Importância da bioquímica e seus estudos para odontologia

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Essa ciência é importante para odontologia e diversas áreas relacionadas à saúde

Você sabia que, além de tratar do estudo das aplicações e tecnologias da química da vida, a bioquímica é um assunto muito abordado em produções científicas na odontologia?

Dessa forma, muitos profissionais optam então por estudar a bioquímica, uma vez que há diversos segmentos que podem ser analisados e está sempre em atualização.

Bioquímica é a ciência que estuda a química da vida e os processos químicos que ocorrem nos organismos vivos. Dessa forma, é a parte da Biologia responsável pelo estudo das estruturas, da organização e das transformações moleculares que ocorrem nas células.

O que é a bioquímica?

De maneira geral, ela consiste então no estudo da estrutura molecular e função metabólica de biomoléculas, biopolímeros e componentes celulares e virais, como por exemplo:

  • Proteínas (proteômica)
  • Enzimas (enzimologia)
  • Carboidratos
  • Lipídios
  • Ácidos nucleicos (biologia molecular)

Nosso metabolismo está em constante transformação. E essas reações coordenadas são fundamentais para garantir a sobrevivência, o crescimento e reprodução dos organismos vivos.

Esse metabolismo por sua vez é geralmente classificado em anabolismo ou catabolismo. No primeiro caso, as reações químicas são voltadas para a síntese de estruturas moleculares complexas a partir de moléculas simples.

Porém, no catabolismo, as moléculas complexas são degradadas em estruturas mais simples. Então, os dois processos ocorrem em todas as células vivas. Vamos entender mais sobre esses processos?

Bioquímica para os seres vivos

É importante explicarmos aqui que muitas estruturas e processos são compartilhados por seres vivos bastante diferentes. Facilitando assim o entendimento da vida como um todo.

Dessa forma, todas as espécies são formadas por elementos básicos que realizam processos químicos para que a energia necessária à sobrevivência seja produzida.

Todos esses organismos realizam quatro processos da bioquímica básica para que ocorra então de forma perfeita a manutenção da vida. São eles:

  1. Síntese de biomoléculas, tais como carboidratos, lipídios, proteínas e ácidos nucleicos;
  2. Transporte de substâncias por meio das membranas;
  3. Produção de energia;
  4. Eliminação de metabólitos e substâncias tóxicas;
  5. Descobertas bioquímicas.

Esse último item merece uma atenção, pois teve grandes impactos com o passar do tempo em todos os estudos da biologia e da química.

Um dos exemplos que vale a pena ser citado foi o fato desse estudo ter permitido a compreensão da estrutura do DNA.

A importância do gene para a síntese de proteína, a determinação da estrutura das proteínas e a compreensão das vias metabólicas também aconteceram.

Como é a aplicação da bioquímica?

Além dos estudos e para os pesquisadores, o conhecimento bioquímico é muito importante para empresas e indústrias de diversas áreas:

  • Farmacêutica, fazendo a síntese de fármacos e excipientes;
  • Médica, com novos tratamentos e curas para doenças, como por exemplo na nutrição alimentar;
  • Agrícola na melhora da fixação de nitrogênio em plantas como a soja;
  • Alimentícia em fermentação de bebidas alcoólicas, leite e derivados, produção de chocolates;
  • Cosmética criando novos produtos de beleza e higiene
  • Tecnológica, na produção de compósitos sustentáveis de origem renovável.

Além disso, outra área que é muito aplicada é em ciências básicas. Ou seja, em sinergia com outras ciências químicas, biológicas e farmacêuticas.

Nesse caso, o que ocorre então é o estudo do sistema biológico a partir de um olhar químico. Um exemplo conhecido dessa aplicação foi na teoria evolucionista.

Ela afirma que todas as formas de vida existentes no planeta Terra descendem de um ancestral em comum.

Por isso, é baseada na semelhança de diversas características compartilhadas entre os organismos, inclusive as de nível bioquímico.

Quais áreas a bioquímica estuda?

Já sabemos que o foco de estudo da bioquímica é o estudo das biomoléculas. Então, podemos citar os principais compostos estudados por esta área da ciência:

  1. Proteínas – macromoléculas ou polímeros de aminoácidos, indispensáveis a toda e qualquer sistema vital;.
  2. Aminoácidos – os monômeros formados por nitrogênio, hidrogênio e carbono que sofrem polimerização para dar origem a proteínas. Onde estes possuem um nitrogênio carregado positivamente para formação de ligações peptídicas;
  3. Ácidos Nucléicos – são compostos unidos por ligação covalente divididos em DNA e RNA, cuja sua estrutura possui, açúcar ligado a fosfato e uma base nitrogenada, são responsáveis pela transmissão do código genético, sendo capazes de se auto copiarem;
  4. Lipídios – os compostos apolares representados pelos ácidos graxos, gorduras e óleos, presentes em sistemas biológicos, são responsáveis pela solubilização de proteínas e outros compostos necessários para a vida que são insolúveis em água e outros solventes polares;
  5. Carboidratos – as biomoléculas formadas pela polimerização de açucares, funcionam como uma maneira que a vida encontrou de armazenar a energia necessária para dar continuidade aos processos biológicos.

Ainda assim, embora esses sejam então os objetos mais estudados, não significa que ela se restringe somente a esses aspectos.

Outra área que envolve muita bioquímica é a da odontologia. Vamos então entender melhor essa relação entre as duas áreas?

Qual a importância da bioquímica para odontologia?

Por envolver uma série de fatores que estão diretamente relacionados a outras áreas, sua importância e indiscutível na formação significativa dos profissionais das Ciências Biológicas e da Saúde.

Dessa forma, a bioquímica odontológica faz parte da matriz curricular do curso de odonto e sua importância é regularmente discutida.

Bioquímica do sistema dental

Um dos segmentos que tem a ver com a bioquímica e seus estudos na área da odontologia é quando falamos dos sistema dental.

Basicamente, de uma maneira mais técnica, podemos então descrever a bioquímica do sistema dental separando em duas categorias: dente e periodonto. A bioquímica de cada um deles envolve:

Periodonto

  • De proteção (gengiva): Fibras gengivo-alveolares; gengivo-dentais; dento-dentais; dento-alveolares e circulares
  • De inserção (osso e ligamento);
  • Ligamento periodontal
  • Fibras grupo II, III, IV e V;
  • Osso alveolar

Dente

  • Tecido conjuntivo especializado formado por matriz calcificada e células especializadas;
  • Apresenta distintas regiões com características morfológicas e composição diferentes: esmalte, dentina, cemento e polpa.

Bioquímica da saliva

O estudo da saliva irá envolver algumas características principais a serem analisadas. Registrando então a quantidade de água, material orgânico e o inorgânico. São analisados itens como:

  1. Volume de fluxo salivar;
  2. Secreção salivar;
  3. Fatores que afetam o fluxo;
  4. Ambos os componentes.

Dessa forma, chegamos à conclusão de que o estudo da bioquímica tanto em odontologia quanto em outras áreas é extremamente importante e está sempre em alta.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.