Roer as unhas compromete a saúde dos seus dentes

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

O hábito de roer as unhas pode parecer inofensivo, mas prejudica sua saúde bucal

Muitas pessoas desenvolvem hábitos parafuncionais ao longo da vida. Alguns começam ainda na infância e costumam seguir a pessoa por boa parte da vida. Roer as unhas é um deles.

No entanto, roer as unhas afeta diretamente sua saúde bucal. Nesse texto, vamos conversar sobre esse hábito e suas consequências na boca!

Roer as unhas é um hábito onde o paciente morde as unhas em situações de tensão ou tédio. O ato pode ser intenso e até mesmo causar sangramentos. Além do óbvio prejuízo as unhas, o ato também prejudica os dentes.

Como roer os dentes afeta a saúde bucal?

Roer as unhas prejudica a saúde bucal de diversas maneiras. A força e atrito constantes afetam não só os a coroa dos dentes, como a gengiva, as raízes dentárias e até mesmo a mandíbula.

Efeitos na coroa e raiz do dente

O atrito exercido repetidamente nos dentes leva ao desgaste da região. Alguns dentes mais sensíveis podem rachar, trincar e até mesmo quebrar. Em alguns casos mais graves, o dente também pode mudar de posição.

A raiz do dente pode ter alterações na sua forma, podendo encurtar. Esse caso é mais comum em pacientes com aparelhos ortodônticos.

Efeitos na gengiva e na mucosa

Roer as unhas pode levar a retração gengival, um mal sério que leva a perda do dente. Além disso, quando as unhas são roídas, pequenos pedaços de unha podem cortar a gengiva e a mucosa.

Esses pequenos ferimentos podem ser os causadores de aftas ou a outras feridas que levam a infecções mais perigosas. Claro, o próprio ato de colocar as unhas na boca já expõe essas regiões a bactérias que causam doenças graves.

Efeitos na mandíbula

O ato de roer as unhas coloca toda a musculatura da face sob tensão. Isso pode gerar um estresse na região, assim como morder objetos e outros hábitos parafuncionais. Esse é um dos fatores que levam a DTM, a Disfunção Temporomandibular.

Também há uma relação direta entre roer as unhas e o bruxismo. Um hábito acaba estimulando o outro e o bruxismo tem impactos na saúde bucal perigosos.

Como tratar esses problemas?

Cada problema terá um tratamento diferente. Em casos mais leves, como rachaduras e trincos, o dentista pode se utilizar das restaurações para manter os dentes em forma.

Os casos mais graves, como perder os dentes, pode envolver implantes. Já os problemas na mandíbula são resolvidos, na maioria das vezes, com cirurgias.

Como evitar roer as unhas?

A melhor forma de parar de roer as unhas é ainda na infância. Acompanhamento com fonoaudiólogo e terapeuta podem ser decisivos, seja na infância ou na fase adulta.

A terapia comportamental, por exemplo, irá auxiliar na reversão da compulsão com técnicas para desacostumar o indivíduo a levar a mão até a boca.

Outra dica importante é manter as unhas cortadas e lixadas para evitar o desejo de roer as unhas.

Como é um hábito muito ligado ao nervosismo, parar de roer as unhas é muito difícil sem acompanhamento. Não tenha medo de pedir ajuda!

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.