O que é Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial?

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Profissionais de cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial devem entender de outras áreas

O campo de cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial é muito amplo. Ele circunda desde pequenas intervenções até as mais complexas. É importante que o profissional desta área tenha noção de outras especialidades, como as que que englobam a implantodontia, referentes a implantes.

A cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial cuida tanto de anomalias causadas por alguma doença quanto das que são congênitas, ou seja, de nascença.

Cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial é uma especialidade odontológica que trata cirurgicamente as doenças da cavidade bucal, face e pescoço. Essas patologias envolvem traumatismos e deformidades da face, do maxilar, da mandíbula, e do trágus a pirâmide nasal.

É o ramo da odontologia que está mais perto da medicina. Muitos hospitais contam com estes cirurgiões. Em casos de grandes abscessos, quando atingem as estruturas do pescoço, normalmente são eles os mais indicados para fazer a drenagem.

O curso para se especializar nesta área tem como duração média três anos. No entanto, com aulas em módulos mensais, e pode ser feito por qualquer odontologista formado.

Confira as principais procedimentos que o futuro cirurgião deve estar apto a realizar:

  • Realizar tratamentos como implantação de materiais aloplásticos destinados a suportar próteses;
  • Instalação de implantes, de enxertos, de implantes e de reimplantes;
  • Solucionar problemas relacionados à apneia do sono;
  • Realização de biópsias;
  • Cirurgia ortognática;
  • Tratamentos de traumas;
  • Cirurgias de tumores cistos;
  • Patologias das glândulas salivares;
  • Cirurgias da articulação temporomandíbula (ATM).

Doenças que trata

Sobre as doenças que a cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial trata estão: tumores, cistos, manifestações associadas a doenças sistêmicas e deformidades faciais.

Este último ponto diz respeito a doenças que deixaram sequelas, como um câncer. E patologias relacionadas à alteração do desenvolvimento, como síndromes, tal qual o prognatismo, que é o aumento do tamanho do maxilar. Há também aqueles que nasceram com uma alguma má-formação.

Valor da cirurgia

E já que é complexa, o valor também é alto? Depende.

O valor cobrado por uma cirurgia bucomaxilofacial varia de acordo com a clínica, com as necessidades do paciente, a quantidade de horas que será demandada, o material usado e o risco cirúrgico.

É interessante passar por uma avaliação clínica e radiográfica antes de tudo, mensurando a dimensão da operação.

Capacidades do cirurgião

Para ser excelente, um cirurgião especializado em traumatologia bucomaxilofacial deve ser tecnicamente habilidoso, claro, mas também tem de possuir forte apreço humanístico. Isto é, possuir empatia pelos seus pacientes, devido ao grau delicado que estão inseridos.

É importante que seja compreensivo e entenda detalhadamente as preocupações, buscando a relação mais transparente possível com quem está fazendo a consulta.

Além disso, a cirurgia bucomaxilofacial é uma das mais comunicativas do ramo odontológico. Ela está a todo instante dialogando com profissionais de outras medicinas. Como os de fisioterapia, de oncologia, de psicologia, e até mesmo de cirurgia plástica.

Assim, consegue propor um tratamento apropriado e efetivo a todos os pacientes.

Podemos perceber que tudo se conecta, procurando dar ao paciente os melhores resultados e restabelecer a saúde física e mental. Sem contar a autoestima, que consequentemente interfere na qualidade de vida.

Fazendo um apanhado geral, a cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial abrange desde uma simples extração dentária até uma grande deformidade tão complicada quanto falar rapidamente o título deste artigo.

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Compartilhe sua opinião

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!