Sepse pode ser fatal e ter início na saúde bucal

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Infecção generalizada pode começar na boca

Segundo o Instituto Latino Americano de Sepse (ILAS), a sepse é uma das principais causas de morte hospitalar no Brasil, ficando acima do infarto do miocárdio e do câncer.

Você sabia que a sepse pode estar diretamente relacionada com a saúde bucal?

Sepse é uma série de manifestações que afetam todo o organismo. Essa complicação é advinda de uma infecção. As manifestações são responsáveis por diversos efeitos negativos e, em casos mais graves, podem ser fatais.

A sepse também pode receber o nome de septicemia ou infecção generalizada.

Causas da Sepse

A infecção generalizada é causada pelo avanço de microrganismos, como fungos, bactérias ou vírus que não puderam ser contidos pelo sistema imunológico e conseguiram acesso aos vasos sanguíneos.

Em geral, a sua gravidade varia de caso para caso, uma vez que cada corpo conta com capacidade aumentada ou diminuída de reação à agentes invasores.

O processo inflamatório pode afetar todo o corpo, prejudicando o funcionamento de diversos órgãos do paciente.

Isso porque a inflamação funciona como uma resposta do organismo na tentativa de eliminar o agente infeccioso.

O principal risco relacionado a esse problema é a ocorrência de um choque séptico, que consiste na falência de órgãos e diminuição da pressão arterial.

Qual a Relação Entre Sepse e Odontologia?

O que muita gente não sabe é que sepse e odontologia podem estar intimamente relacionados.

Isso porque algumas infecções que nascem na boca podem se desenvolver e se espalhar para outras partes do corpo.

Alguns exemplos de possíveis causas de septicemia na odontologia, estão:

Abscessos na Região da Boca

Os diversos abscessos que podem afetar a região da boca, sejam abscessos gengivais, abscessos periodontais ou abscessos periapicais têm como causa infecções de origens bacterianas.

Desse modo, se não forem tratados da forma adequada, o problema pode evoluir e gerar proliferação e efeitos pelo corpo.

Contaminação por Equipamentos

Os equipamentos de um consultório odontológico devem estar sempre muito bem higienizados.

Isso porque eles entram em contato direto com a boca e, caso estejam contaminados, podem levar bactérias e vírus para o organismo da pessoa.

Cirurgias e Procedimentos

Raspagens dentárias, cirurgias gengivais ou uma frenectomia podem parecer cirurgias simples.

Contudo, esses procedimentos possibilitam a comunicação entre o meio interno e o meio externo. Por isso, podem representar riscos para a entrada de microrganismos nocivos pela cavidade oral.

Além disso, alguns procedimentos estéticos, como colocar piercing na língua ou nos lábios também podem provocar ameaças.

Tratamento da Sepse

Inicialmente, o tratamento para a infecção generalizada está relacionado ao uso de antibióticos.

Esses medicamentos visam eliminar as bactérias presentes no organismo e impedir a continuação do processo inflamatório.

Contudo, as formas de tratar a doença, que pode ser responsável por consequências graves como insuficiência respiratória ou renal, depende dos órgãos que forem afetados.

Evitando a Sepse Relacionada à Saúde Bucal

Uma boa maneira de impedir a relação entre sepse e odontologia é praticar uma boa rotina de higiene bucal. Dessa forma, o acúmulo de bactérias e microrganismos nocivos na cavidade oral também é evitado.

Ainda, é importante que o cirurgião-dentista faça uma avaliação rigorosa da saúde geral do paciente antes da realização de qualquer procedimento cirúrgico.

Outros Dados Sobre Sepse

Ainda segundo o ILAS, a complicação já representa 25% da ocupação de leitos em UTIs no Brasil. Além disso, a sepse conta com uma alta taxa de mortalidade no país, beirando os 65%.

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.