Óxido nitroso ajuda pacientes ansiosos ou com medo de dentista

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

O gás tem efeito ansiolítico nos pacientes de consultórios odontológicos

O medo de dentista afasta muitos pacientes do consultório odontológico. Mas o óxido nitroso pode representar uma boa solução.

Por isso, a utilização de óxido nitroso vem crescendo em consultórios odontológicos.

O óxido nitroso é um gás sem cor e de cheiro adocicado. Ele é utilizado na odontologia para sedar pacientes ansiosos ou com medo de um tratamento odontológico.

Como ocorre a aplicação do óxido nitroso?

A sedação com óxido nitroso também é chamada de sedação consciente. Isso porque o paciente continua contando com a habilidade de respirar de forma espontânea, além de responder à estímulos físicos e verbais.

Dessa forma, uma mistura de gás oxigênio e óxido nitroso é administrada ao paciente no consultório odontológico através de uma máscara nasal.

O analgésico provoca efeito ansiolítico e relaxante, fazendo com que o paciente se sinta mais confortável e colabore durante o tratamento.

A substituição total da aplicação de anestesias locais por esse tipo de procedimento vai depender da complexidade do tratamento.

Vantagens da utilização de óxido nitroso

Muitos pacientes são odontofóbicos. Isso significa que eles têm medo ou se sentem desconfortáveis ao ir para o consultório do dentista.

Esse medo pode estar relacionado à traumas de infância. Ainda, pode advir de outras fobias, como a aicmofobia, que é o medo de agulha, a latrofobia, que é o medo de médico ou ainda a agliofobia, que é o medo de sentir dor.

Assim, esses pacientes acabam deixando as visitas de lado e colocando em risco a sua saúde bucal.

É importante ressaltar que, quando infecções ou inflamações como as cáries dentárias ou a gengivite não recebem o tratamento adequado, evoluem para quadros mais graves.

Em situações mais extremas, acarretam a perda dos elementos da arcada dentária. O uso de óxido nitroso na odontologia também representa um método analgésico mais ágil.

Seus efeitos clínicos têm início em até 30 segundos após a aplicação.

Além disso, o gás não causa efeitos colaterais e é facilmente eliminado do corpo através do processo de expiração.

Por isso, o paciente pode voltar às suas atividades normais logo após a realização do tratamento, sem riscos como os apresentados em outros tipos de analgesia.

Quando não é indicada a utilização de óxido nitroso?

O método é contraindicado para pessoas que possuam doenças obstrutivas pulmonares crônicas, distúrbios emocionais severos, dependentes de drogas ou gestantes que se encontram no primeiro trimestre de gravidez.

Além disso, o profissional da odontologia deve analisar com muito cuidado casos em que hajam:

  • Pacientes com histórico de alergias;
  • Pacientes com reações adversas a medicamentos;
  • Pacientes que façam uso de determinados medicamentos;
  • Pacientes com histórico de internações hospitalares;
  • Pacientes com gripe ou resfriado. Essas doenças podem obstruir as vias respiratórias e dificultar a inalação do gás;
  • Pacientes que respiram pela boca.

Óxido nitroso na odontopediatria

A utilização da sedação com óxido nitroso na odontopediatria também é segura e recomendada.

Isso porque o gás não conta com efeito invasivo.

Contudo, isso não elimina a necessidade de um condicionamento comportamental da criança antes do início do tratamento odontológico.

Quem pode administrar o óxido nitroso?

O Conselho Federal de Odontologia (CFO) estabelece que os profissionais que querem administrar o óxido nitroso em seus consultórios devem se habilitar atendendo a cursos de habilitação ministrados por Instituições de Ensino Superior ou Entidades de Classe.

Rodrigo Venticinque

Rodrigo Venticinque

Graduado pela Universidade de Santo Amaro (UNISA) e especialista em Prótese e Reabilitação Oral Integrativa, Biofísica Quântica, Biorressonância Aplicada e Ortomolecular. Pós-graduado em Estética Dental e Reabilitação Oral, com certificação em Remoção Segura da Amálgama e Odontologia Biológica pela Academia Internacional de Medicina Oral e Toxicologia. Professor da pós-graduação em Biofísica e Ortobiomolecular da QuantumBio. Também atua nas áreas de Ozonioterapia, Odontologia Sistêmica, Sedação Consciente com Óxido Nitroso e Hipnose. Diretor da clínica Venticinque Odontologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.