Marketing sensorial: estratégia para o consultório odontológico

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Aromaterapia e musicoterapia podem ser excelentes recursos do marketing sensorial no seu consultório odontológico

Atrair e fidelizar pacientes no seu consultório odontológico pode ser uma tarefa difícil sem uma estratégia assertiva de marketing. Por isso, escolher e aplicar a estratégia adequada pode fazer toda a diferença em um negócio. Uma boa alternativa a ser considerada é o marketing sensorial.

Mas você sabe o que é marketing sensorial?

O marketing sensorial consiste no estímulo dos sentidos para proporcionar uma percepção positiva para determinada marca e/ou serviço. Essa estratégia usa a experiência sensorial do paciente para atraí-lo e gerar melhores resultados.

Como funciona o marketing sensorial na odontologia?

O marketing odontológico sensorial baseia-se em um conjunto de sensações proporcionadas pelo ambiente, buscando estimular os cinco sentidos do corpo humano para otimizar a experiência do paciente, como:

  • Visão;
  • Paladar;
  • Olfato;
  • Audição;
  • Tato.

Na clínica ou consultório odontológico, além de lidar com um serviço intangível, os profissionais também deparam-se com um sentimento muito comum em seus pacientes: o medo.

Dessa forma, o consultório precisa se tornar um ambiente agradável, confortável e interessante para o paciente. A melhor forma de fazer isso é explorar a experiência sensorial, mudar a forma com que o paciente percebe o ambiente e substituir o medo, a ansiedade e o estresse por sensações positivas.

A estratégia também fideliza o paciente, pois ele se sentirá mais acolhido.

Por ter contato direto com a pessoa, aplicar o marketing sensorial na odontologia é uma tarefa mais simples.

Dicas para aplicar o marketing sensorial no seu consultório

Agora que você sabe o que é marketing sensorial, separamos algumas dicas para aplicar a estratégia no seu consultório odontológico. Vamos lá?

Visão

A visão é um dos nossos mais poderosos sentidos. É por meio dela que o paciente faz a sua primeira análise.

Esse sentido também é de fundamental importância quando falamos de reconhecimento de marca, pois é por meio de logotipos, cores, fontes e formas que uma marca é lembrada pelo cliente.

Dentro de um determinado espaço, como no seu consultório, a visão é primordial. As cores das paredes, a disposição dos móveis, a decoração do consultório e outros tantos elementos são responsáveis por despertar no paciente diversas sensações.

Um ambiente monocromático e sem decoração, por exemplo, pode contribuir para a ansiedade, já que não conforta. Um local sem atrativos visuais faz com que seu paciente perda rapidamente a atenção ou o interesse em estar ali.

Por outro lado, cores, plantas e decorações, na medida certa, além de cativarem o olhar, mantêm o paciente interessado e longe do tédio.

Conhecer o seu público-alvo é a melhor maneira de acertar nos aspectos visuais do seu consultório. A faixa etária e a classe social do seu público são parâmetros para nortear o visual do consultório.

Vale lembrar que o melhor ambiente para investir na decoração é a sala de espera, porque é onde o paciente é recepcionado e aguarda até ser atendido, momento que pode despertar a ansiedade e o medo.

Olfato

O olfato é muito poderoso porque remete a lembranças. Afinal, quem não é atraído por um cheiro gostoso?

Definir um cheiro para sua marca ou para o ambiente do consultório pode ter muitos pontos positivos, em especial quando o cheiro específico faz seu paciente lembrar de você.

Um cheiro agradável no consultório também inibe o estresse, a ansiedade e o medo, proporcionado prazer e conforto.

Utilize aromas suaves, doces ou frescos. Evite os que parecem com ambientes de saúde, como os gerados por álcool, desinfetante e éter.

Também é necessário buscar o equilíbrio aromático ideal. Cheiros intensos provocam o oposto, como dor de cabeça, alergias ou enjoo. Você pode usar recursos de aromaterapia para relaxar os pacientes.

Audição

Nossos ouvidos são órgãos sensíveis e proporcionam sensações boas ou ruins, dependendo do que captam.

Os sons influenciam diretamente no comportamento do seu paciente, alterando o humor e a disposição emocional.

Ouvir o motorzinho do dentista enquanto aguarda na sala de espera pode não ser a melhor das sinfonias para uma paciente com medo. Da mesma forma, um ambiente totalmente silencioso possivelmente despertará ansiedade.

Uma boa alternativa, então, é o uso da música no consultório para influenciar o comportamento desejado.

Vale ressaltar que a música deve ser escolhida de forma adequada, já que também pode provocar o efeito negativo. Para isso, use músicas em tom ambiente, calmas e suaves.

Outra alternativa é explorar a musicoterapia como forma de relaxar o paciente tanto na sala de espera quanto na cadeira do dentista.

Paladar

Aqui está outro sentido muito querido, não é mesmo? O paladar.

Sentir o gosto da nossa comida preferida não tem preço. Isso porque o paladar está diretamente ligado ao prazer.

Para explorar esse sentido, é possível disponibilizar alguns aperitivos na sala de espera, como cafés, chás, água e até alguns biscoitos. Junto com os aperitivos, vale colocar um pequeno lembrete ao paciente para higienizar os dentes após o consumo.

Para despertar o paladar, há possibilidade de utilizar produtos odontológicos com gosto. Anestesias com sabor, por exemplo, podem ser um atrativo para as crianças. Você também pode oferecer como brinde aos pequenos um creme dental de sabor.

Tato

O tato pode ser um dos sentidos mais difíceis de explorar no consultório, mas vamos dar algumas dicas.

A primeira sugestão para aguçar o tato é utilizar decorações e móveis que explorem texturas. Você pode usar, por exemplo, poltronas de tecidos suaves e macios.

Na decoração, você pode colocar materiais e modelos de tratamentos para que o paciente possa tocar e se manter entretido.

A temperatura do consultório também influência nos sensores do corpo. Se você utiliza ar condicionado, lembre-se de mantê-lo em uma temperatura agradável. Caso contrário, disponibilize ventiladores para os dias de calor e mantenha o ambiente sempre arejado.

Mantenha a limpeza do local. Pegar livros, revistas ou objetos empoeirados é extremamente prejudicial para seu consultório.

Gostou das nossas dicas de marketing sensorial? Comente aqui embaixo! Agora é só começar a aplicar nossas dicas e montar o seu próprio plano e marketing!

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!