Dessensibilizante diminui efeitos da sensibilidade dental

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

A sensibilidade dentária pode ser fruto do desgaste do esmalte dentário

Você já sentiu um forte incômodo nos dentes ao comer um alimento muito gelado, como um sorvete, ou muito quente, como uma sopa? Essa sensação recebe o nome de sensibilidade dentária e pode ser remediada pelo efeito do dessensibilizante.

Com o passar dos anos, alguns produtos foram desenvolvidos visando solucionar problemas bucais comuns para muitas pessoas. O dessensibilizante é um deles.

Dessensibilizante é um produto que age na diminuição da sensibilidade dentária. Ele pode ser encontrado no formato de gel, pastas, soluções neutras e até mesmo cremes dentais.

Quem deve usar o dessensibilizante?

O dessensibilizante de dentes é indicado para pessoas com sensibilidade dentária de moderada a alta.

O produto pode ser utilizado para sanar problemas de sensibilidade que surgem após a realização de tratamentos periodontais e cirúrgicos.

Além disso, seu uso é essencial para casos de hipersensibilidade a variações de temperatura e a alimentos (hiperestesia dentinária) ou hipersensibilidade por recessão gengival.

O clareamento dental é um procedimento estético que visa tornar os dentes mais brancos através da aplicação de substâncias químicas, podendo ser peróxido de hidrogênio ou peróxido de carbamida.

Devido a agressividade do produto utilizado para o procedimento, o clareamento dental pode gerar sensibilidade nos dentes. Isso acontece principalmente em pessoas que já possuem tendência.

Desse modo, a aplicação de dessensibilizante pode acontecer antes ou após a realização do procedimento.

Assim, o processo se torna mais confortável para os pacientes. É importante ressaltar que o uso de produtos para diminuir a sensibilidade dentária não interferem na interferência do clareamento.

O que causa sensibilidade nos dentes?

Em geral, dentes sensíveis estão relacionados com a perda ou o desgaste do esmalte dentário.

A abrasão desse esmalte, que serve como uma camada de proteção para os dentes, está diretamente ligada à saúde bucal.

Desse modo, as possíveis causas para a desmineralização dos dentes são:

  • Perda do esmalte por erosão ácida, ou seja, o consumo excessivo de substâncias ácidas;
  • O hábito de ranger e apertar os dentes, também conhecido como bruxismo, que pode provocar a exposição da dentina.
  • Uso de cremes dentais muito abrasivos;
  • Escovações muito bruscas e agressivas, utilizando escovas de cerdas duras.
  • Problemas periodontais que levem à recessão gengival;
  • Problemas oclusais.

Tipos de dessensibilizantes

O dessensibilizante dental está disponível em diferentes formas:

  • Em gel

O gel apresenta baixa viscosidade e é feito à base de nitrato de potássio e fluoreto de sódio.

Além de ajudar nos problemas com a sensibilidade, esse geral também atua como remineralizador, promovendo a saúde dos dentes.

  • Em pasta

A pasta é rica em hidroxiapatita, mineral presente na composição dos dentes, e ajuda a selar possíveis trincas no esmalte.

  • Em solução neutra

Através de uma aplicação indolor, a solução penetra nos dentes de forma mais abrangente.

  • Em creme dental

Outra opção é a utilização de cremes dentais que visam diminuir a sensibilidade dos dentes. Esse tipo de pasta de dentes é rico em cloreto de estrôncio, nitrato de potássio e fluoreto estanoso.

Seu uso é indicado para prevenir e aliviar a sensibilidade dentária, não sendo úteis em casos de dentes sensíveis por causa de doenças da saúde bucal ou infecções, como a cárie dentária ou a gengivite.

O creme age vedando os túbulos dentinários, que ficam expostos durante o processo de desgaste do esmalte dentário. Desse modo, diminui o incômodo.

A aplicação do produto, com exceção do creme dental,  é exclusiva do consultório dentista. Por isso, é importante que as visitas ao profissional sejam realizadas periodicamente.

Assim, ele poderá avaliar a situação e indicar o uso de dessensibilizante, caso necessário.

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.