Conheça o jato de bicarbonato e suas indicações na odontologia

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

A aplicação do jato de bicarbonato de sódio é muito eficiente na odontologia preventiva, já que auxilia na remoção da placa bacteriana e garante uma limpeza profunda aos dentes.

Portanto, o aparelho de jato de bicarbonato é essencial em qualquer consultório odontológico, pois sua utilização compõe o processo de profilaxia, que é a limpeza dentária realizada pelo cirurgião-dentista, mais completa e refinada se comparada a limpeza diária com a escova de dentes.

O jato de bicarbonato é um aparelho que utiliza jatos de água, de ar e de partículas de bicarbonato de sódio que são disparados de forma veloz sobre a superfície dos dentes para remoção da placa bacteriana.

O bicarbonato utilizado no consultório odontológico é específico para ser usado no processo de profilaxia, diferentemente do bicarbonato de sódio encontrado no supermercado. Dessa forma, a utilização de qualquer outro tipo de bicarbonato, que não no consultório, não é recomendada porque pode agredir os dentes.

Diferentemente do bicarbonato de sódio encontrado no supermercado, quando preparado especificamente para uso odontológico, caracteriza-se por ser extrafino e menos corrosivo, causando pouco ou nenhum desgaste aos dentes.

Se interessou sobre o assunto? Então, confira a seguir para que serve o bicarbonato nos dentes e qual sua importância na manutenção da saúde bucal.

Como funciona a profilaxia dentária?

A profilaxia é um procedimento odontológico importante para a saúde bucal, pois além de eliminar a placa bacteriana, também age na prevenção desses e de outros possíveis problemas bucais.

O profissional da odontologia pode utilizar vários procedimentos diferentes para a realização da limpeza dos dentes.

No entanto, o jateamento com bicarbonato de sódio se mostra muito eficaz para esse fim, especialmente por conseguir alcançar regiões de difícil acesso, como fissuras e gengivas.

Normalmente, o processo de profilaxia dental no consultório odontológico segue as etapas a seguir:

  1. Tartarectomia;
  2. Jato de bicarbonato;
  3. Escovação odontológica;
  4. Polimento;
  5. Aplicação de flúor.

Tartarectomia

A tartectomia é um procedimento odontológico utilizado para remover o tártaro dos dente.

Devido sua forte adesão sobre a superfície dos dentes, o tártaro é mais resistente às limpezas comuns, se comparado à placa bacteriana, por exemplo.

Portanto, a tartarectomia deve ser realizada para sua remoção completa, fazendo uso de curetaras para a raspagem e o aparelho de ultrassom para auxiliar a desfragmentação do cálculo.

Jato de bicarbonato

O jateamento de bicarbonato de sódio pode ser realizado após a tartarectomia para completar o processo de profilaxia.

Quando a tartarectomia não é necessária, ou seja, quando há apenas acúmulo de placa bacteriana e não de tártaro, a limpeza com bicarbonato é suficiente para realizar uma limpeza profunda e eficaz.

Com jatos rápidos de água e bicarbonato, esse procedimento realiza uma limpeza dental profunda, além de efetuar o polimento e proteção.

Escovação odontológica

Esse é um processo optativo e é realizado apenas se o cirurgião-dentista achar necessário.

Com o uso de uma escova de dentes profissional e creme dental especial, dentista realiza uma escovação para concluir o processo de limpeza dos dentes.

Polimento

Caso ache necessário, o dentista também pode realizar o polimento das superfícies dos dentes, deixando-as suaves e livres de manchas.

Esse procedimento é eficiente para eliminar texturas mais rugosas da superfície dental, dificultando a aderência de placa e tártaro.

Aplicação de flúor

Por fim, o profissional realiza a aplicação de flúor, Essa etapa é muito importante na prevenção do desgaste dental provocado por bactérias que causam a cárie.

Quem pode usar o jato de bicarbonato?

O jato de bicarbonato de sódio faz parte da odontologia preventiva e pode ser usado pelos mais diversos pacientes. Veja a seguir quem pode e quem não pode utilizar o o jato de bicarbonato:

Para quem é indicado?

  • Pessoas com dentes decíduos ou permanentes;
  • Crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos;
  • Pacientes com problemas periodontais, como gengivite e periodontite;
  • Pacientes com próteses dentárias;
  • Usuários de aparelho ortodôntico;
  • Pessoas com dentes recém-irrompidos.

Para quem é contra-indicado?

  • Indivíduos com sérias alterações respiratórias;
  • Alterações renais;
  • Indivíduos submetidos a hemodiálise.

Os casos de contra-indicação deverão possuir orientação médica antes de qualquer tratamento com jato de bicarbonato de sódio.

Com qual frequência a profilaxia deve ser feita?

Mesmo com uma limpeza diária bem feita, muitas vezes é impossível evitar o aparecimento da placa bacteriana sobre os dentes. Dessa forma, a profilaxia deve ser realizada com certa decorrência, partindo de cada necessidade específica do paciente.

Essa decorrência dependerá principalmente da disciplina com a limpeza correta dos dentes e, consequentemente, o aparecimento da placa bacteriana mais ou menos frequente em cada indivíduo.

Assim, o cirurgião-dentista poderá recomendar a profilaxia uma vez ao ano, a cada seis meses ou ainda a cada três meses. Para ter certeza, será necessário consultar o seu dentista.

Existem desvantagens em seu uso?

A aplicação do bicarbonato de sódio em consultório é considerada segura e eficiente. Portanto, não existem desvantagens em sua utilização.

Contudo, uma das principais preocupações a respeito do efeito do bicarbonato de sódio nos dentes é a agressão e a possível danificação da estrutura do dente.

Por isso, o uso desse agente deve ser realizado exclusivamente por profissionais e de forma intervalada, somente quando indicada pelo cirurgião-dentista.

Por tanto, para manter os dentes livre da placa bacteriana, sem precisar realizar frequentes jateamentos de bicarbonato, o paciente deve possui uma higiene eficaz em seu dia a dia.

As recomendações para realizar um bom uso do jato de bicarbonato aos dentistas é não aplicar diretamente em dentina ou cemento expostos e sem proteção do esmalte.

Quanto custa o aparelho de jato de bicarbonato?

O aparelho de jato de bicarbonato é um instrumento essencial em qualquer consultório odontológico e possui uma precificação muito variada, a depender de sua qualidade, por exemplo.

O mercado oferece diversos modelos do aparelho de profilaxia, por isso, é preciso que o profissional analise e pesquise muito bem antes de adquirir seu jato de bicarbonato para consultório.

Os preços podem variar entre R$ 400,00 até R$ 3.500,00.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a utilização do jato de bicarbonato na profilaxia e sua importância na odontologia preventiva, consulte um cirurgião-dentista e saiba se já é hora de realizar uma boa limpeza dental.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.