Tensão muscular: estresse excessivo e relação com a odontologia

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Podendo envolver mais de um músculo, pode ter ainda apresentar causas psicológicas

A tensão muscular muitas vezes é considerada como um ótimo indicador do estresse físico e emocional de uma pessoa, dependendo de algumas características.

Dessa forma, toda tensão muscular psicológica ou física é associada ao preparo do corpo em uma situação de defesa. Ou seja, é uma consequência de algum fator externo.

Tensão muscular é causada frequentemente por exercícios excessivos ou trabalhos fisicamente desgastantes. É uma bastante comum, que pode envolver mais de um músculo. Além disso, pode também, envolver ligamentos, tendões e fáscias, os tecidos moles que conectam os músculos, ossos e órgãos.

Quais os Sintomas da Tensão Muscular?

Entre os principais sintomas que estão relacionados com essa dor, podemos apresentar algumas características gerais que aparecem na maioria dos pacientes com o quadro. São elas:

  • Dores musculares que aparecem sem motivo, principalmente após as atividades do dia a dia (é aliviada após o repouso);
  • Inchaço na região dolorida;
  • Cãibras ou espasmos musculares;
  • Dor no pescoço parecida com a do torcicolo ou que dormiu de mal jeito;
  • Fraqueza e sensibilidade no local;
  • Dor ao realizar atividades físicas;
  • Rigidez dos músculos;
  • Restrição do movimento.

Normalmente, esses sintomas ocorrem pois a circulação sanguínea acaba recebendo menos oxigênio e nutrientes, refletindo na sensação de fadiga acompanhada de fortes dores.

Muitos pacientes indicam sentir também sensação de cansaço, dor no peito e sensação de sufoco. Esses sintomas também são comuns. Sentir as costas, pescoço, lombar e músculos travados e rígidos é normal para o caso.

Dessa forma, é importante procurar sempre um profissional adequado para que este possa avaliar os sintomas e diagnosticar corretamente o seu caso.

Riscos e Causas da Tensão Muscular

Existem várias consequências que envolvendo a tensão muscular. Dessa forma, na maioria das vezes é difícil de realizar atividades do dia a dia sem pensar na dor.

Isso acontece principalmente pois qualquer posição diferente incomoda. É normal sentir fortes dores sentado ou em pé, e a sensação de cansaço não passa pois tudo está dolorido.

Basicamente, o que acontece nesses casos é que os músculos se tencionam e doem como se fossem fortes lesões ocorrendo na área. Por isso, é mais do que comum sentir-se completamente vulnerável a dor.

Como se Livrar e Aliviar a Tensão Muscular?

O mais adequado é sempre procurar um profissional da saúde que possa passar o tratamento certo de acordo com o caso de cada paciente.

Porém, em casos de muita dor e buscando um alívio rápido, existem, por exemplo, alguns tratamentos caseiros e mudanças no dia a dia que são muito eficazes.

Aplicar simples compressas de água quente na região afetada e descansar o corpo com uma boa noite de sono, podem ser tiro e queda. Porém, os sintomas acabam voltando no dia seguinte.

A acupuntura pode ser uma ótima opção para aliviar as tensões, principalmente por proporcionar massagens relaxantes. Além disso, as sessões ajudam a equilibrar a circulação sanguínea, evitando a tensão do dia a dia.

Existem ainda alternativas naturais e homeopáticas. Há diversos tipos de chás que acalmam o corpo e diminuem o estresse, como por exemplo, o de camomila, que possui ainda propriedades anti-inflamatórias.

Buscando alívio nos exercícios

Praticar atividades físicas pode apresentar ótimos resultados quando aplicada para atuar nas situações de tensão muscular.

Dessa forma, além de agir diminuindo o stress, atua também diretamente na musculatura, fazendo com que o tecido conjuntivo e os músculos tensionados retornem ao seu comprimento natural.

Além disso, há também o efeito sobre o tônus muscular, que é então diminuído pela sua ação sobre os órgãos proprioceptores – principalmente na prática de exercícios de alongamento.

Quer algumas dicas para se prevenir e conseguir driblar essas dores? Nós separamos alguns métodos que podem funcionar para você:

  • Antes de ir ao trabalho ou realizar alguma atividade do dia a dia, tire uns minutinhos para praticar simples exercícios;
  • Ioga e Pilates são atividades que acalmam o corpo, a mente e ainda ajudam a controlar o estresse;
  • Em momentos de estresse, preste atenção em ponto que você tende a tensionar mais o corpo e relaxe a área.

Os exercícios são necessários e importantes para manter a saúde e diminuir a tensão do dia a dia. Porém, caso a dor e desconforto persistam, o recomendado a se fazer é procurar um médico.

Fatores que Aumentam Dores da Tensão Muscular

Existem alguns hábitos diários, ou até mesmo que fazem parte do histórico do paciente, que contribuem para que essa tensão seja maior. Entre eles podemos citar:

  1. Má postura: leva ao encurtamento muscular e estes quando forçados a um alongamento podem causar dor local e referida;
  2. Bruxismo: o ato de apertar ou ranger dos dentes que podem ocorrer pela contração muscular crônica, causando dor no dente;
  3. Cefaleia de tensão ou de contração muscular: são dores de cabeça que podem ocorrer devido ao aumento da tensão muscular e irritação dos pontos-gatilho.

Quiropraxia Para Alívio da Tensão nos Músculos

Basicamente, esse procedimento consiste no uso de vários métodos terapêuticos, entre eles, o ajustamento manual e a manipulação de articulação para alinhar a coluna.

Esses alinhamentos refletem de forma muito positiva e eficaz na prevenção de doenças do sistema nervoso, muscular e esquelético.

Além disso, é preciso ter então em vista que, quando a estrutura do corpo está mal posicionada, imediatamente causa dor. Os tratamentos são recomendados para pessoas com:

  • Dores na coluna;
  • Dor na região do pescoço;
  • Dor e tensão muscular;
  • Dores nas articulações;
  • Restrições de movimento;
  • Hérnias de disco;
  • Formigamento;
  • Perdas sensitivas;
  • Dores provenientes de movimentos repetitivos;
  • Aumento da sensibilidade.

Com relação ao tempo de tratamento, o diagnóstico é individual. Então, pode ser que você precise de apenas cinco sessões ou de vinte.

A frequência também irá variar de acordo com a gravidade do problema. Pacientes com muita dor podem fazer sessões diárias até o problema aliviar diminuir a frequência gradativamente.

Relação da Tensão Muscular com a Odontologia

Quando falamos de tensão muscular, não podemos esquecer dos músculos que se localizam na nossa boca, como por exemplo, na mandíbula.

Um dos problemas mais comuns que pode ser ocasionado a partir dessa tensão, é a famosa disfunção temporomandibular.

Muitos pacientes que chegam até o consultório odontológico se queixando de dor não imaginam que possa ser algo mais sério.

Dessa forma, a DTM é uma disfunção que ocorre na área da articulação temporomandibular, também conhecida pela sua sigla ATM.

Embora não haja um tratamento específico para essa disfunção, é possível aprender técnicas de relaxamento para ajudar a controlar dor na ATM, diminuindo assim a tensão muscular na mandíbula.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.