacionada com o aparecimento recorrente de aftas na boca.

Isso porque quando ingerimos muitos alimentos ácidos, nossa boca também acaba sendo afetada, o que motiva o surgimentos das aftas.

Erosão ácida

A erosão ácida é a perda do esmalte do dente.

Os ácidos presentes na boca são os responsáveis pela deterioração dessa superfície tão importante para a proteção dos dentes.

Portanto, entre as consequências negativas da erosão, estão o aumento da sensibilidade dentária, o amarelamento e o arredondamento dos dentes.

Como Evitar a Ação da Acidez na Boca?

Além de balancear a alimentação, evitando a ingestão em grande quantidade de alimentos que provoquem a acidez na boca, existem algumas dicas úteis para quem quer impedir essa ação.

Uma delas inclui não escovar os dentes após ingerir alimentos ácidos. Isso pode prejudicar as estruturas da cavidade. O ideal é que seja feito um bochecho com água, e após alguns minutos, a higiene bucal.

Posteriormente, também é importante optar por cremes dentais com baixa abrasividade e alta quantidade de flúor. Eles formam uma capa protetora em volta dos dentes, aumentando a resistência aos ácidos.

Além disso, manter a boca úmida e hidratada por meio da ingestão de água é uma boa maneira de estimular a produção de saliva, o que regula o pH e retira a acidez.

Independente se você é um paciente que ingere inibidores da bomba de prótons ou não, não deixe de visitar o dentista de forma periódica. O profissional poderá dar as melhores dicas para reduzir os efeitos da acidez.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.