Odontologia no sistema prisional: veja como atuar na área

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira aqui como funciona a odontologia no sistema prisional

O campo da odontologia é vasto e sempre ganha novas especialidades. O dentista pode atuar em consultórios particulares, clínicas e empresas. E você sabia que também existe a odontologia no sistema prisional?

Se você  tem interesse na área, pode ficar tranquilo! Isso porque neste artigo iremos tirar todas as suas dúvidas e curiosidades sobre a odontologia no sistema prisional. Vamos começar?

Odontologia no sistema prisional é uma área voltada para a manutenção e cuidado da saúde bucal do preso.

Como é a rotina na área da odontologia no sistema prisional?

Para atuar na odontologia no sistema carcerário, você precisa passar no concurso público. É um processo seletivo realizado por instituições governamentais ou empresas estatais.

O objetivo dessa avaliação é ter certeza de que os candidatos estão aptos para assumir o cargo. Depois que você conseguir o emprego, você pode começar a atender os presos.

O atendimento clínico é feito no próprio consultório do presídio ou no posto de saúde mais próximo do presídio. Algumas das funções do cirurgião-dentista são:

  • Orientação sobre higiene bucal;
  • Consulta odontológica;
  • Aplicação do flúor;
  • Controlar a placa bacteriana;
  • Raspagem, alisamento e polimento;
  • Realizar a curetagem;
  • Realizar limpezas;
  • Fazer procedimentos de restaurações;
  • Extrair dentes;
  • Colocação de próteses;
  • Realizar diagnósticos; e
  • Planejamento de tratamentos.

O profissional da odontologia carcerária trabalha por 20 horas semanais ganha por mês um salário a partir de R$3.000,00.

Formação acadêmica

Antes de atuar como dentista no sistema prisional, você precisa se graduar em odontologia. A duração do curso é de 5 anos, com todos os cursos da matriz curricular presenciais.

As aulas práticas são iniciadas no segundo ano da faculdade. Em todas as instituições, o estágio é obrigatório para a formação. E no final de todo o curso, é preciso que o estudante faça um TCC.

Caso você opte por fazer o curso em uma instituição privada, a maioria delas custa em média R$1.700,00 por mês. Mas fique atento para as bolsas universitárias e programas de financiamento.

Quando você finalizar a faculdade e já estar com o seu diploma, você atua como um cirurgião-dentista. Assim, atendimentos clínicos e tratamentos que são básicos serão a sua área de atuação.

Além disso, caso você queira se especializar em alguma área, como odontologia do trabalho, você deve fazer cursos especiais e uma pós-graduação.

A grade vai variar de uma faculdade de odontologia para a outra. Além disso, muda também de ano para ano. No entanto, as matrizes estipuladas pelo Ministério da Educação (MEC) devem ser respeitadas e cumpridas.

Assim, há conteúdos que devem ser obrigatoriamente ensinados em todas as faculdades. No entanto, o nome dado a disciplina pode variar. Nos primeiros semestres, as matérias são mais teóricas.

E só a partir do terceiro semestre que as aulas práticas começam a aparecer. Separamos as matérias em duas classificações: introdutórias e específicas.

As matérias introdutórias são:

  • Bioquímica geral;
  • Farmacologia;
  • Microbiologia;
  • Histologia;
  • Epidemiologia;
  • Patologia básica;
  • Anatomia humana; e
  • Imunologia;

E, como já vimos, para atuar na área de odontologia no sistema prisional, você precisa passar em um concurso público.

Ramiro Murad

Ramiro Murad

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.

Os conteúdos da Simpatio são escritos por jornalistas e possuem a supervisão e a aprovação de dentistas e de profissionais de saúde parceiros.