Aplicações da homeopatia em consultas odontológicas

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Conheça as aplicações dessa especialidade na odontologia

Em 2015, o Conselho Federal de Odontologia reconheceu três novas especialidades odontológicas: acupuntura, odontologia do esporte e homeopatia. Essa mudança abriu caminho para tratamentos alternativos na área.

Neste artigo, vamos falar sobre os benefícios e contribuições da homeopatia para a odontologia. E também como os profissionais podem aliar essa técnica aos tratamentos.

Criada pelo médico Samuel Hahnemann, a homeopatia é considerada um tipo de terapia de tratamento. Foi liberada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e é considerada uma medicina alternativa e complementar para quase todos os tipos de doenças físicas e psicológicas.

A lógica dessa especialidade é baseada na “lei dos semelhantes”. Ou seja, utiliza-se as mesmas substâncias que causam os sintomas das doenças para tratá-las. Elas são diluídas em água, até que alcance uma quantidade que seja suficiente para aliviar esses sinais.

A homeopatia reúne mais de 2 mil tipos de remédios, que podem ser extraídos de fonte vegetal, mineral ou animal. Em grande parte dos casos, os medicamentos são vendidos por farmácias de manipulação. Eles vêm em forma de pequenas bolinhas brancas que dissolvem na boca.

Além de sua atuação na odontologia, a homeopatia é usada nos tratamentos de doenças ginecológicas, respiratórias, dermatológicas e de trato gastrointestinal, além de alergias e casos frequentes de infecções virais e bacterianas.

Ela também pode ser indicada como um tratamento complementar à depressão, desde que seja parte de um controle multidisciplinar que envolva, principalmente, um terapeuta.

Doenças tratadas pela homeopatia

  • Alergias
  • Entorse de tornozelo
  • Bronquite
  • Infecções de ouvido
  • Fibromialgia
  • Vertigem
  • Gripe
  • Osteoartrite
  • Síndrome pré-menstrual
  • Sinusite

Homeopatia e Odontologia

Esse tipo de medicina alternativa pretende conhecer melhor o paciente.

Desde a anamnese, o atendimento é diferenciado. O cirurgião-dentista homeopata geralmente gasta o dobro do tempo ou mais na consulta. Isso porque é preciso conhecer muito mais do que detalhes sobre a saúde oral.

Ao fazer perguntas relacionadas a aspectos gerais da vida, o dentista procura relacionar os sintomas apresentados pelo paciente aos problemas físicos.

Geralmente, o odontologista que atua com homeopatia não trata apenas doenças relacionadas à saúde bucal, mas também de herpes, ansiedade, sinusite e náuseas, causados por estímulos irritativos ao sistema nervoso.

Uso da homeopatia em cirurgias odontológicas

Os medicamentos da homeopatia também podem ser usados na odontologia. Eles previnem hemorragias, desmaios e crise de pânico e atuam na aceleração de cicatrização de tecidos moles e duros.

Apesar de ainda ser necessária a anestesia nos procedimentos, a homeopatia melhora o bem-estar do paciente de forma geral.  As medicações homeopáticas também podem ser prescritas por conta de questões clínicas, como gengivites, abscessos e dor de dente.

O profissional também pode prescrever as famosas bolinhas brancas por conta da odontofobia – o medo se ir ao dentista. 

Por meio da anamnese homeopática, ele procura identificar em que momento a ansiedade começa a se manifestar, que tipo de sentimento é desencadeado e como a pessoa lida com ele.

Assim, com a homeopatia, pode-se medicar esses pacientes para equilibrar o organismo e quebrar essa cadeia de eventos que resultam no medo do dentista.

Se interessou pela especialidade? Que tal incluir a homeopatia nos tratamentos da sua clínica ou consultório? Não se esqueça que é preciso fazer um curso de especialização antes de iniciar os atendimentos.

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.