Zircônia é usada em próteses e implantes dentários

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira aqui as aplicações da zircônia na área da odontologia

Com os avanços científicos e tecnológicos na área odontológica, os profissionais conseguiram desenvolver métodos de tratamentos mais eficientes. Um exemplo disso é o uso da zircônia em alguns procedimentos.

Muitas pessoas nunca ouviram falar dela. Se você faz parte desse grupo, pode ficar tranquilo! Neste artigo iremos tirar todas as suas dúvidas sobre a zircônia. Primeiro, vamos entender o que ela é.

A zircônia é um biomaterial utilizado em procedimentos e tratamentos odontológicos. A estética e resistência do material são seus pontos mais vantajosos.

A zircônia também é conhecida pelo nome dióxido de zircônia ou zircônia cúbica. Além disso, vale lembrar que ela é o resultado da estabilidade do zircônio com o óxido de ítrio.

Usos odontológicos da zircônia

O biomaterial tem características semelhantes ao diamante.

No entanto, a zircônia é utilizada em três procedimentos odontológicos em especial: na fabricação de pinos intra-canais, nas próteses dentais e nos implantes dentários. Vamos conhecer um pouco mais sobre eles?

  • Pinos intra-canais: é um material usado nos tratamentos de restauração dentária.O material intra-radicular serve para sustentar o dente e conservar o material restaurador;
  • Próteses dentárias: materiais protéticos que substituem a estética e funcionalidade de dentes perdidos; e
  • Implantes dentários: são pinos fabricados com um formato formato semelhante a um parafuso, e que ao serem fixados ao osso maxilar ou mandibular, servem para apoiar próteses dentárias. Os implantes podem ser fixados em pacientes que têm ou não uma boa condição óssea.

Vantagens da aplicação da zircônia

Uma das razões para o material ser usado na odontologia é a sua resistência às fraturas. Assim, o paciente que tem o material pode ficar tranquilo quando for comer, já que o biomaterial é preparada para cargas mastigatórias elevadas.

Outro benefício é sua coloração branca. Assim, a zircônia na odontologia tem uma vantagem estética enorme quando comparada com outros materiais de origem metálica.

Já que é um biomaterial, dificilmente o paciente irá apresentar alguma resposta imunológica agressiva. Por isso, alergias não são frequentes.  Além disso, ele não sofre oxidação ou corrosão. Assim, sua durabilidade é extensa.

Por fim, podemos destacar que o material não favorece junção da placa bacteriana. Isso quando o paciente mantém os cuidados bucais diários.

Não esqueça dos cuidados bucais!

Com cuidados diários, você ajuda na manutenção do biomaterial. Por isso, siga algumas recomendações:

  1. Escove os dentes depois das refeições e antes de ir dormir. Mas, lembre: faça movimentos suaves e circulares em torno de todos os dentes;
  2. Use as escovas de cerdas macias ou escovas elétricas.;
  3. Lembre de sempre escovar a língua também. Mas, fique atento: é importante tentar não passar a escova de forma brusca;
  4. O uso do fio dental pelo menos uma vez ao dia é recomendado pelos dentistas. Não precisa passar o fio de forma bruta, mas é preciso limpar toda a área ao redor do dente e perto da gengiva.
  5. O seu dentista também pode passar algum enxaguante bucal ideal para manter e completar a limpeza bucal todos os dias.
  6. Na hora da alimentação, também é preciso ter uma dieta regulada. Por isso, consumir bastante vitaminas e nutrientes. Não se esquecer de se manter hidratado sempre que puder.
  7. Além disso, ficar atento para evitar o consumo de alimentos e bebidas que mancham os dentes, como refrigerantes e cafés.

Faça visitas regulares ao dentista para checar se está tudo certo e converse com o profissional sobre a zircônia!

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.