Sacarose promove alterações negativas na saúde bucal

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira aqui quais os principais impactos da sacarose na saúde bucal

Na hora de nos alimentarmos é importante ficar atento para os vilões da saúde bucal. A sacarose é um exemplo de vilão que pode prejudicar os nossos elementos bucais.

Ela está nos doces e comidas e refrigerantes com muito açúcar, por exemplo. Por isso, é essencial olhar os valores nutritivos do alimento e ver a quantidade de sacarose presente.

A sacarose é popularmente conhecida como açúcar. Ele é um glicídio encontrado em vários alimentos que consumimos diariamente.

Curiosidade: a sacarose é formada por uma molécula de glicose em conjunto com uma molécula de frutose. Por isso, a frutose, glicose e sacarose estão relacionados.

Se você ficou interessado pelo tema, então fique ligado neste artigo. Isso porque vamos tirar todas as suas dúvidas e mostrar curiosidades sobre os impactos da sacarose na saúde bucal. Vamos começar?

Alimentos Com a Sacarose

No estado ambiente, a sacarose é solúvel em água e se apresenta em pequenos cristais brancos. Ao colocar na boca já sentimos o sabor doce. Mas quais são os alimentos que tem o açúcar?

Bom, os principais alimentos com o açúcar são:

  • Refrigerantes;
  • Bebidas isotônicas;
  • Sucos de caixinha;
  • Mel;
  • Cana-de-açúcar;
  • Cereais;
  • Frutas, como manga, abacaxi e pêssego;
  • Doces, como sorvetes e bolos;
  • Beterraba; e
  • Produtos de fast-food.

Principais Impactos da Sacarose na Saúde Bucal

Como vimos, a sacarose tem um sabor doce. Além disso, também devemos saber que ela é um carboidrato cristalizado. Agora, você sabia que ela é responsável por algumas alterações na cavidade bucal?

Pois é, isso acontece porque o açúcar facilita a proliferação de microrganismos na boca, uma vez que eles se alimentam disso. Dessa forma, os microrganismos, principalmente as bactérias, causam malefícios bucais.

Vamos descobrir quais são os principais prejuízos bucais decorrentes do acúmulo de açúcar na boca.

Cárie d=Dental

A cárie dentária é caracterizada por ser um tipo de lesão estrutural. A lesão compromete um ou mais dentes, bem como chega a perfurar o esmalte dentário. Os pacientes manifestam os seguintes sintomas:

  • Aparecimento de placas duras e pretas; e
  • Dor ao morder.

Doenças Periodontais

As doenças periodontais são inflamações que comprometem a área da gengiva até o osso alveolar.  Elas podem ser divididas em:

  • Gengivite;
  • Periodontite; e
  • Periodontite avançada.

Os principais sintomas manifestados pelos pacientes com doenças periodontais são:

  • Gengiva inchada;
  • Vermelhidão intensa das gengivas;
  • Sangramento ao escovar os dentes ou passar o fio dental;
  • Dor e sangramento da gengiva ao mastigar;
  • Os dentes parecem mais longos, porque a gengiva fica retraída;
  • Mau hálito e gosto ruim na boca; e
  • Nos casos mais graves pode haver sangramento espontâneo da gengiva.

Desgaste do Esmalte Dentário

O esmalte dentário corresponde a camada externa e dura do dente. O esmalte é extremamente mineralizado e por isso é considerado como o tecido mais forte do corpo humano.

No entanto, ele pode ficar fragilizado por conta da ação do açúcar. Dessa forma, ele sofre um desgaste e traz mudanças no aspecto do dente.

Por exemplo, os dentes que sofreram desgaste do esmalte dentário ficam mais finos e com o aspecto transparente. Além disso, ele ficam mais sensíveis, por isso os pacientes acabam apresentando a sensibilidade.

Por último, os dentes ficam amarelados e podem apresentar pequenas rachaduras.

Mau Hálito

O mau hálito é aquele cheiro estranho e desagradável que é exalado pela cavidade bucal. Curiosidade: o mau hálito também é chamado de halitose.

Como Evitar os Efeitos do Açúcar?

O açúcar se acumula nos nossos dentes quando não tomamos cuidados básicos com a higiene oral. Por isso, a melhor forma de evitar as alterações decorrentes da sacarose é manter a saúde bucal.

Mas, como podemos fazer isso? Bom, a vamos descobrir agora!

Cuidados Básicos

Para os cuidados básicos você deve prestar atenção em duas etapas: uso do fio dental e escovação dos elementos bucais. Na etapa do fio dental, você deve pegar o fio e passar o mesmo entre os dentes.

Isso é ideal para você conseguir retirar resíduos, microrganismos e sujeiras de espaços que são difíceis de serem alcançados pela escova.

Depois de ter passado o fio dental, chegou a hora da segunda etapa: escovar os elementos bucais. Os profissionais recomendam que a escovação deve ter feita meia hora depois da última refeição.

Os movimentos durante o processo devem abranger todas as faces dos dentes. Dica: pegue a escova e faça movimentos circulares, constantes e suaves.

Além dos dentes, não podemos esquecer de escovar a língua. Realize o movimento de trás para frente.

Importante: para a escovação, opte por escovas com cerdas macias ou extra-macias.

Por último, não exagere no creme dental. Isso porque o creme dental em grandes quantidades faz com que a potência da fricção entre o dente e escova diminua.

Dessa forma, a limpeza não é realizada da forma mais adequado.

Cuidados Complementares

Além dos cuidados básicos, você também precisa ficar atento para os cuidados complementares.

Por isso, opte pelo uso do enxaguante bucal logo depois da escovação e de passar o fio denta. Isso porque ele é uma substância que ajuda no controle de microrganismos.

Dessa forma, você consegue completar a limpeza na boca.

É ideal que você coloque uma quantidade de no máximo 20 ml na boca e depois realize um bochecho por, em média, 30 segundos. Lembre de não engolir! Faça o bochecho e depois cuspa o enxaguante na pia.

Fique Atento a Alimentação

Como já vimos, o açúcar está em muitos alimentos, por isso devemos ficar de olho na nossa alimentação. A melhor alternativa é uma dieta regulada.

O equilíbrio é essencial, por isso opte por alimentos que são naturais. Você não precisa para de comer alimentos que são industrializados, mas o melhor caminho é evitar consumir muito desses alimentos.

Fique atento e consuma bastante vitaminas e nutrientes. Por último, lembre de se mantenha hidratado. Dica: carregue uma garrafa de água sempre com você. Coloque na bolsa para não esquecer.

Pronto! Agora, que tal marcar uma consulta com o dentista de confiança? Dessa forma, você pode pedir por mais recomendações de como evitar os prejuízos da sacarose.

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.