Deglutição atípica pode gerar prejuízos para o sorriso

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Deglutição atípica pode estar relacionada ao uso de chupetas ou mamadeiras

A deglutição é essencial para o ser humano. Esse movimento permite a ingestão dos alimentos essenciais para a nossa sobrevivência. Contudo, pode apresentar algumas disfunções. É o caso da deglutição atípica.

A deglutição atípica pode causar grandes problemas durante o desenvolvimento dentário em crianças, por exemplo.

Deglutição atípica é uma alteração na movimentação da língua e de outros músculos da boca enquanto realizam o ato de engolir alimentos.

Esse movimento inadequado pode se dar pelo mal posicionamento da língua ou problemas com a sua mobilidade.

Nesse tipo de deglutição, a língua, não fica posicionada na papila palatina. Ao invés disso, ela se encontra atrás dos incisivos superiores e coloca-se entre os arcos dentários durante o ato de engolir.

Causas da deglutição atípica

As causas de problemas na deglutição podem estar diretamente relacionadas com a amamentação. Isso porque se a criança for mantida na posição horizontal enquanto é alimentada, os músculos da boca são mal estimulados.

Assim, os ossos e músculos são desenvolvidos de maneira inadequada, o que ocasiona uma má formação da face e dos dentes.

Além disso, entre outras possíveis causas para a deglutição atípica estão:

  • Desequilíbrio do controle nervoso ou algum problema neurológico;
  • Problemas crônicos como amigdalite ou faringite. Esses problemas acabam forçando o posicionamento da língua para frente, principalmente durante a deglutição;
  • Macroglossia;
  • Anquiloglossia;
  • Mordida aberta anterior;
  • Perda precoce de dentes decíduos;
  • Uso excessivo de mamadeira com bicos longos e grandes orifícios;
  • Uso excessivo de chupetas ou aplicação de muita força na sucção;
  • Hábito de chupar os dedos.

Consequências da deglutição atípica

O mal posicionamento da língua e a pressão exercida por ela na arcada dentária podem provocar a má oclusão e o desalinhamento dos dentes.

Ainda, essa disfunção pode ser tanto a causa quanto a consequência da mordida aberta.

Mordida aberta é um tipo de má oclusão dentária. Ela é caracterizada pela falta de contato entre os dentes superiores e inferiores da arcada dentária.

Desse modo, pode acometer os dentes anteriores, que se localizam à frente, ou os dentes posteriores, localizados na parte de trás da boca.

Quando a mordida aberta tem causa hereditária, a disfunção da deglutição tende a agravá-la.

O hábito de respirar pela boca também é frequentemente associado à essa alteração na deglutição. A prática diminui o estímulo às glândulas salivares pelos músculos da região da boca.

Desse modo, ocorre a queda na produção de saliva e aumentam os riscos do desenvolvimento de doenças infecciosas na cavidade oral.

Tipos de deglutição atípica

A deglutição atípica pode ser divida em dois diferentes tipos. São eles:

  • A deglutição atípica com interposição labial, na qual os lábios se mantém entreabertos mesmo durante o repouso;
  • A deglutição atípico com interposição lingual, que pode ser simples ou complexa e é caracterizada pela contração dos lábios, músculos mentoniano e elevadores da mandíbula.

Tratamentos para a deglutição atípica

O tratamento desse tipo de disfunção da deglutição é realizado pelo profissional de ortodontia miofuncional.

Essa especialidade se dedica a reabilitar disfunções na musculatura facial e mastigatória.

Além disso, podem ser realizados tratamentos ortodônticos, como o uso de aparelhos dentários, para corrigir os problemas de alinhamento.

Os diferentes tipos de aparelhos ortodônticos, sejam eles fixos ou removíveis, possuem uma indicação precisa e quem vai determinar qual o melhor tipo e quanto tempo de tratamento é a arcada do paciente.

É importante ressaltar que o tratamento miofuncional é essencial para a correção da deglutição atípica, uma vez que, sem ele, os dentes podem desalinhar novamente.

Yara Barreto

Yara Barreto

Formada em Odontologia pela Universidade de São Paulo (2008). Aluna de iniciação científica Pibic/Unicid da Universidade de São Paulo. Em 2009, concluiu estágio clínico em Ortodontia no Instituto Vellini, e em 2010, curso de planejamento Ortodôntico na Universidade Metodista. Concluiu em 2014 sua especialização em ortodontia e atua com ortodontia digital. Dentista na Odontoclinic e responsável técnica da OdontoImage.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.