Deglutição atípica pode gerar prejuízos para o sorriso

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Deglutição atípica pode estar relacionada ao uso de chupetas ou mamadeiras

A deglutição é essencial para o ser humano. Esse movimento permite a ingestão dos alimentos essenciais para a nossa sobrevivência. Contudo, pode apresentar algumas disfunções. É o caso da deglutição atípica.

A deglutição atípica pode causar grandes problemas durante o desenvolvimento dentário em crianças, por exemplo.

Deglutição atípica é uma alteração na movimentação da língua e de outros músculos da boca enquanto realizam o ato de engolir alimentos.

Esse movimento inadequado pode se dar pelo mal posicionamento da língua ou problemas com a sua mobilidade.

Nesse tipo de deglutição, a língua, não fica posicionada na papila palatina. Ao invés disso, ela se encontra atrás dos incisivos superiores e coloca-se entre os arcos dentários durante o ato de engolir.

Causas da deglutição atípica

As causas de problemas na deglutição podem estar diretamente relacionadas com a amamentação. Isso porque se a criança for mantida na posição horizontal enquanto é alimentada, os músculos da boca são mal estimulados.

Assim, os ossos e músculos são desenvolvidos de maneira inadequada, o que ocasiona uma má formação da face e dos dentes.

Além disso, entre outras possíveis causas para a deglutição atípica estão:

  • Desequilíbrio do controle nervoso ou algum problema neurológico;
  • Problemas crônicos como amigdalite ou faringite. Esses problemas acabam forçando o posicionamento da língua para frente, principalmente durante a deglutição;
  • Macroglossia;
  • Anquiloglossia;
  • Mordida aberta anterior;
  • Perda precoce de dentes decíduos;
  • Uso excessivo de mamadeira com bicos longos e grandes orifícios;
  • Uso excessivo de chupetas ou aplicação de muita força na sucção;
  • Hábito de chupar os dedos.

Consequências da deglutição atípica

O mal posicionamento da língua e a pressão exercida por ela na arcada dentária podem provocar a má oclusão e o desalinhamento dos dentes.

Ainda, essa disfunção pode ser tanto a causa quanto a consequência da mordida aberta.

Mordida aberta é um tipo de má oclusão dentária. Ela é caracterizada pela falta de contato entre os dentes superiores e inferiores da arcada dentária.

Desse modo, pode acometer os dentes anteriores, que se localizam à frente, ou os dentes posteriores, localizados na parte de trás da boca.

Quando a mordida aberta tem causa hereditária, a disfunção da deglutição tende a agravá-la.

O hábito de respirar pela boca também é frequentemente associado à essa alteração na deglutição. A prática diminui o estímulo às glândulas salivares pelos músculos da região da boca.

Desse modo, ocorre a queda na produção de saliva e aumentam os riscos do desenvolvimento de doenças infecciosas na cavidade oral.

Tipos de deglutição atípica

A deglutição atípica pode ser divida em dois diferentes tipos. São eles:

  • A deglutição atípica com interposição labial, na qual os lábios se mantém entreabertos mesmo durante o repouso;
  • A deglutição atípico com interposição lingual, que pode ser simples ou complexa e é caracterizada pela contração dos lábios, músculos mentoniano e elevadores da mandíbula.

Tratamentos para a deglutição atípica

O tratamento desse tipo de disfunção da deglutição é realizado pelo profissional de ortodontia miofuncional.

Essa especialidade se dedica a reabilitar disfunções na musculatura facial e mastigatória.

Além disso, podem ser realizados tratamentos ortodônticos, como o uso de aparelhos dentários, para corrigir os problemas de alinhamento.

Os diferentes tipos de aparelhos ortodônticos, sejam eles fixos ou removíveis, possuem uma indicação precisa e quem vai determinar qual o melhor tipo e quanto tempo de tratamento é a arcada do paciente.

É importante ressaltar que o tratamento miofuncional é essencial para a correção da deglutição atípica, uma vez que, sem ele, os dentes podem desalinhar novamente.

Ramiro Murad
Ramiro Murad
Ramiro Murad Saad Neto, cirurgião-dentista com registro no Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CRO-SP) nº 118151, é graduado pela UNIC e residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Possui habilitação em Harmonização Orofacial e também é gestor de clínicas e franquias odontológicas. Além disso, é integrante da equipe Bucomaxilofacial da Clínica da Villa, que está na Rua Eça de Queiroz, 467 - Vila Mariana, São Paulo - SP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio
Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.
Agende uma consulta
Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

Simpatio 2021 © - Todos os Direitos Reservados

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.

Os conteúdos da Simpatio são escritos por jornalistas e possuem a supervisão e a aprovação de dentistas e de profissionais de saúde parceiros.