Tudo sobre os fios ortodônticos utilizados no aparelho fixo

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Tudo sobre os fios ortodônticos: desde os materiais de composição e a razão para a troca durante o tratamento

Ao falar sobre o aparelho fixo, diversos são os pontos que podem ser discutidos, desde o tempo de uso até sobre as peças que o compõem. Contudo, que tal saber melhor sobre os fios ortodônticos?

Separamos este artigo para falar sobre tudo o que envolve os fios ortodônticos. Afinal, é essencial entender melhor porque é tão importante que seu uso seja feito e quais seus principais detalhes.

Fios ortodônticos são cordões metálicos que ficam posicionados à frente dos dentes e se encaixam aos braquetes, sustentando-os.

Sendo assim, é possível entender que eles possuem uma grande importância para que o uso do aparelho ortodôntico consiga corrigir os problemas de oclusão dentária apresentados pelo paciente.

Agora, se você deseja saber mais sobre este assunto, te convidamos a ler este artigo onde iremos explicar tudo o que você precisa saber sobre os fios do aparelho. Confira conosco!

Quais Materiais Podem Compor os Fios Ortodônticos?

Assim como o aparelho fixo pode ser feito de diversos materiais devido ao avanço tecnológico, o mesmo ocorre com os fios do aparelho.

Sendo assim, confira na lista abaixo quais são os possíveis elementos que podem compor o fio ortodôntico:

  • Aço inoxidável;
  • Aço inoxidável trançado;
  • Cromo-Cobalto;
  • Níquel-Titânio;
  • Cobre,
  • Níquel;
  • Titânio.

No entanto, é necessário entender que para realizar dobras em fios ortodônticos é necessário primeiro aquecê-los.

Dessa forma, é possível evitar que este quebre durante o tratamento com aparelho ortodôntico.

Existem Diferentes Calibres e Espessuras?

Durante o tratamento é comum que o fio seja trocado. No entanto, existe uma sequência de fios ortodônticos que é respeitada pelo profissional.

Ela diz respeito não apenas à espessura e calibre do fio ortodôntico como também do formato, já que eles podem ser arredondados ou retangulares.

Normalmente se inicia o tratamento com os fios redondos para nivelar e alinhar os dentes. Após alcançado esse objetivo, são colocados os fios retangulares, responsáveis por finalizar o tratamento.

De toda forma, a sequência dos fios é a seguinte:

  1. Começa-se o tratamento normalmente com um fio de 0,014 polegadas feito de Níquel-Titânio;
  2. Passa-se para o de 0,016 polegadas, feito com o mesmo material;
  3. Em seguida, coloca-se o fio de 0,016 polegadas feito de aço inox, material que permanece até o fim do tratamento;
  4. Na próxima troca o fio será de 0,018 polegadas;
  5. Após isso, o próximo fio é de 0,020 polegadas;
  6. Entrando na parte final do tratamento é colocado o fio de 0,019 por 0,025 polegadas de aço;
  7. O último fio, por sua vez, é de 0,021 por 0,025 polegadas, também de aço.

É Realizada a Troca dos Fios Ortodônticos Durante o Tratamento? Por que?

Como citamos anteriormente, os fios são trocados normalmente a cada 30 dias conforme o tratamento ortodôntico avança.

Todavia, é válido pontuar que a troca não é sempre feita após um mês uma vez que depende de que os dentes se movam para um determinado local para que a troca de fio seja feita.

Por outro lado, a alteração se dá não apenas por questões de limpeza uma vez que o fio pode acumular sujeiras, como também a necessidade de aplicar mais força na movimentação dos dentes.

Sendo assim, a cada troca é feito um ajuste no aparelho para que a movimentação dentária continue a ser feita da maneira desejada.

No entanto, é válido lembrar que a função do fio do aparelho ortodôntico pode mudar conforme o resultado que deseja ser alcançado com o tratamento.

De toda forma, é necessário que o paciente mantenha a saúde bucal em dia para que os fios ortodônticos não sejam danificados, fator que pode atrapalhar e atrasar o tratamento.

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!