Biomateriais são alternativas em tratamentos regenerativos

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira aqui como os biomateriais são usados na odontologia

Os procedimentos odontológicos estão cada vez mais evoluídos. As áreas regenerativa e ortodôntica, por exemplo, usam a tecnologia a seu favor. Um exemplo disso é o uso de biomateriais nos tratamentos.

Neste artigo iremos tirar todas as suas dúvidas sobre os biomateriais.

Os biomateriais são usados para a substituição, que pode ser parcial ou total, dos tecidos biológicos. Além disso, também pode ser utilizado na restauração e aumento dos tecidos.

Ou seja, esses materiais regeneram e substituem a estrutura óssea. Mas, por que a estrutura óssea precisaria disso? Na odontologia, é por conta de traumas e alterações bucais agressivas.

Tipos de biomateriais

O biomaterial pode ser de duas origens: a natural e a sintética. Elas têm como características:

  • Natural: são versões biológicas. Podem ser subclassificadas como autógenos (material do próprio paciente) ou alógenos (material de um doador).
    Xenógenos: material de um animal, normalmente suíno ou bovino.
  • Sintética: são versões dos materiais feitas em laboratórios preparados. Podem ser materiais de: metal;, cerâmica e polímeros.

O que devemos levar em consideração antes de usar?

Como o biomaterial é inserido nos tecidos biológicos, é preciso ter uma cautela no seu uso. Por isso, antes de colocar o material no nosso organismo, o profissional deve fazer uma avaliação da situação clínica do paciente.

Os benefícios e os possíveis riscos do tratamento devem ser levados em conta. Além disso, é necessário conhecer quais são as características e propriedades dos materiais.

Isso porque o nosso organismo pode ter diferentes reações ao material. Assim, é necessário que o profissional avalie:

  • Biocompatibilidade: resposta biológica. Aqui, é preciso entender se há riscos de alergias e inflamações;
  • Osteocondutividade: estímulo ao crescimento das células ósseas; e
  • Bioatividade: quais são as chances do material se integrar ao tecido biológico.

Portanto, paciente e profissional, podem escolher se esse caminho é seguro e adequado.

Importância do biomaterial

Algumas das principais importâncias do biomaterial são:

  • Adaptação com o tecido biológico por serem semelhantes;
  • Tratamentos mais evoluídos;
  • Resultados mais positivos;

Na odontologia, algumas das importâncias são:

  • Aparelhos mais discretos;
  • Tratamentos mais rápidos e eficientes;
  • Cicatrização mais rápida;

Como são usados na odontologia?

Os biomateriais na odontologia são usados principalmente na área regenerativa, mas também podem ser uma alternativa para a regeneração óssea e em casos ortodônticos.

Nos casos de regeneração, os materiais são colocados em contato com a polpa, dentina e nos tecidos periodontais. Já nas regenerações ósseas, são colocados em contato, geralmente, com o tecido alveolar.

Na área ortodôntica, os biomateriais odontológicos são usados nas seguintes aplicações:

  • Metal: próteses unitárias, aparelhos ortodônticos, implantes e fixação óssea em cirurgias bucomaxilofaciais;
  • Cerâmica: restaurações, próteses fixas e materiais para cirurgias periodontais; e
  • Polímero: resinas compostas, instrumentos de moldagens, fios de suturas, dentes artificiais e próteses faciais.

Como já vimos, os materiais estão diretamente em contato com os tecidos do nosso organismo. Por isso, é ideal procurar por profissionais recomendados e de confiança. Eles irão escolher os melhores materiais para o tratamento.

Assim, você tirar todas as suas dúvidas e colocar os biomateriais sem preocupações!

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.