Diferenças entre dentes decíduos e dentes permanentes

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Os dentes decíduos são importantes para a estrutura óssea da criança

O nascimento dos dentes é um dos momentos mais aguardados pelos pais de um bebê. Isso porque desenvolvimento dos dentes decíduos é um dos principais indicadores de crescimento da criança.

O que muita gente não sabe é que os dentes decíduos iniciam sua formação ainda durante a gestação e continuam após o nascimento da criança.

Dentes decíduos são os primeiros dentes a nascerem na arcada dentária. Também conhecidos como “dentes de leite”, seu aparecimento se dá, geralmente, nos primeiros meses de vida. Eles são temporários, porém possuem extrema importância para o desenvolvimento dos pequenos.

Funções dos dentes decíduos

Esses dentes são essenciais para o desenvolvimento da mandíbula e do maxilar da criança.

Além disso, as dentições decíduas estimulam o crescimento do osso alveolar, auxiliam nos processos fonéticos e na articulação das palavras.

Essa dentição é a responsável por abrir e garantir espaço para que, posteriormente, o crescimento e desenvolvimento dos dentes permanentes sejam garantidos.

Troca dos dentes decíduos

Uma das principais características da primeira dentição é a sua queda. A perda desses dentes se dá após um período de amolecimento, também chamado de exfoliação.

Esse é um processo natural, com cicatrização rápida. Portanto, não necessita de intervenção, a menos que o dente esteja provocando dor ou desconforto para a criança.

Diferenças entre dentes decíduos e dentes permanentes

Entre as diferenças desses dois tipos de dentição que nascem durante a vida de uma pessoa, a maior está no número de dentes presentes em cada uma.

No caso de dentições decíduas, os dentes chegam ao total de 20, sendo que 10 estão localizados na parte superior da arcada e os outros 10 na parte inferior.

Já os dentes permanentes são, em uma dentição comum, um total de 32. O aumento desse número se dá pelo surgimento de dentes como os molares permanentes, que não substituem nenhum dos dentes decíduos.

Em comparação aos permanentes, os dentes de leite são menores e contam com raízes mais alongadas.

A época de surgimento da dentição permanente varia de acordo com a pessoa. Em geral, acontece entre os 7 e os 12 anos de idade.

Os dentes permanentes também se diferem da primeira dentição por possuírem um serrilhado em suas bordas quando recém-erupcionados.

Mas essa característica tende a se perder com o decorrer do tempo, graças a um processo de desgaste dos dentes.

Cuidados com os dentes decíduos

Muitas pessoas pensam que, por serem temporários, o dente de leite não precisa da mesma atenção e cuidados necessários para os dentes permanentes.

Porém, esse pensamento é errado. Isso porque perder um dente de leite muito cedo pode gerar problemas para o desenvolvimento da próxima arcada dentária.

Desse modo, é de extrema importância que os pais levem seus filhos para um acompanhamento profissional em casos de cáries ou outras doenças bucais comuns em crianças.

Ainda, ensinar os filhos a cuidar dos dentes decíduos serve como treinamento para os cuidados dos dentes permanentes. Orientar a manter uma boa higiene bucal e realizar a escovação pelo menos três vezes ao dia, pode evitar o surgimento de problemas bucais.

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.