Odontologia familiar: conheça as principais vantagens

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

É importante ter conhecimento do histórico do paciente

Ir ao dentista não é uma tarefa agradável para muitos. Contudo, esse problema pode ser resolvido quando o profissional atua na odontologia familiar.

Assim, o profissional da odontologia familiar estabelece relações duradouras de confiança e fidelidade.

A odontologia familiar era mais popular antigamente, quando um único dentista fazia o acompanhamento de toda a família. Contudo, esse tipo de atendimento ainda pode render bons resultados.

Vantagens da odontologia familiar

Dentista da família inspira confiança e segurança

Confiança

Uma das principais características da odontologia da família é a confiança.

É importante que os pacientes confiem na credibilidade e na qualidade do trabalho do profissional, principalmente nos casos de pessoas que tem medo de ir ao dentista.

Desse modo, as orientações para melhorar a saúde bucal, por exemplo, serão seguidas de maneira mais correta e adequada, otimizando o tratamento.

Consequentemente, os resultados são otimizados também.

Fidelidade

Hoje em dia, é raro conhecer casos de pacientes que são fiéis aos seus médicos dentistas.

Com a odontologia familiar, assegurada pelos pilares da segurança e da confiança, os pacientes não deixam de recorrer ao mesmo profissional quando passam por algum problema.

Monitoramento frequente

O monitoramento é um dos pilares para o sucesso de um tratamento odontológico.

Com o acompanhamento de um dentista familiar, a evolução dos resultados de um procedimento é vista com maior clareza.

Atendimento personalizado

O profissional da odontologia familiar vai conhecer mais de perto as falhas e vantagens de cada um quando se fala em saúde bucal.

Assim, as indicações e orientações podem ser mais específicas e se encaixarem nos hábitos de cada grupo.

Histórico

Quando o profissional da odontologia já conhece o histórico da saúde bucal do paciente, a análise e os exames se tornam ainda mais completos.

O histórico do paciente inclui os procedimentos odontológicos pelos quais aquela pessoa já passou.

O dentista da família também está ciente das questões genéticas que atuam no corpo do paciente.

Em geral, a genética está associada a doenças que acompanham a pessoa desde o nascimento, seguindo para a vida toda.

Essas doenças podem estar associadas à uma patologia que atue na má formação estética da pessoa ou de uma simples disfunção que facilite a incidência de alguns problemas.

Doenças Genéticas e Odontologia Familiar

Entre algumas doenças ou disfunções bucais genéticas, podemos citar:

  • Dentes amarelos ou amarelado

Normalmente, o aparecimento de dentes amarelos ou amarelados na boca se dá pelo acúmulo de bactérias na cavidade oral ou pela ingestão excessiva de certos alimentos ou bebidas que mancham os dentes.

Contudo, algumas características dos nossos dentes estão ligadas aos dos nossos pais, como o tamanho, formato e a cor.

Assim, se os pais de uma pessoa carregam dentes naturalmente mais escuros ou amarelados, é possível que o mesmo ocorra aos seus filhos.

  • Lábio leporino

Lábio leporino é uma má formação que consiste em uma abertura nos lábios superiores.

Esse problema é congênito, ou seja, surge ainda durante a gestação, podendo ser identificado em exames de ultrassonografia.

Além disso, uma das possíveis causas para essa disfunção é a genética. Nesses casos, pessoas que tiveram lábio leporino durante a infância podem transmitir isso para seus filhos.

Ainda, o lábio leporino pode aparecer como consequência de hábitos da gestante durante o período de desenvolvimento do feto.

Dentre os hábitos estão: abuso de bebidas alcoólicas, drogas e cigarros durante a gestação; medicamentos antibióticos, antifúngicos, broncodilatadores e anticonvulsivantes.

  • Amelogênese imperfeita

Essa disfunção consiste em uma má formação do esmalte dos dentes.

Entre suas consequências está a exposição da superfície do dente.

  • Desenvolvimento do osso mandibular

Existem dois tipos de mal desenvolvimento do osso mandibular.

O prognatismo é caracterizado pelo excesso de crescimento da parte inferior da boca, em relação à maxila, localizada na arcada superior.

Já o retrognatismo mandibular, acontece quando os dentes superiores ficam à frente dos inferiores. Isso ocorre porque o osso da mandíbula não se desenvolve como deveria, ficando desarmonizado em relação ao maxilar.

  • Hiperdontia

Hiperdontia é uma anomalia rara. Sua principal consequência é o crescimento de dentes em número excessivo na boca.

Ainda, essa disfunção pode ocorrer na infância ou no período da adolescência, durante o nascimento dos dentes definitivos.

  • Anquilose dentária

Anquilose dentária é uma fusão entre a raiz do dente e o osso.

Essa disfunção ocorre por alguma deficiência ou ausência do ligamento periodontal, tecido conjuntivo que une os dentes aos maxilares.

  • Câncer de boca

Esse câncer tem incidências genéticas e agride os tecidos da região da boca. Isso acontece pelo processo de divisão descontrolada de células incomuns ao corpo nessa região.

Ao ocorrer um caso na família, posteriormente, o profissional de odontologia familiar pode realizar exames de rotina necessários para prevenir e avaliar a possível presença da doença em outros membros.

  • Doenças periodontais e cárie

Essas doenças, normalmente desenvolvidas pela presença de bactérias na cavidade oral, também podem ser motivadas pela genética.

Dessa forma, algumas doenças podem ser diagnosticadas ainda em seu início e o profissional da odontologia familiar pode indicar as maneiras mais eficiente para tratá-las, de acordo com cada pessoa.

Yara Barreto

Yara Barreto

Formada em Odontologia pela Universidade de São Paulo (2008). Aluna de iniciação científica Pibic/Unicid da Universidade de São Paulo. Em 2009, concluiu estágio clínico em Ortodontia no Instituto Vellini, e em 2010, curso de planejamento Ortodôntico na Universidade Metodista. Concluiu em 2014 sua especialização em ortodontia e atua com ortodontia digital. Dentista na Odontoclinic e responsável técnica da OdontoImage.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.