Celecoxibe é indicado no tratamento de dores agudas

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Celecoxibe é recomendado principalmente para tratar a osteoartrite e a artrite reumatoide

Todos nós sabemos como os analgésicos estão presentes em nossa vida, não é mesmo? O Celecoxibe é um deles, e talvez um dos mais eficientes na redução de dor.

Bastante conhecido por seus resultados rápidos e eficientes, o celecoxibe é usado no tratamento de pacientes que possuem artrite reumatoide e também osteoartrite.

Celecoxibe faz parte do grupo dos anti-inflamatórios não esteroides da classe dos inibidores específicos da enzima cicloxigenase 2 – uma substância responsável por desencadear a inflamação.

Dessa forma, é muito utilizado para dores agudas e até mesmo cuidados pós-cirúrgicos.

Para que o Celecoxibe é Indicado?

O remédio é indicado com frequência para o tratamento sintomático da osteoartrite (lesão crônica das articulações) e artrite reumatoide.

Sendo esta última uma inflamação crônica das juntas, causada por reações autoimunes, atingida pelo próprio corpo por engano.

Além do controle da dor, é também um medicamento muito recomendado e prescrito pelos médicos aos  seguintes sinais e sintomas:

  • Alívio dos sinais e sintomas da espondilite anquilosante (doença inflamatória crônica que atinge as articulações da coluna, quadris e ombros);
  • Alívio da dor aguda, principalmente no pós-operatório de cirurgia odontológica ou ortopédica e em afecções musculoesqueléticas;
  • Alívio dos sintomas da dismenorreia primária (cólica menstrual);
  • Melhora nos sintomas da lombalgia (dor nas costas).

É importante citarmos que, não devem ser consumidas doses diárias superiores a 100 mg desse medicamento. A automedicação traz riscos a saúde, portanto consulte sempre um profissional.

Composição do Celecoxibe

É importante que, tanto o profissional da saúde que irá indicar o remédio, quanto o paciente que fará seu uso, saibam da sua composição.

Isso evita problemas relacionados à complicações alérgicas, por exemplo. Então, vamos saber mais sobre?

Cápsula de 100 mg

  • Excipiente q.s.p. – 1 cápsula
  • Excipientes: lactose monoidratada, povidona, estearato de magnésio, croscarmelose sódica, laurilsulfato de sódio.

Cápsula de 200 mg

  • Excipiente q.s.p. – 1 cápsula
  • Excipientes: lactose monoidratada, povidona, estearato de magnésio, croscarmelose sódica, laurilsulfato de sódio.

Como o Celecoxibe Funciona?

De forma mais técnica, a principal atuação no organismo é por meio da analgesia, promovendo assim a redução da dor por ser um agente analgésico.

Além disso, cumpre seu papel de anti-inflamatório revertendo quadros de inflamação que muitas vezes se manifestam como dor, calor ou uma vermelhidão no local.

É de origem não esteroidal. Ou seja, não derivado de hormônios. Em muitos casos, isso é um grande benefício a se levar em conta quando comparado a outros medicamentos.

Quando ingerido, a dor é reduzida após 28 minutos da dose. Já a redução dos sintomas da osteoartrite e da artrite reumatoide é percebida em 1 a 2 semanas do uso.

Como Utilizar o Celecoxibe?

A dosagem na composição do medicamento irá variar no uso de paciente para paciente e em cada caso em específico.

Dessa forma, o Celecoxibe nas doses de até 200 mg é ingerido em média duas vezes ao dia e pode ser administrado com ou sem alimentos.

Uma vez que os riscos cardiovasculares de podem aumentar com a dose e a duração do tratamento, deve ser usada a menor dose diária que ainda seja eficaz, mas durante o menor período possível.

Por ser utilizado em diferentes casos, sua dosagem em mg, quantidade de vezes que deve ser ingerido ao dia e periodicidade irão variar. Vamos entender como funciona cada caso?

Tratamento Para Cólica Menstrual

Aqui, a dose inicial recomendada é a de 400mg. Conforme o tratamento dá seguimento, pode ser necessária a redução da dose para 200mg, sendo ingerida duas vezes ao dia.

O tratamento dura cerca de três dias, dependendo do resultado alcançado.

Tratamento de Osteoartrite

A dose recomendada de celecoxibe é de 200mg administrado em uma única dose por via oral.

Tratamento para Artrite Reumatoide

Nesse caso, é recomendada também um dose de celecoxibe de 200mg, duas vezes ao dia e por via oral.

Já em sintomas de Espondilite Anquilosante (EA), é indicada a dosagem de 200mg, porém administrado em dose única por via oral.

Ainda assim, é comum também que alguns pacientes apresentem benefícios e até uma melhor resposta com uma dose diária total de 400mg.

Tratamento de Lombalgia (dor nas costas)

Para esses sintomas tão comuns, é recomendado o uso de de 200mg ou 400mg diários, administrados como dose única de 200mg, ou duas vezes ao dia em doses de 200mg.

Uso Em Casos Especiais

Existem alguns casos específicos em que a administração de Celecoxibe deve ser mais cautelosa e receber mais atenção aos detalhes.

Em pacientes idosos pesando menos de 50kg, por exemplo, é aconselhável que o início do tratamento seja feito em doses menores que o recomendado.

Além disso, não é também indicado em pacientes menores de 18 anos. É importante frisarmos também que, o medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.

Quais as Contraindicações ao Celecoxibe?

É contraindicado principalmente para pacientes com hipersensibilidade ao celecoxibe ou a qualquer componente da sua fórmula. Seu uso também não é recomendado em pacientes com:

  1. Hipersensibilidade a sulfonamidas;
  2. Tenham apresentado asma, urticária ou reações alérgicas após uso de ácido acetilsalicílico;
  3. Histórico de doenças hepáticas;
  4. Insuficiência renal grave;
  5. No tratamento da dor peri-operatória em pacientes submetidos à cirurgia de revascularização do miocárdio.

Os casos de alergias e rejeição do organismo devem ser levados a sério. Reações graves e até mesmo fatais foram descritas em tais pacientes.

Algumas reações adversas são comuns na ingestão do remédio. Entre as mais recorrentes e apresentadas pelos pacientes, temos:

  • Aumento da pressão arterial;
  • Diarreia;
  • Inflamação dos brônquios, faringe, nariz e seios da face;
  • Infecção urinária;
  • Piora de sintomas alérgicos;
  • Insônia;
  • Tontura;
  • Tosse;
  • Dor abdominal;
  • Sensação de queimação no estômago;

Relação do Celecoxibe com a Odontologia

A utilização desse medicamento está permitida e dentro das regras da prescrição medicamentosa em odontologia. Ou seja, cirurgiões dentistas podem prescrever o Celecoxibe.

Principalmente em sua composição de 200 mg, tem sido muito indicado no pós-operatório odontológico para a redução da dor após uma extração dental.

O uso de maiores doses pode ser mais eficiente em alguns pacientes, como por exemplo a de 400 mg. Porém, somente o dentista ou médico podem recomendar a quantidade ideal de Celecoxibe. Questione-o!

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.