Zoledronato: o que é, quais os riscos do uso e para que serve?

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Utilizado em complicações relacionadas ao esqueleto, trata também tumores malignos avançados

Existem diversos medicamentos no mercado sendo testados e usados em doenças graves como câncer ou patologias como a osteoporose. É o caso do zoledronato.

O zoledronato é conhecido por sua eficácia na prevenção de fraturas resultado da osteoporose. Além disso, possui uma série de indicações.

Zoledronato é um fármaco conhecido por ser responsável por inibir a reabsorção óssea osteoclática. É da classe dos bisfosfonatos, que são utilizados para reduzir a quantidade de cálcio no sangue quando é identificado em excesso.

Para que serve o Zoledronato?

Conhecido também por ácido zoledrônico, é muito utilizado para tratar metástases ósseas e para reduzir a quantidade de cálcio no sangue de pacientes com hipercalcemia induzida por tumor.

Este medicamento da classe dos bisfosfonatos é usado para prevenir complicações relacionadas ao esqueleto, por exemplo, fraturas patológicas. Principalmente em pacientes com tumor maligno avançado com metástases ósseas.

Dessa forma, é também indicado para prevenção da perda óssea que ocorre a partir do tratamento antineoplásico a base de hormônios em pacientes com câncer de próstata ou câncer de mama.

Preparamos uma lista com os principais usos do Zoledronato:

  • Tratamento da osteoporose em mulheres na pós-menopausa para reduzir a incidência de fraturas do quadril, vertebrais e não vertebrais e para aumentar a densidade mineral óssea;
  • Prevenção de osteoporose em mulheres com osteopenia na pós-menopausa;
  • Prevenção de fraturas clínicas após fratura de quadril em homens e mulheres na pós-menopausa;
  • Tratamento para aumentar a densidade óssea em homens com osteoporose;
  • Tratamento e prevenção de osteoporose induzida por glicocorticoides;
  • Tratamento da doença de Paget do osso.

Contraindicações do Ácido Zoledrônico

Assim como todo medicamento, alguns casos específicos não devem fazer uso desse remédio. Ele é contraindicado se você:

  • For extremamente alérgico ao Ácido Zoledrônico ou a outro bisfosfonato;
  • Apresentar reações alérgicas a componentes do medicamento;
  • Pacientes com hipocalcemia;
  • Pacientes com insuficiência renal grave com clearance de creatinina;
  • Estiver grávida;
  • Estiver amamentando.

O ideal é sempre questionar seu médico para saber se realmente o uso deve ser evitado. Assim, alguns profissionais podem liberar o uso dependendo do caso do paciente.

Tratamento da osteoporose com Zoledronato

Para o tratamento da osteoporose na pós-menopausa, a dose recomendada é uma única aplicação intravenosa de 5mg da substância.

Já para a prevenção da osteoporose em mulheres com osteopenia na pós-menopausa, é importante que as pacientes recebam da forma mais adequada os suplementos de cálcio e vitamina D, caso a ingestão por meio da alimentação não seja suficiente.

Relação do Zoledronato na odontologia

Por os bisfosfonatos serem ótimos reguladores fisiológicos da calcificação e reabsorção óssea, são prescritos no tratamento de doenças que alteram o metabolismo ósseo.

Dessa forma, sua atuação ocorre inicialmente pela inibição dos osteoclastos e também dos osteoblastos. No entanto, a utilização desses fármacos pode estar relacionada com diversas complicações.

Um exemplo é a Osteonecrose. Essa é uma complicação de extrema importância na prática de intervenções no complexo buco-maxilo-facial.

Em geral, diagnosticar uma Osteonecrose Induzida por Bisfosfonatos envolve três características a serem analisadas:

  1. O paciente deve estar em tratamento atual com bisfosfonatos ou já ter feito uso do mesmo;
  2. Deve apresentar exposição de tecido ósseo na região crânio-maxilo-facial por mais de oito semanas;
  3. É preciso ser um paciente sem histórico de radioterapia na região dos maxilares

O uso do Zoledronato deve ser sempre prescrito e monitorado por um médico ou cirurgião-dentista. Desse modo, evita-se que outros problemas sejam causados.

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Compartilhe sua opinião

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!