Taurodontia se manifesta em 3 níveis de gravidade

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Essa anomalia deixa os dentes semelhantes aos de um animal ruminante

Quando nossos dentes estão se desenvolvendo, é necessário atenção para notar qualquer eventual disfunção. Apesar dos distúrbios ortodônticos serem os mais comuns, existem diversas anomalias que podem surgir nesse período. É o caso da taurodontia.

Na morfologia da palavra taurodontia, “tauro” significa touro e “dontia”, dente. Portanto, é uma condição que deixa o dente semelhante ao do animal ruminante.

A taurodontia é uma variação anatômica do dente que o deixa com a coroa dentária mais larga, câmara pulpar grande e raízes pequenas.

É mais frequente o taurodontismo em molares inferiores e permanentes. Não existe uma propensão a acometer pessoas de determinado sexo, além de ser possível acontecer em vários dentes de uma só vez.

Formas da taurodontia

Existem três tipos: hipotaurodontismo, mesataurodontismo e hipertaurodontismo.

Hipotaurodontismo

É quando o problemas se desenvolve de maneira mais branda. Verifica-se um pequeno aumento da câmara pulpar no sentido apical, ou seja, em direção à raiz do dente.

Mesotaurodontismo

É a forma intermediária do distúrbio. Por isso, acontece quando há pouco aumento da câmara pulpar no sentido apical.

Hipertaurodontismo

Momento em que a taurodontia evolui da forma mais grave. Então, faz com que ocorra um grande aumento da câmara pulpar no sentido apical.

Como identificar a taurodontia?

Para identificá-la, o dentista realizará um exame radiológico.

Pode ser através da radiografia panorâmica, caso queira ver quais dentes sofrem com a disfunção, ou por meio de uma radiografia periapical, para visualizar a gravidade do problema e como está se manifestando.

Mas como reconhecer a patologia?

Podemos ver a alteração no dente nos seguintes âmbitos:

  • Aumento das dimensões da câmara pulpar de um dente multirradicular, com seu deslocamento apontando para a raiz;
  • Encurtamento dos canais radiculares;
  • Bifurcação, ou até mesmo trifurcação, que acontecem próximo ao ápice;
  • Ausência de constrição, na junção do esmalte com o cemento, o que deixa o dente com formato retangular.

Essas alterações ocorrem durante a fase de formação do gérmen dentário, que é a estrutura embrionária de onde se deriva o elemento dental e seus suportes.

Causas da Taurodontismo

Ainda não foi possível constatar uma causa para o taurodontismo. Acredita-se que seja uma simples mutação genética que resulta na irregularidade.

No entanto, especialistas a associam com síndromes, como o Síndrome de Down ou alterações motivadas por conta da ingestão de medicamentos no momento em que nosso corpo estava em fase de crescimento.

Consequência e Tratamento da Taurodontia

Em relação ao paciente, não há nenhuma consequência aparente, já que ele não obstrui a erupção de outros dentes e nem traz malefícios ao tecido gengival. Portanto, não é necessário fazer nenhum tratamento para corrigi-lo.

O que o dentista deve se atentar é que essa imperfeição dentária pode dificultar algum procedimento odontológico, como o tratamento de canal.

aumento da câmara pulpar toma um formato que dificulta a localização, instrumentação e obturação dos canais radiculares.

Assim, é melhor que o especialista sempre radiografe a boca antes de efetuar qualquer intervenção, a fim de verificar se todos encontram-se em sua normalidade. Afinal, ele pode esbarrar com a taurodontia repentinamente e ter dificuldades que não eram previstas.

Ramiro Murad
Ramiro Murad
Ramiro Murad Saad Neto, cirurgião-dentista com registro no Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CRO-SP) nº 118151, é graduado pela UNIC e residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Possui habilitação em Harmonização Orofacial e também é gestor de clínicas e franquias odontológicas. Além disso, é integrante da equipe Bucomaxilofacial da Clínica da Villa, que está na Rua Eça de Queiroz, 467 - Vila Mariana, São Paulo - SP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio
Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.
Agende uma consulta
Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

Simpatio 2021 © - Todos os Direitos Reservados

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.

Os conteúdos da Simpatio são escritos por jornalistas e possuem a supervisão e a aprovação de dentistas e de profissionais de saúde parceiros.