Benefícios da tomografia computadorizada na odontologia

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Tomografia computadorizada garante propriedade no diagnóstico de distúrbios que não podem ser vistos em outros exames

Existem diversos exames que dão propriedade aos diagnósticos e auxiliam os dentistas. Os diferentes tipo de radiografia ou a tomografia computadorizada são alguns dos exemplos que podemos citar.

Geralmente, a tomografia computadorizada não causa desconforto nem dor ao paciente, exceto para aqueles que apresentem algum tipo de claustrofobia.

Tomografia computadorizada é um exame que reconstrói imagens em um plano tridimensional por meio da emissão de vários feixes de raio x dentro de um tupo. Ela exibe ossos, órgãos e tecidos.

Há a possibilidade do profissional requerer que a pessoa utilize um contraste, uma espécie de líquido, para ajudar na identificação e visualização de alguma parte determinada do corpo.

O exame é simples. O paciente fica deitado numa mesa dentro do tomógrafo, uma espécie de túnel. Normalmente,  não dura mais do que 15 minutos.

Apesar de não causar dores e desconfortos, esse exame deve ser evitado por mulheres grávidas por conta da exposição à radioatividade, que pode afetar o feto.

Para que serve a tomografia computadorizada?

A tomografia permite que seja identificada:

  • Doenças musculares;
  • Doenças ósseas;
  • Tumor;
  • Infecção;
  • Coágulo.

Tipos de Tomografia

Existem quatro tipos de tomografia por imagem:

  1. Tomografia de crânio – é aconselhada para verificar a presença de traumas, infecções, hemorragias, hidrocefalia e aneurisma.
  2. Tomografia do abdômen e de pelve – analisar abscessos, tumores, apendicite, litíase, malformação renal, pancreatite, pseudocistos, lesões no fígado, cirrose e hemangioma.
  3. Tomografia de membros superiores e inferiores – para ver lesões musculares, fraturas, tumores e infecções.
  4. Tomografia do tórax – verificar doenças vasculares, infecções e tumores.

Antes de realizar o exame, o paciente deve estar em jejum por 4 a 6 horas.

Além disso, pode ser necessário suspender o uso de alguns medicamentos, como metformina, prescrito para quem tem diabetes. Afinal, este medicamento por si só funciona como um contraste, atrapalhando o diagnóstico.

Tomografia Computadorizada na Odontologia

Na odontologia, a tomografia computadorizada para dentes é bastante útil para verificar anomalias e complementar diagnósticos, tais como:

  • Patologias – é muito benéfica para verificar tumores que envolvam a maxila, a mandíbula e as glândulas salivares, infecções ou qualquer outro tipo de patologia associado à cavidade bucal, bem como cistos odontogênicos e corpos estranhos. Pelo fato de reconstruir as imagens em um multiplano, é muito mais fácil a identificação de osteomielite e carcinoma.
  • Dentes retidos – é possível identificar dentes retidos e ver como eles estão se comportando. Assim, o dentista consegue descobrir o motivo da não erupção e quais as consequências disso.
  • Avaliação dos seios paranasais – os seios paranasais são cavidades localizadas na parte inferior dos ossos pneumáticos, que ficam na região do crânio. O objetivo é avaliar os tecidos ósseos e mudanças neoplásicas em seus tecidos moles, pois o dentista é um dos responsáveis por cuidar dessa área, visto a proximidade dos ápices das raízes dos dentes pré-molares e molares com o seio maxilar. Fora isso, uma inflamação periapical ou periodontal também pode atingir os seios paranasais.
  • Traumas – na radiografia convencional, é muito mais difícil identificar traumas. Por isso, a tomografia computadorizada é tão importante.
  • Articulação temporomandibular – a ATM é uma articulação que liga o maxilar ao osso temporal do crânio, postado á frente das orelhas. É responsável por todos os movimentos da mandíbula, e assim como a complexidade dessa articulação, há dificuldade em identificar problemas nela. Dessa forma, a tomografia ajuda no reconhecimento de qualquer disfunção.
  • Implantes dentários – a tomografia computadorizada para implantes fornece detalhes importantes da qualidade do osso, principalmente quando sofrem reabsorção. Desse modo, há a possibilidade de efetuar um implante osseointegrado com maior propriedade.

Portanto, a tomografia computadorizada tem papel fundamental na odontologia, especialmente para constatar distúrbios que não podem ser vistos através de outros exames.

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.