Retalho posicionado apicalmente é feito por periodontistas

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Saiba como funciona o retalho posicionado apicalmente, quando ele é recomendado e como o procedimento é feito

A cirurgia plástica periodontal é um método que corrige defeitos gengivais e também do tecido duro do osso. Um procedimento que ajuda nesse tipo de operação é o retalho posicionado apicalmente.

O retalho posicionado apicalmente, ou RPA, serve para eliminar a bolsa periodontal e proteger a gengiva inserida.

Retalho posicionado apicalmente é um tratamento que cria, cirurgicamente, uma construção óssea semelhante à estrutura saudável. O posicionamento apical do retalho tem a finalidade de cobrir o osso que se apresenta seco.

Ela pode aparecer de duas formas diferentes: a total e a dividida.

  • Total: quando a coroa clínica é aumentada, fazendo com que a bolsa periodontal seja igual ou maior que as proximidades da junção mucogengival.
  • Dividido: quando a faixa de gengiva na região de molares inferiores tem sua extensão ampliada.

Mas que tal saber mais sobre o procedimento e sobre o pós-operatório? Acompanhe conosco!

Como Funciona o Retalho Posicionado Apicalmente?

O retalho gengival ajuda nos procedimentos da periodontia por tratar a bolsa periodontal.

Mas por se tratar de um procedimento específico, ele tem uma particularidade, que é justamente a sua indicação.

E Quando Esse Procedimento é Indicado?

O retalho de reposicionamento apical é indicado e realizado em casos em que a bolsa do paciente possui mais de 5 milímetros de profundidade.

Sendo assim, é possível realizar a cirurgia periodontal a retalho em quadros de periodontite moderada ou severa, que serão diagnosticados pelo profissional da área.

Mas existem também quatro casos em que esse procedimento é indicado para ajudar. Confira abaixo:

Como é Feita a Cirurgia?

A operação passa por duas etapas. Além disso, é considerado um procedimento bem simples, tanto no caso de ser total quanto na dividida.

Confira abaixo como ela é feita:

  1. O periodontista faz uma pequena incisão na gengiva, separando-o do dente.
  2. Utilizando um aparelho ultrassônico e instrumentos manuais, será realizada então um retalho e alisamento radicular que fará a limpeza do local.

Esse procedimento é feito para garantir que tanto o tártaro, como a placa bacteriana e a película que se encontra embaixo da bolsa periodontal seja retirada.

Após feito isso, a cirurgia de pode ser finalizada.

E Como é o Pós-Operatório?

Apesar de ser um procedimento tranquilo, a recuperação precisa de muitos cuidados!

Sendo assim, confira abaixo quais são as cautelas necessárias:

  • Procurar não ingerir alimentos ou líquidos na primeira hora após a cirurgia.
  • Fazer compressas de gelo nas primeiras quatro horas pós-cirúrgicas.
  • Não ingerir bebidas quentes por um dia.
  • Não fazer bochecho no primeiro dia.
  • A partir do segundo dia, fazer bochecho com clorexidina 0,2%.
  • Escovar os dentes.
  • Procurar não mastigar pelo lado que sofreu a operação.
  • Evitar alimentos duros e crocantes.
  • Não fumar nem ingerir bebidas alcoólicas durante o período de cicatrização.
  • Não retirar o cimento cirúrgico.
  • Tomar a medicação transcrita corretamente.
  • Em casos de sangramento, pressionar o local com uma gaze limpa e esterilizada, e falar com o cirurgião.

Entretanto, é válido lembrar que em caso de eventuais problemas e complicações após feita a cirurgia, o dentista que a realizou deve ser contatado o mais rápido possível.

Existem Maneiras de Evitar a Cirurgia?

Para evitar a necessidade do retalho posicionado apicalmente modificado, é recomendado que seja mantida uma boa higiene bucal.

Sendo assim, o paciente irá evitar que as bactérias e microrganismos maléficos se espalhem.

É válido lembrar que as recomendações para manter uma boa saúde bucal são:

Entretanto, lembramos que o profissional que pode realizar procedimentos como esse deve ser especializado em periodontia.

Após feito o curso de odontologia, um curso de especialização em periodontia e um novo registo profissional, o dentista poderá então fazer esse tipo específico de tratamento.

Não deixe de ir ao dentista caso apresente quadro de periodontite para analisar a necessidade de utilizar o método de retalho posicionado apicalmente para cuidar do problema gengival.

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.